quinta-feira, 29 de julho de 2010

Diálogo por e-mail com um unicista (1)


PRIMEIRO E-MAIL

— Pastor Ciro, vi em seu blog uma reportagem do batismo em nome de Jesus. Fique sabendo que a Trindade é uma doutrina em que não se encontra na Bíblia, foi fundada por homens, por 318 bispos católicos; quando fala em nome, está falando no singular um nome, e não nomes; quando você clama pelo Pai, Ele tem que ter um nome, não é mesmo? Então, esse nome obviamente será Jesus. Leia com cuidado a Palavra de Deus, pois o Diabo quer arrebatar a verdade da sua mente para que não veja a verdade! — disse o unicista.

— É mesmo? Fique sabendo que você está equivocado. A Trindade é uma doutrina bíblica irrefutável. É a unicidade que é herética. Explique-me João 14.16, para início de conversa — respondi.

SEGUNDO E-MAIL:

— Joao 10.30: “Eu e o Pai somos UM”. Aqui explica a humanidade perfeita de Cristo. Deus se fez carne e habitou entre nós; Jesus como Homem podia orar; Ele foi submisso ao Pai, pois, quando Ele vier nas nuvens, você verá só um trono, e não três. Olha bem e veja o quanto você está enganado, e que Deus tenha misericórdia da sua vida, pois você se faz semelhante às pessoas do mundo, crendo em uma doutrina sem base que levará muitos à condenação. Jesus é Espírito; Ele estava em carne não podia habitar nos corações das pessoas ainda, pois o Espírito não tem carne e nem ossos.

— Não mude de assunto, meu irmão. Explique-me João 14.16 — respondi.

TERCEIRO E-MAIL:

— A alegação que fazem os defensores desta teoria — pastores e leigos — é de que a palavra “outro” é tradução do termo grego allos, que significa outro de mesma natureza. Segundo eles, como foi Jesus que pronunciou a frase “Eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro (allos) Consolador”, e allos significa outro de mesma espécie, Jesus está se referindo a outro ser da mesma espécie que Ele. Sendo Jesus Deus, o Espírito da verdade deve ser um outro Deus diferente de Jesus, um outro Deus? Responda!

— Sim, allos, e não heteros, pois o Pai é o Consolador, Jesus o é Consolador e o Espírito é o Consolador. Três Pessoas da mesma natureza e essência que formam um só Deus! Agora, me explique João 14.16. Não fuja da pergunta. Quer dizer que Jesus estava olhando para um espelho e dizendo: “Eu rogarei ao Pai [que sou eu mesmo], para que Ele [que sou eu mesmo] vos envie outro Consolador [que sou eu mesmo]”? Estude a Palavra, meu irmão, sob a iluminação do Espírito, e abandone os ensinos desses que dizem ter a “voz da verdade”.

ÚLTIMO E-MAIL:

— Última vez que eu vou lhe dizer: que Deus tenha misericórdia de você e o abençoe! — finalizou o irmão (irmão?) unicista.

— Acorde! Ainda há tempo de aprender a Palavra de Deus e deixar o herético e blasfemo movimento unicista — concluí.

Ciro Sanches Zibordi

11 comentários:

wally disse...

apz, pr. Ciro.

sobre esse assunto, mas sob um enfoque um pouco diferente,escrevi algo tb e,se possível, coloco o link para sua apreciação:

http://wallysou.com/2010/07/20/demonstrando-a-trindade-para-um-judeu/

gde abço,na paz do Senhor.

Blog: Desafiando Limites

Cícero Leandro Júnior disse...

A paz do Senhor, Pr. Ciro.

Crer na Trindade é algo muito complicado a princípio. Porém, quando se aprofunda no estudo sobre isso, vemos o quão incisiva a Escritura é acerca deste tema. Muitos cristãos hoje nem sequer sabem acerca desta doutrina. É só perguntar que eles ficam sem resposta. Mas com certeza é algo que se aceita unicamente pela fé, e a Palavra é clara no que diz respeito a essa doutrina.

Que Deus nos guarde desses falastrões que pensam ter a "voz da verdade" sobre essa questão, e que o abençõe sempre, dando graça para ser sempre um expositor fiel da verdade sagrada.

Em Cristo,
Cícero Leandro Júnior
Assembleia de Deus em Teotônio Viela/AL

Gilmar disse...

Prezado Pr. Ciro,

A paz do Senhor.

Tenho uma dúvida e gostaria muito que o Sr. me esclarecesse.

Durante a troca de e-mails vi o Sr. se reportando ao unicista de forma irônica desta forma: "finalizou o irmão (irmão?) unicista".

Então você quer dizer que os adeptos dessa corrente teológica não são nossos irmãos? Eles não são salvos em Cristo?

A Bíblia mostra que a salvação é pela graça (Ef 2.8) e não pelo nível de conhecimento que apresentamos de Deus.

Na minha igreja, que crê, graças a Deus, na doutrina bíblica da Trindade, vemos um total desconhecimento dela por parte dos seus membros. Eles nem imaginam o que seja isso e, conseqüentemente, podem pensar em uma série de absurdos, como o politeísmo, por exemplo.

Caso eu não tenha entendido de fato o que o Sr. quis dizer no artigo e me expressado mal na breve explanação bíblica que apresentei, peço desculpas pela ignorância (minha, é claro).

Em Cristo,
Gilmar

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Gilmar,

A doutrina da Trindade é fundamental. Quem a nega, nega também: o próprio plano da salvação; a teologia (a Trindade é a chave para o entendimento de várias outras doutrinas); a Bíblia; o Espírito Santo; e o Senhor Jesus.

O unicismo é uma seita. Isso mesmo. O irmão não entendeu errado. O meu texto não tem sentido dúbio. Eu fui suficientemente claro. Mas o irmão não precisa concordar comigo. Eu não o dono da verdade. Reflita segundo as Escrituras e tire as suas próprias conclusões.

Grato pela participação.

CSZ

Mizael Andrade Reis disse...

"Na verdade, na verdade vos digo: Se alguém receber o que eu enviar, me recebe a mim, e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou." Jo 13:20

Lendo o texto na antítese, concebemos o quanto a doutrina da trindade é crucial para o Evangelho:

"Na verdade, na verdade vos digo: Se alguém não receber o que eu enviar, não recebe a mim, e quem não recebe a mim, não recebe aquele que me enviou." Texto marginal 1:1

A Bíblia é clara, sua doutrina é inegociável.

Graça e Paz
Mizael Reis

Anônimo disse...

Pastor,masturbação é pecado?

Ciro Sanches Zibordi disse...

Anônimo,

Alguém diz que não, se você não pensar em nada no momento em que a estiver usando as mãos para "aquele" fim. Mas, como isso é impossível, e sempre a pessoa que se masturba pensa no seu objeto de desejo, é pecado sim.

CSZ

Sou bicudo! disse...

Sou bicudo! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniel Carvalho disse...

Pastor Ciro, graça e paz de Cristo.

Faz algum tempo que leio o seu blog. Estou sempre vendo seus artigos pois me edificam bastante. Dou glória a Deus por sua vida. Aprendo muito com o senhor. Então, hoje resolvi enviar-lhe uma pergunta.

Bom, pastor Ciro, Deus é trino - o Pai, o Filho e o Espírito Santo são Deus.
Mas muitas vezes nos referimos ao Pai chamando-o "Deus". Isso pode levar a uma interpretação equivocada de que apenas o Pai é Deus. Por exemplo, quando Jesus disse em João 14.1: "Credes em Deus, crede também em mim". A Bíblia revela qual é o nome do Pai propriamente?
Por favor, peço-lhe, me responda, pastor!
Também queria que o senhor me esclarecesse acerca de João 14.28, onde Jesus Cristo fala: "vou para o Pai, porque o Pai é maior do que eu". Esse versículo foi usado por uma testemunha de Jeová que passou em minha casa. Eu sei que eles estão enganados em seu pensamento e eu gostaria de refutá-los prontamente, mas não tenho conhecimento bíblico suficiente.

Abraço
E que Deus o abençoe ainda muito mais!

Daniel Carvalho disse...

Pastor Ciro, graça e paz de Cristo.

Faz algum tempo que leio o seu blog. Estou sempre vendo seus artigos pois me edificam bastante. Dou glória a Deus por sua vida. Aprendo muito com o senhor. Então, hoje resolvi enviar-lhe uma pergunta.

Bom, pastor Ciro, Deus é trino - o Pai, o Filho e o Espírito Santo são Deus.
Mas muitas vezes nos referimos ao Pai chamando-o "Deus". Isso pode levar a uma interpretação equivocada de que apenas o Pai é Deus. Por exemplo, quando Jesus disse em João 14.1: "Credes em Deus, crede também em mim". A Bíblia revela qual é o nome do Pai propriamente?
Por favor, peço-lhe, me responda, pastor!
Também queria que o senhor me esclarecesse acerca de João 14.28, onde Jesus Cristo fala: "vou para o Pai, porque o Pai é maior do que eu". Esse versículo foi usado por uma testemunha de Jeová que passou em minha casa. Eu sei que eles estão enganados em seu pensamento e eu gostaria de refutá-los prontamente, mas não tenho conhecimento bíblico suficiente.

Abraço
E que Deus o abençoe ainda muito mais!