quarta-feira, 7 de julho de 2010

ERROS QUE OS ADORADORES DEVEM EVITAR continua no ranking da CPAD

A nossa obra Erros que os Adoradores Devem Evitar, lançada em meados de janeiro pela CPAD (editora com a qual mantenho vínculos desde 1993), cuja segunda impressão acabou de se esgotar, para a glória de Deus, aparece em segundo lugar no ranking de vendas de maio. Ela ficou atrás apenas do lançamento Meu Marido Tem um Segredo.

Também figuram na relação dos mais vendidos os best-sellers Heróis da Fé, História dos Hebreus, Dicionário Bíblico Wycliffe e as Bíblias de Estudo Dake e Aplicação Pessoal.

Confira mais informações no portal www.cpad.com.br.

Em Cristo,

Ciro Sanches Zibordi

9 comentários:

JCS disse...

A paz do Senhor CSZ!

Não sei se o prezado irmão em Cristo e escritor publicará meu comentário, mas apenas quero deixar um versículo para o articulista.

“A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda” Pv 16:18

Parabenizo e reconheço seu ministério frutífero, mas cuidado com o EGO.

O Senhor seja contigo
Josef C. Shirmer

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro "JCS",

É verdade. A soberba precede a ruína (Pv 16.18). E mais: "Ainda que o Senhor é excelso, ele atenta para o humilde, mas ao soberbo conhece de longe" (Sl 138.6).

Portanto, também tenha cuidado com a soberba e com o pecado mencionado por Jesus em Mateus 7.1,2.

Em Cristo,

CSZ

Casa de Apoio a Vida disse...

Caro Pastor,
Aceite a exortação de bom coração do colega, ele não estã lhe ofendendo quando lhe chama à atenção para operigo da soberba, apenas lhe ajudando. E por favor não use Mateus 7 fora fora de seu contexto, apenas por pretexto. Afinal, Jesus também manda jugar segundo a reta justiça, não é verdade? Cuide-se!
Abraços e parabens pelo avanço!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Senhor "Casa de Apoio e Vida",

Com todo o respeito à sua idade, quem interpretou o texto bíblico fora de contexto foi o senhor. O julgamento que cabe ao crente é o discernimento (1 Jo 4.1; 1 Ts 5.21, ARA), e não a calúnia ou o juízo de valor apressado.

Os seus parabéns não devem ser sinceros, uma vez que, indiretamente, considerou o fato de eu expressar a minha alegria em ter uma obra no ranking das mais vendidas um ato de soberba. O irmão sequer observou que eu disse "para a glória de Deus". Ademais, estou sim fazendo propaganda do produto, pois isso é um direito que me assiste.

Quem é espiritual discerne bem tudo (1 Co 2.15). Se o senhor considera errado eu fazer menção de meu livro, em meu blog pessoal (perdoe-me da redundância), sugerindo que sou soberbo, o senhor está sim incorrendo no erro de Mateus 7.1,2. Cuide-se! Tenha cuidado de si mesmo e da doutrina (1 Tm 4.16). Com a medida que medir também será medido (Mt 7.2).

Aceite a minha modesta orientação (e não exortação) de bom coração e seja humilde, por gentileza, ainda que este escritor seja bem mais novo que o senhor. Eu não o estou ofendendo, mas chamando a sua atenção para o erro de julgar a intenção das pessoas de modo errôneo e calunioso. E isso para a sua idade é pior ainda. Busque sabedoria do Alto, pois ela, diferentemente da sabedoria terrena, não vem com a vivência (Tg 1.5,6).

Em Cristo,

CSZ

Francisco Alves disse...

pastor Ciro,

Que é isso... o pessoal torce tudo!

O senhor está se alegrando pelo êxito de seu livro e também divulgando o seu trabalho. Isso não é soberba! Isso é marketing bem feito e atenção aos leitores que o acompanham.

Parabéns SICEROS pelo seu sucesso! Tenho certeza que o proximo livro também será muito bom e venderá muito, pois o senhor é uma pessoa séria!

Francisco Alves

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Nosso prezamado pastor Ciro Zibordi,

A paz do Senhor!

É seu o direito em se alegrar, e anunciar o motivo do resultado do seu livro. Afinal, o seu livro não foi escrito apenas para produzir algo mais, e sim, algo de pleno interesse aos que buscam conhecimento e sabedoria em suas matéria - como eu.

Os que ZOMBAM e ou tentam "IMPLICAR" com os motivos óbvios em seu espaço pessoal e particular, ou seja, promover o evangelho da verdade, com as matérias que não são encontradas no seu blog, e o motivo do seu árduo trabalho(construir redes) com dedicação e a liberdade especial, ao incentivar a cada leitor, informando o sucesso basado nos livros anteriores - seu instrumento de trabalho e ministério.

Muito me alegra, saber que muitos estão interessados em pesquisar sobre o que mais tem destruido a comunhão com Deus, através deste seu livro que dignamente irá sufocar MUITOS DOS ERROS, causados pelo péssimo louvor, sem a devida dedicatória ao Senhor nosso Deus em suas letras e músicas.

O Senhor seja contigo!

Creio que nos tornaremos dois assassinos, neste sábado dia 03 de julho na Escola Bíblica em Icaraí, pois, mataremos a SAUDADE neste momento em que Deus me permitiu viajar ao Rio de Janeiro.

Estarei aprendendo, se Deus o permitir, com o amigo e nobre pastor!

O menor de todos!

figueror disse...

A Paz de Cristo.

Pr. Ciro , meu Pastor fez um pedido do livgro Erros/Adoradores... pela CPAD, mas não veio. (outyros livros pedidos vieram). tem algum meio de comprar diretamente co o Sr.via deposito bancario? gostaria de saber o valor, queremos 2 unidades uma pra meu Pastor Presidente e outro pra mim.e gostaria de ser informado assim que o seu novo livro estiver a venda.

em Cristo

Figueror Melo

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão Figueiror,

A paz do Senhor!

Alguns dos meus livros estão em falta na CPAD. Mas, se o irmão desejar adquiri-los comigo, basta ficar atento às informações que disponibilizo no ícono S-H-O-P-P-I-N-G, neste blog, na barra lateral direita, logo abaixo de MINHA AGENDA.

Um abraço.

CSZ

Tamar disse...

Precisa de muita libertação e cura interior para quebrar esse complexo de vira-lata dos brasileiros.

Tom Jobim disse que o Brasil adora o Garrincha que morreu pobre e esquecido e odeia o Pelé.

Joyce Meyer, Rick Warren e Max Lucado vendem milhões de cópias de seus livros no mundo inteiro.(E eles estão sujeitos as mesmas tentações que nós).

Aqui você você vende umas milhares em tupi-guarani e já tem gente dizendo que vai cair e se arrebentar todo.

Tá amarrado!


PS: Espero que o mercado editorial brasileiro um dia tenha a mesma competência do americano.