domingo, 21 de novembro de 2010

Chamem C.S. Lewis de herege


Tenho navegado pouco pela Internet, ultimamente, em razão de estar voltado para um grande projeto literário. Mas hoje visitei alguns blogs de amigos, que possuem links para outros blogs, e descobri que a minha abordagem sobre Jesus Cristo, o Deus-Homem, o perfeito Deus e perfeito Homem, diferente de qualquer outro homem, ainda está rendendo...

Pelo que observei, alguns editores de blog fizeram uma espécie de pacto para, agrupados, conluiados, provarem a todos que abandonei a ortodoxia e me tornei herege. Uma parte deles usa adjetivos pesados, depreciativos, e outra demonstra satisfação pelos desdobramentos ligados à aludida abordagem que fiz. É como se eles esfregassem uma mão na outra e dissessem: “Agora vamos acabar com ele”. Deus os julgará segundo as suas obras. Ele conhece as intenções dos corações.

Seria inútil eu tentar explicar pela milionésima vez que, a despeito de eu crer na humanidade perfeita de Jesus, não encontro apoio bíblico para igualá-lo como Homem perfeito a Adão ou a nós, posto que o monogenes (Jo 1.14), sendo igual a Deus, se fez semelhante aos homens (Fp 2.6,7). Ou seja, a Pessoa divino-humana de Cristo é única (não há como desmembrá-la, como se as duas naturezas funcionassem separadamente). Bem, tentar explicar isso de novo poderia irritar ainda mais parte da comunidade ortodoxa, que já está furiosa e disposta a acabar com a minha reputação...

Diante do exposto, limitar-me-ei a citar alguns trechos do clássico Cristianismo Puro e Simples, do célebre pensador C.S. Lewis, o qual, aliás, é muito respeitado por tal comunidade. (Ah, e se alguém que discorda de mim achar que estou sendo irônico, leia de modo imparcial os textos dos outros).

“Certas pessoas se queixam de que, se Jesus foi ao mesmo tempo Deus e homem, seus sofrimentos e sua morte não têm valor nenhum, ‘pois tudo isso foi fácil para ele’. Outras pessoas podem (com toda razão) protestar veementemente contra a ingratidão e a grosseria dessa objeção. O que me deixa espantado é a incompreensão que ela revela. Em certo sentido, os adeptos dessa objeção não só têm razão como mesmo foram tímidos em explorar a ideia. A submissão perfeita, o sofrimento perfeito e a morte perfeita não foram somente mais fáceis para Jesus porque ele era Deus; só foram possíveis porque ele era Deus. Mas não será essa uma razão muito estranha para não aceitar essa submissão, esse sofrimento e essa morte? O professor é capaz de ajudar as crianças a formar as letras porque é adulto e sabe escrever. Evidentemente, para o professor é fácil escrever, e é essa mesma facilidade que o habilita a ajudar a criança. Se ele fosse rejeitado com a desculpa de que essa tarefa ‘é fácil para adultos’, e a criança quisesse aprender a escrever com outra criança igualmente analfabeta (o que anularia qualquer vantagem ‘injusta’), o progresso dela não seria lá muito rápido. [...]

O que Deus gera é Deus, assim como o que o homem gera é homem. O que Deus cria não é Deus, assim como o que o homem faz não é homem. É por isso que os homens não são filhos de Deus no mesmo sentido em que Cristo o é. Podem se parecer com Deus em certos aspectos, mas não são coisas da mesma espécie. Os homens são mais semelhantes a estátuas ou quadros de Deus. [...]

Cristo foi o ‘primeiro caso’ do homem novo. Mas é claro que ele é muito mais que isso. Não é simplesmente um homem novo, um espécime da espécie, mas o homem novo. É a origem, o centro e a vida de todos os homens novos. Entrou de livre e espontânea vontade no universo criado, trazendo consigo a zoé, a vida nova”.

Uma ótima semana a todos!

C.S. Zibordi

36 comentários:

Magda Narciso Leite disse...

O que Deus gera é Deus...

Deus nunca gerou Deus... A Bíblia nos revela que o Pai Celestial é eterno e subsistente em si mesmo; o Filho (o Unigênito de Deus) é Eterno e subsistente em si mesmo; e o Espírito Santo é Eterno e subsistente em si mesmo; se assim não fosse, o Pai, ou o Filho ou o Espírito Santo não seria Deus, pois a eternidade e vida em si mesmo são atributos exclusivos da divindade. Quando a Bíblia diz, como por exemplo no Sl 2.7: "O Senhor me disse: Tu és meu Filho; eu hoje te gerei" ela está se referindo à entrada do Filho de Deus, no mundo, como Homem, e não que Deus teria então gerado Deus.

Jafe Madai Guedes disse...

A paz do Senhor a todos os irmãos que acompanham esse blog, que ao meu parecer se tornou muito público e impessoal, pelo seu alcance, parabéns também ao pr. C. S. Zibordi pelo conteúdo e teor teológico inserido no blog e pela preocupação que tens com a Palavra de Deus, falo isso como observador e aluno das matérias nele postado.
Quanto ao assunto relacionado à humanidade de Cristo, postado à poucas semanas atrás, tive resistência para absorvê-la. No entanto não é bom que o cristão tenha dúvidas daquilo que está revelado; conversei com o meu pr. e um perito na área de critologia(se é que o posso citá-lo aqui: Pastor Guedes), esses abençoados sanaram a dúvida. O que o povo precisa saber é que existem diversos pensamentos a respeito da humanidade de Cristo, isso não significa dizer que o irmão C ou irmão Z seja herege, ou faz parte de outra corrente teológica, não ortodoxa; os assuntos postados nesse blog, têm alavançado um alto grau de conhecimento para todos aqueles que realmente amam a Palavra de Deus. Certamente o Senhor julgará os "leva e trás", conhecidos também como FIFI. Não conheço de perto o Pr. Ciro mas, afirmo essas palavras pelo o que ele demonstra ser através das matérias publicadas. Disso ninguém pode negar.

Anônimo disse...

Pastor Ciro independente do que dizem ou deixam de dizer quero reafirmar minha alegria em ter conhecido este blog e que muito me acrescentou em graça e conhecimento, tenho admiração pelo seu trabalho e nem por isso deixei de discordar de muitas coisas ou opiniões dadas pelo amado pastor, tenho cá pra mim que comentários e opiniões podem ser mudados e não precisam de anuências para demonstrar a qualidade de fé do autor ou seja é o que ele acha e pronto, não se trata de verdade absoluta a unica verdade é a Bíblia quando há desentendimentos sejamos como Gamaliel se prosperar é de Deus se não e pronto. Mais o que gostaria de trazer a tona já que o pastor está envolvido em um trabalho novo e buscando em autores renomados evidências para suas observações, faço lhe a seguinte indagação se Calvino, Armínio, Spurgeon, Finney, Mood(quase qeu iletrado)Lewis, Knox. Wesley, Muller etc..tivessem as ferramentas que possuímos hoje com Rádio, Tv, Internet, Imagens holográficas, Skype, Bíblias de estudo dos mais renomados Teólogos manteriam as suas convicções fariam com Tyndale, Hudson, Lutero e colocariam suas vidas e de seus familiares em risco podendo usar dos recursos tantos midiáticos quanto Legais que existem como defesa de expressão e existentes??? Só para deixar um exemplo, no livro de Jó fala-se sobre o leviatã, alguns teólogos dizem ser o o crocodilo atual e hoje sabemos que existiu um saurópode de alguns milhões de anos com uma blindagem crocodiliana porém centenas de vezes mais poderosa de tamanho aproximado 12 metros, é semelhante como a Bíblia relata, que é de nome comum Super Croc e que provavelmente é este animal que o Senhor faz alusão no momento que fala, no tempo dos autores referidos se quer sonhavam com a existência deste animal? Sei que estou sendo prolixo, o pastor não crê que para tempos em tempos a uma revelação precisa para todos os mistérios que existem na Bíblia e que o mais simples e objetivo é o melhor? Concluindo Spurgeon estranhava como Mood podia alcançar tantas almas e com tantas limitações teologicas, Finney não aceitava oração daqueles que não obtinham a dom de linguas ou dos crentes lamuriadores, que oravam só pedindo miséricordia e nunca os via agradecendo e se tornou o evangelista mais bem sucedido de todos os tempos cada 100 almas rendidas a Cristo pelo menos 75 continuavam firmes no Senhor e olha que segundo finney a salvação tinha que ter seus méritos apesar de gratuita, por fim todos erramos e falhos somos, no entanto Deus quer o crescimento do reino e a comunhão e não importa quem planta ou rega, e sim aquele que dá o crescimento! Permaneça firme e não tenha mêdo de mudar, poís o unico que não mudo é o Senhor, Malaquias 3:6. Fique com Deus!!!

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Prezamigo e nosso pr. Ciro Zibordi,

A paz do Senhor!

O menor de todos os menores, não pode deixar de louvar a Deus por esta matéria e pela certeza de muitos estarem se aproveitando ensurdecedoramente e cegamente de evitar o respeito a que o merece.

Excelente postagem com a simplicidade desnutrida de qualquer arrogância blasfêmica, dos que argumentam com sentimentos equivocados e se aproveitam para se diluir em suas próprias averiguações na tentativa de se valorizarem em detrimento da vaidade e da injustiça, esta bem visível aos sensatos.

A sua posição foi clara e corajosa na matéria, que sensibilizou a muitos a reavaliarem seus conceitos, bem como, a melhor se definirem diante da multidão que ganha estatura no conhecimento divulgado pela internet, e não se convencem, com as sensações de conhecimento humano com valores inferiores aos 20% necessários ao mínimo de educação designada a um servo de Deus.

O Senhor seja contigo, nobre pastor!

Muitos líderes desejam a liderança, para serem servidos.

Muitos servos são líderes por desejarem servir.

O menor de todos os menores.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Magda,

Primeiramente, a paz do Senhor.

Jesus não entrou no mundo apenas como Homem. Ele entrou no mundo como Deus-Homem. É impossível desmembrar a sua personalidade divino-humana. É isso que o célebre C.S. Lewis quis dizer.

Grato pelo seu comentário. Se a irmã tiver outras dúvidas a respeito do pensamento de C.S. Lewis, leia o livro "Cristianismo Puro e Simples".

Em Cristo,

CSZ

Tamar disse...

A reação a tua postagem confirmou aquilo que eu pensava. Teologia Brasileira não existe. Teologia pentecostal é um oxímoro.
Na Europa, meca da teologia, essas discussões acontecem o tempo todo envolvendo romanistas, protestantes, ateus e quem mais chegar

Ensinar pessoas a decorar formuletas como os-cinco-pontos-do-calvinismo ou o credo, não é formar teólogos.
Isso só ajuda a espalhar crendices por aí.
A postura de "caça às bruxas" prova é o maior exemplo de um teólogo mal formado.

M. Souza disse...

Herege é a Assembléia de Deus Ministério de Catanduva que já ordena mulher... Curiosamente, a primeira foi a mulher do pastor presidente. Onde fica o comprometimento com a doutrina? A CGADB deve olhar para isso.

Magda disse...

Prezado Pastor Ciro,

Observe bem o que eu escrevi: "Quando a Bíblia diz, como por exemplo no Sl 2.7: "O Senhor me disse: Tu és meu Filho; eu hoje te gerei" ela está se referindo à entrada do Filho de Deus, no mundo, como Homem, e não que Deus teria então gerado Deus".
Conforme pode-se perceber eu não estou de maneira nenhuma desmembrando a Personalidade divino/humana de Jesus. Só o fato de ter me referido a Jesus como "Filho de Deus" já deixa implícito a minha consideração quanto a sua divindade, pois este termo "Filho de Deus" já traz por si próprio a idéia quanto a divindade plena de Jesus. A minha colocação diz respeito à frase "o que Deus gera é Deus...", pois como Deus, Jesus nunca foi gerado, Ele é Deus, Ele é eterno.
De qualquer maneira entendi sua explicação. Obrigada, e que a paz de Deus continue reinando em nossos corações.

Elias Domingos disse...

Querido pr Ciro,a paz do Senhor Jesus,é muito bom em meio à crise espiritual,poder aprender com quem realmente sabe,e ao mesmo tempo ver que tudo o que o nobre companheiro escreveu é (BÍBLIA)pura, e contra a palavra,ou seja bíblia não existe argumentação,não se entristeça,com quem na verdade não quer aprender,DEUS tem te levantado como um dos maiores apologista dos últimos tempos,como Jesus disse:Importa caminhar hoje,amanhã,e no dia seguinte,não desanime pois Deus está com você,continue...vai em frente....

Daniel disse...

Realmente não entendi a bazófia criada em torno da exposição do Pr. Ciro... Defender a indivisibilidade das duas naturezas de Cristo é discursar a favor da ortodoxia bíblica. Fora disso, é puro liberalismo teológico.

E, sinceramente, a frase "O que Deus gera é Deus" é um antropomorfismo muito bem colocado pelo Pr. Ciro... Geração é diferente de criação. Cristo foi gerado homem pelo ES no ventre de Maria. Dito isto, sendo o ES o "pai" da criança, esta seria igual ao "pai". Se o ES é Deus, logo Jesus também é Deus. Semelhantemente acontece com o homem. Meu pai é ser humano e me gerou no ventre de minha mãe. Logo, sou ser humano e não um cachorro.

Rinaldo Santana disse...

Caro Pastor Ciro Graça e paz,
Glorifico a Deus por sua vida, em meio há tanta distorçoes, que as pessoas cometem, a sua posição firme de continuar fazendo apologia a luz da Biblia é de suma importancia e de grande significado para aqueles que querem crescer, como Jesus, em sabedoria, estatura, e em graça para com Deus e os homens. conforme Lc. 2.52.
Em Cristo
Rinaldo Santana

João Dórea disse...

paz Pastor Ciro,


Embora não te conheça tenho uma impressão de termos uma aprossimação, me pergunto como isso pode acontecer, e atravéz do seu post tive a resposta...

A forma de pensar! embora eu esteje intelectalmente a quilõmetros de distância, posso ver uma raiz de pensamento que se afinisam a medida que é expicitada pelo seu post.

Parabéns, és uma referência teologica para mim, sem desconciderar o Deus-homem (Jesus Cristo) autor e consumador de nossa Fé.

Em Cristo uma grande abraço.

Lucas Marim Santos disse...

A Paz do Senhor

Não precisamos discordar e contender, quando temos muitíssimo motivos para nos alegrar pelo sacrifício de Jesus. Não preciso saber em qual proporção Jesus era homem ou Deus para que eu me achegue a Deus e o conheça. Preciso apenas adentrar pelo Caminho. Sei que seu sacrifício vivo foi perfeito e por Ele eu tenho acesso a Deus. Sei o que está escrito. Sei que Ele foi diferente de qualquer outro homem.

Efésios 1.
15 ¶ Pelo que, ouvindo eu também a fé que entre vós há no Senhor Jesus e a vossa caridade para com todos os santos,
16 não cesso de dar graças a Deus por vós, lembrando-me de vós nas minhas orações,
17 para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê em seu conhecimento o espírito de sabedoria e de revelação,
18 tendo iluminados os olhos do vosso entendimento, para que saibais qual seja a esperança da sua vocação e quais as riquezas da glória da sua herança nos santos
19 e qual a sobreexcelente grandeza do seu poder sobre nós, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder,
20 que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dos mortos e pondo-o à sua direita nos céus,
21 acima de todo principado, e poder, e potestade, e domínio, e de todo nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro.
22 E sujeitou todas as coisas a seus pés e, sobre todas as coisas, o constituiu como cabeça da igreja,
23 que é o seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos.
Efésios 2

1 ¶ E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados,
2 em que, noutro tempo, andastes, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que, agora, opera nos filhos da desobediência;
3 entre os quais todos nós também, antes, andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também.
4 ¶ Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou,
5 estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos),
6 e nos ressuscitou juntamente com ele, e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus;

Irmãos, peço que humildemente nos cheguemos ao Senhor, para que não entremos em questões, mas possamos desfrutar da plenitude em Jesus Cristo.

Tivemos na última lição da Escola Dominical uma questão intrigante sobre quando a Igreja de Cristo foi instituída, devido a afirmação do autor da lição (da CPAD) de que a Igreja foi instituída no Pentecostes.

Posso ter minhas particularidades de pensamento, mas sei que, olhando para a Palavra de Deus, não me importa qual a data de instituição da Igreja. Importa que Jesus viveu para que nós aprendêssemos com Ele, morreu para que vivêssemos por Ele, ressucitou para esperássemos nEle todos os dias, sabendo que Ele vive, voltará para nos buscar e, mesmo assim, continuaria conosco sempre. Hoje, marcados pelo dia de pentecontes, sabemos que temos um Consolador. Jesus está conosco, as outras coisas não importam, estejamos com Ele.

Que a Paz de Jesus Cristo esteja em nossos corações sempre.
Desde já peço ao Senhor para que nos cheguemos ao Senhor, deixando de lado um pouco da altivez teológica, mas nos aprofundando mais e mais no amor de Cristo.

Laudinho Botelho disse...

a colocação do Pastor está correta, uma coisa é criar outra coisa é gerar.

Deus nunca foi criado ele sempre existiu.

Deus foi gerado através do Espírito Santo o que é ser diferente de criar.

Deus não criou Jesus,porque ele é pré-existente. jo 1.1

mas Deus gerou Jesus porque ele tem vida em si mesmo,isto é Deus gerou Deus.

E, projetando ele isto, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, porque o que nela está gerado é do Espírito Santo; Mateus 1:20

Porque, como o Pai tem a vida em si mesmo, assim deu também ao Filho ter a vida em si mesmo; João 5:26.

as pessoas estão confundindo criar com gerar confundindo os termos:

a palavra que o anjo usou para Maria foi "gr;γενναω gennao" mas não usou "κτιζω ktizo" porque seria uma Palavra grotesta o Espírito Santo criar Deus,mas "gr;γενναω gennao" porque Deus gerou Deus,porque acerca do Filho a Divindade o chama de Jesus de Deus.

Mas, do Filho, diz: ó Deus, o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos; Cetro de eqüidade é o cetro do teu reino.

se Deus chamou Jesus de Deus,porque assustar por causa pastor usar o termo Deus gerar Deus?

ele foi gerado pelo Espírito santo que é Deus
e todo mundo sabe que Jesus é Deus,se Jesus fosse puramente homem, sem a sua natureza Divina seria inútil a sua vinda na terra.Colossenses 2:9

Graça e Paz

disse...

Muito bom Ciro. Não entendem porque não querem. Paz querido!

Tiago Rosas disse...

Ilustre Pr. Ciro,

Saudades de escrever aqui!

Quanto a polêmica que alguns geraram em torno de sua clara explanação sobre a divindade/humanidade de Jesus, só tenho a apresentar risos. Sim, perdoe-me por isso, mas não consigo tratar de outra forma a atitude de alguns homens, que também são servos de Deus, mas que manifestam incessante prazer em destratá-lo ou pior: tratá-lo como um herege que resolveu declarar-se contra a ortodoxia cristã. Como diria o brilhante jornalista Boris Casoy, "isto é uma vergonha!".

Alguns colegas seus de ministério e de profissão que resolveram desfilar exegese "bíblica" não na sincera intenção de esclarecer (nada estava obscurecido!), mas de militar impiedosamente contra sua pessoa! Eu só ainda não entendi o que foi tão difícil para estes homens compreenderem em suas exposições bíblicas e cristocêntricas sobre a humanidade de Jesus que não se compara a nenhum outro homem! Por que a todo custo querem igualar Jesus a Adão? Por que querem fazer Jesus idêntico aos mortais? Por quê? Ainda não está clara a latente diferença entre a perfeita e impecável humanidade de Jesus e a de Adão? Adão em sua humanidade poderia pecar (e pecou!), mas Cristo jamais poderia incorrer no pecado! Jamais! Teólogos donos da verdade de plantão, por que vos é tão difícil aceitar isso?! Calem-se!

Chego a única conclusão de que ainda há muito orgulho teológico nos corações dos eruditos, que em vez de se dobrarem diante da inexorável verdade, preferem unir-se traiçoeiramente e militar contra um servo de Deus! Bajulam-se entre si, pronunciando lisonjas um ao outro enquanto em seus corações arrazoam: "acabaremos com ele".

Servo do Deus altíssimo, talvez não seja muito, mas pode acreditar: prefiro a sua exposição da Bíblia, com simplicidade, sinceridade, verdade e temor, do que o desfile soberbo, presunçoso e arrogante de outros "eruditos" por aí... Poderia citar nomes de pelo menos uns três aqui. Mas nem o Sr. nem eu estamos interessados nisso. Então,

Prossigamos na verdade do Deus-Homem.

Honório Guedes disse...

Pr. Ciro a Paz do Senhor, considero que os artigos escritos pelo senhor sobre "Jesus Cristo, o Deus-Homem" são elucidativos e bem fundamentados biblicamente e quebra paradigmas, sua abordagem é coerente e os pontos de vistas apresentados são lógicos, infelizmente isto incomodou alguns pseudos-intelectuais que têm dificuldade em aceitar que outros pensem diferente deles,porém és uma arvore frutifera e de bons frutos, portanto as pedradas são parte do processo. Continue compartilhando conosco um pouco de sua sapiência!
Abraços Fraternais,

Anônimo disse...

Prezado Pr. Ciro,

Não vou entrar nas discussão sobre o asunto.

Só quero que saiba que estou orando por você.

Pr. Santos
Manaus AM

claudiopimenta disse...

O problema dos homens pastor ciro e que se envaidecem do conhecimento e geralmente querem derriber que m sabe mais ou ve diferente

quanto ao escritor citado quero ver o que vao dizer

claudiopimenta disse...

A maioria dos blogueiros , pastores ,pregadores, e ensinadores nao tem a humildade do senhor em reconhecer que nao sabe tudo e esta sempre aprendendo ou procurando aprender
A vaidade humana e realmente forte , dificilmente um pastor ou pregador admite que erra , como eu vi o senhor falar em fortaleza na ass de Deus Bela Vista que tambem erra
Esse povo procura chifre em cabeça de jegue, adaptei para jegue pois chifre eles encontram em cavalo ou coisa parecida (unicornio )

Eudes disse...

Pastor Ciro, a paz do Senhor.



Gostei do assunto e me atrevi a postar este comentário porque, escutei por esses dias um estudo de um pastor daqui do Recife, que abordava o tema da sua pregação numa manhã de circulo de oração o qual se chamava: Por que Jesus nunca chamou Maria de mãe?
Ele chegou a dizer que este assunto é muito difícil, e não seria bom falar para um público maior para não confundir alguns. Bem. depois de dar um estudo detalhado, ele disse. - sabe por quê Jesus nunca chamou Maria de Mãe? R. Porque ela não era mãe dEle. Ele falou que por Jesus ter um sangue puro,limpo,e incontaminado teria condiçoes de purificar os impuros. Jesus nunca se referiu a Maria como mãe, ele chegou até a dizer: MULHER! porém quem dizia que ela era sua mãe eram os seus discípulos.Amém
Um dia nos encontraremos, senão na terra, será no céu, fique na paz pastor.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Eudes,

A paz do Senhor!

A Bíblia é enfática quanto ao fato de que Maria foi mãe de Jesus. Ele é chamado de o primogênito de Maria.

Fisicamente, Jesus foi um homem nornal, espírito, alma e corpo. O sangue correu em suas veias. Teve necessidades fisiológicas, etc.

Mas a minha abordagem plenamente bíblica (não abro mão disto) diz respeito à sua personalidade divino-humana. Esta não pode ser desmembrada, como muitos fazem. Jesus não é apenas Homem. Jesus não é somente Deus. Jesus é Deus e Homem. Jesus é Deus-Homem. Isto é 100% bíblico. Ainda que eu seja a única pessoa no mundo a defender isso, continuarei defendo-a, pois não abro mão da Palavra de Deus.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Pr. Santos, meu amigo!

Eu o entendo! Risos. Fique tranquilo.

Um grande abraço!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão Cláudio Pimenta,

Temos de nos curvar ante a Palavra de Deus e o Deus da Palavra, e não perante homens soberbos que abusam do poder que possuem, que "legislam em causa própria", depondo contra a própria instituição que "defendem" (se bem que "eles" só mostram ser ortodoxos contra os mais fracos; em outros casos ficam quietinhos).

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Pastor e amigo Newton Carpintero,

????????????????????????

Realmente, seria uma falta de respeito da minha parte responder a um pastor e homem de Deus como o senhor dessa forma...

Seu texto pode ser incompreensível para alguns, mas para mim é bastante claro.

Agradeço-lhe pelas palavras de estímulo. Eu sei que elas são sinceras.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Tamar,

Concordo com você.

Eu sou bastante crítico. Mas nunca sugeri que um teólogo assembleiano, por pensar diferente de mim, seja herege ou assinou atestado de heresia. Isso reflete a imaturidade de quem consegue títulos na universidade, mas não honra a chamada que Deus supostamente lhe deu.

Aliás, nós dois já tivemos grandes embates... Mas somos amigos até hoje, pois soubemos separar as coisas. Outros, porém, dizem que são amigos, mas têm maldade no coração.

No meu caso, as minhas palavras têm sido torcidas. Curiosamente, foi o mesmo que aconteceu com o Senhor Jesus. Ele foi acusado de falar contra o Templo, quando na verdade falara a respeito de seu corpo: "Derribai este templo, e em três dias o levantarei".

Os "ortodoxos" fizeram um levante para convencer incautos de que eu nego a perfeita humanidade de Jesus porque considero a sua Humanidade perfeita e incomparável.

Um grande abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Lucas Marin,

Podemos discordar, mas não contender. Penso que o irmão deveria escrever o que escreveu também para os que promoveram um levante contra mim, os que pensam ser eruditos e ortodoxos. "Eles", que pensam ser os donos da verdade. E fazem mais: difamam, perseguem, agem arbitrariamente.

Veja todos os lados dessa questão, meu amado, por gentileza. Como já disse, não abro mão da Palavra de Deus. O dia em que eu estiver errado, e alguém me convencer pela Bíblia de que estou errado, pedirei perdão a todos. Mas, na questão em apreço, TENHO CERTEZA ABSOLUTA, à luz da Bíblia, de que Jesus é Deus que se fez SEMELHANTE a nós, na encarnação. Ou seja, Ele é perfeitamente Deus, perfeitamente Homem, mas Homem INCOMPARÁVEL, posto que é Deus-Homem! Isto é 100% bíblico e INCONTESTÁVEL. Podem me amarrar e me queimar em praça pública. Eu não abro mão da Palavra de Deus!

Descupe-me do exagero... Mas a "comunidade ortodoxa" (não a verdadeira, é claro) está enfurecida. Mas por que ela ficou quietinha em outros momentos? Porque atacar o Ciro é fácil... Deus os julgará por suas arbitrariedades.

Em Cristo,

CSZ

Lucas Marim Santos disse...

A Paz do Senhor.

A seu pedido postei em um dos blogs a mesma coisa que postei aqui.

Estamos numa realidade que nos quer levar para longe de Deus. Tudo quer nos dizer, fique neste mundo, esqueça do seu Deus, o amaldiçoe e morra de uma vez.
Mas o Próprio Deus nos diz, chegai-vos a mim, sou o vosso contentamento, Desde os antigo EU SOU e agora não é diferente.

Irmão, lembremos que Deus esteve com Abraão, não desamparou a Ló, tirou Jeremias do calabouço, Revelou grandes coisas a Paulo de Tarso, Seu Amor é inesgotável. O Evangelho chegou a nós por homens, muitas vezes falhos, desvanecidos, atingidos por doenças, mas que não foram impedidos de levar, por força de Deus o Evangelho. Homens de Vigílias distantes em que tinha que se caminhar quilômetros, homens de ensinos que não tinham, pois eram ensinos da parte do Espírito Santo. Alguns homens que não tinham a mínima possibilidade de chegarem vivos até nós, mas Deus os conservou, para que nós, se ainda não tivéssemos experimentado do próprio Deus, soubéssemos que haviam homens que realmente conheciam a Deus e poderia nos dizer com toda a certeza e fé: Jesus é o mesmo ontem, hoje e será eternamente.

Então, precisamos nos achegar ao Senhor, pois muitos cairão por falta de instrução, por falta do ardor do nosso trabalho diante de Deus.

O Evangelho é o poder de Deus.

claudiopimenta disse...

obrigado pela coerencia pastor Ciro realmente tens razao

Nos da ass de Deus bela vista fortaleza ceara estamos orando para que na nossa convençao e EBO o senhor um de nossos preletores

claudiopimenta disse...

Ia me esquecendo pastor gravamos as palestras ne bela vista e gostariamos de sua altorizaçao para postalas no youtube e divulgarmos aqui nas igrejas os estudos .

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezado irmão Cláudio,

A paz do Senhor.

Saiba que eu tenho um apreço muito grande pelos irmãos do Ceará, inclusive pelo irmão Cláudio, desde aquele nosso encontro em Paracuru. Lamentei não ter podido atender meste ano ao querido amigo Josué Ramos de Oliveira... O irmão Joabe, nosso amigo comum, agora é meu vizinho aqui no Rio (S. Gonçalo), mas não temos tido oportunidade de nos encontrarmos. Quanto ao irmão Cláudio, alegrei-me em revê-lo em Fortaleza neste ano, na igreja do pastor e amigo Teixeira Rêgo Neto.

Quanto aos vídeos, o irmão pode inserir no YouTube, mas me avise de imediato para que eu possa conferir o material em primeira mão, por gentileza.

Um grande abraço.

CSZ

Anônimo disse...

Gostei do C.S. Zibordi !!!
Deveras oportuno.

ass. @Bereanderson

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Honorio Guedes,

Grato pelas palavras. Eu respeito a todos que discordam de mim. O que é abominável é ver colegas com cabelo branco priorizando o ataque pessoal, em detrimento do assunto em questão. Paciência. Continuarei escrevendo aqui, pois tenho liberdade para isso. O meu direito de escrever aqui ainda não foi cassado.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Magda,

Eu defendo que Jesus é perfeito Deus e perfeito Homem. Mas o Homem Jesus é incomparável, "sui generis". Nunca abrirei mão disso, ainda que me queimem em praça pública. O fato de Ele ter espírito, alma e corpo, como eu e você, não quer dizer que Ele, em sua personalidade, que é divino-humana, seja igual a nós. A Bíblia é claríssima: Ele se fez SEMELHANTE aos homens. Vou morrer defendendo isso.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querido irmão Rinaldo Santana,

A paz do Senhor!

Eu estou usando a Bíblia pela Bíblia. Li em algum lugar que eu não precisava citar o grego. Ora, recorri aos termos originais porque houve necessidade. Afinal, o Novo Testamento é claro quanto à distinção entre igualdade e semelhança. Há momentos que os termos originais para essas palavras se tornam sinônimos.

Mas não é o caso de Filipenses 2.6,7. Ali está clara a diferença. Tanto que se diz "igual a Deus" e "semelhante aos homens". E os termos originais são diferentes. Jesus é diferente de nós justamente por ser divino-humano, enquanto nós somos apenas humanos. Nós somos 100% humanos. Ele é 100% divino e, por isso, BIBLICAMENTE semelhante aos homens.

Em Cristo,

CSZ

Leandro Braga disse...

Pr. Ciro, paz do Senhor.
Não costumo postar comentários, apenas leio -e muito- suas postagens, que são como um verdadeiro colírio que através do Espírito, me faz enxergar a sã doutrina.
E mesmo sendo jovem na idade, e neófito na fé, tenho caminhado vitoriosamente e devo isto, em parte, ao seu blog.
Mas também sou estudante de teologia, e confesso que não vi nenhum indício de heresia acerca dessa abordagem (até porque não existe). O que vejo é uma classe de pessoas com as mentes cauterizadas, pessoas que absorveram tradições sem verificá-las na Bíblia, tal classe, numa situação mais informal eu a definiria como "crente esponja" risos...
Mas sei que o senhor deva estar tranquilo, visto que seu ministério não é fruto de seu maravilhoso currículo, mas sim da graça do Espírito na sua vida.
E confesso que tenho medo, pois nenhum artista renomado gostaria de ver alguém lançando ovos e tomates em sua obra de arte, quanto mais o Senhor, que investiu tanto em ti!
Um abraço.
Em Cristo.