segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Deus, família ou Internet? Com quem temos passado mais tempo?


A Internet não deve dominar a nossa vida. As nossas prioridades são: o nosso relacionamento com Deus, a nossa família e a realização da obra do Senhor.

Lembre-se de que há vida inteligente fora da Internet.

A inclusão digital tem excluído a muitos das suas famílias.

Valorize o mundo virtual, mas priorize a vida real.

Não fique off-line para Deus e a sua família.

Bem, chega de falar, pois as imagens contidas nesta postagem, enviadas pelo meu amigo Ícaro Lopes — pastor em Nagahama, Japão — falam melhor que as minhas frases de efeito. Reflitamos.








Um ótimo fim de semana a todos!

Ciro Sanches Zibordi

14 comentários:

Sylvio de Alencar. disse...

Legal as fotos!!!!

Hummm..., de fato..., nos esquecemos de Deus no dia a dia...; uma burrice sem tamanho!!!!
E Ele está aqui..., conosco; sempre!!

Defendo a idéia de nos lembrarmos, durante o dia, de nos conectarmos com Ele..., que seja por minutos!; E que possamos aumentar gradativamente este tempo..., como se fosse um exercício!

Ser puro de coração, e viver na Verdade, requer tempo, vontade, e 'exercício'; como qualquer esporte que fortaleça músculos. os músculos da alma funcionam do mesmo jeito.

Vc não acha?

Abraços.

disse...

rssrs Legal as fotos. Paz!

Laudinho Botelho disse...

kkkk,misericórdia,!!!!!!!!!!!!!,kkkkk

liansouza disse...

ON-LINE COM JESUS E COM A FAMÍLIA SEMPRE..

E MAIS OFF-LINE COM A NET... :D

luciano disse...

tem muitos maridos que passam muito tempo com internet, televisao, futebol, roda de amigos e oraçoes nos montes, mas deixam suas esposas sozinhas em casa e muitas vezes nao dAo a elas a devida benevolencia. temos que dar atençao a elas, orar em casa e fazer da nossa vida um verdadeiro culto diario a Deus com nossa esposa. tenho aprendido isso com Jesus pr ciro, eu trabalho com a net mas tenho tempo pra tudo, porque Deus me ensinou a remir meu tempo. que Deus abençoe a todos, e que em nome de Jesus possamos dar mais tempo a Deus e a nossa FAMILIA.

Escola Bíblica Dominical - Seminário Teologico Permanente disse...

Graça e paz, Pr Ciro


Ótimo texto, pertinente, inclusive, as fotos são muito engraçadas mesmo... (risos)... deve ser familiar para alguns.... rsrsrsr

Há quem pense que o que se passa na Internet não é real, mas o é. São pessoas reais, sentimentos reais, relações indivíduo-indivíduo, ou grupo-indivíduo e por ai vai... O meio que essas relações acontecem é virtual, através do computador com o auxílio da Internet e, por muitas vezes, em tempo real, instantâneo, mas tudo está dentro do contexto da realidade.
O virtual não é contrário ao real, como muitos pensam, mas ao atual. Por exemplo, por mais que os sujeitos dessa relação estejam on-line, a comunicação se processa em um intervalo de tempo, mesmo que segundos...
LÉVY afirma: "a palavra virtual vem do latim medieval virtualis, derivado, por sua vez, de virtus, força, potência. O virtual tende a atualizar-se, sem ter passado, no entanto, à concretização efetiva ou formal", ou seja, é algo que não existe na forma física.

Isso nos conduz a refletir sobre nossas relações com os indivíduos nas Redes Sociais que se formam através das ferramentas sociais, os chamados sites de relacionamento: Orkut, Facebook, Blogs, Twitter e tantos outros. As pessoas formam seus perfis virtuais que nem sempre traduz a realidade, infelizmente, às vezes por pura inocência, ou desconhecimento da ferramenta social, mas em muitas vezes há pessoas com as mais diversas intenções... hoje o Orkut não permite mais alterar o nome de uma comunidade já criada, garantindo ao membro o teor de seu conteúdo, pois corria o risco de se aderir a uma comunidade, por exemplo, EU AMO MINHA MÃE e depois esse nome ser alterado para SOU HOMOFÓBICO, E DAÍ.... já pensou o transtorno?!

Tenhamos cuidado com nossas relações “virtuais”, no tempo que desprendemos para estar neste ambiente e, principalmente, para que finalidade o utilizamos!!! Lembrando que não existe pecado virtual (risos). Para Deus tudo está em tempo bem real.

E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar. (Hb 4.13)


Um abraço a todos!

Micheline Gomes disse...

Pr. Ciro

O último livro que escrevi foi sobre o tema: Internet! O que você vê, pensa, ouve e tecla? Um alerta para os plugados na rede!

Se colocasse essas fotos ficaria hilário! rsssssssss

Mas como o assunto é triste e até olhando as fotos achamos cômico. A verdade é que a cada dia pessoas estão de distanciando de Deus e família sendo destruídas por causa do mau uso da internet.

O Senhor contigo È!!

Honório Guedes disse...

A Paz do Senhor Pr. Ciro! as fotos falam por sí, devemos ter cuidado com aquilo que estamos priorizando, Deus em primeiro lugar sempre!

Abraços Fraternais,

Roberto Franco disse...

Pr Ciro

Realmente precisamos dar prioridade a Deus e a nossa familia,além da internet existem outros meios de substituir o lugar do Criador em nossas vidas.Como sempre o seu Blog traz boas reflexões,e promove conhecimento, parabéns por esse Blog que muito em breve fará quatro anos(se não me falha a memória).Preciso de umas dicas para o meu Blog!Obrigado!

Gilmar disse...

Prezado Pr. Ciro,

Tenho o desejo de unir tempo para Internet e tempo para a realização da obra do Senhor evangelizando pela grande rede (lembrando que não pretendo me dedicar exclusivamente a isso).

Portanto, venho te perguntar se o Sr. pode me dar algumas dicas ou então me indicar algum livro.

Em Cristo,
Gilmar
p.s. Não pretendo criar um blog já que não tenho talento (conhecimento do vernáculo mesmo e outras coisas da nossa língua) nenhum para escrever.

Ciro Paiva Dias disse...

Muito interessante! Vou refletir mais sobre o assunto!

www.ciropaivadias.com.br

Tiago Rosas disse...

bacana, pastor!

Altos risos aqui com essas imagens. A propósito como poderíamos chamar a idolatria pela internet?

Netolatria?
Virtualatria?
Internetolatria?
Virtuos-idolatrus-meleficaes...

Foi só pra descontrair...

Deus nos livre de todo e qualquer vício.

Grande abraço, ilustre Pastor.

Tamar disse...

O que tá matando os homens são aqueles vídeo games travados que se joga pela internet. Conheço rapazes que passam todo o fim de semana jogando neles e ainda acham pouco.
Homens casados (inclusive pastores) que já estão tendo problemas no casamento por causa do XBOX.
Como não há traição só a famosa "solidão a dois" sofrida pela esposa, a relação está degringolando e os coitados não conseguem se libertar.
Tá virando vício.

Herenilton H. Julião disse...

Pr. Ciro,

A Paz do Senhor!

Vou repassar a postagem para os meus amigos.(risos)

Até mais.
Herenilton