sexta-feira, 5 de março de 2010

Os editores de blog, a nética e a netiqueta (1)


Caro editor de blog, você já ouviu falar de nética e netiqueta? São a ética e a etiqueta da Internet, as quais são necessárias para quem edita ou visita blogs e sites de relacionamento, como Orkut, Facebook, Twitter.

Blogs permitem que dezenas, centenas, milhares de pessoas de todo o mundo estejam numa sala só, como se fosse um coquetel de 24 horas. Imagine o que acontecerá se o anfitrião (editor do blog) não impuser aos convidados alguns limites!

“Alguém escreveu um comentário indesejado. O que eu faço?” Ora, ninguém é obrigado a aceitar comentários indevidos. E o motivo de o comentário ser indesejado diz respeito, única e exclusivamente, à opinião do editor do blog.

Deixar de publicar comentário não é ser antinético. Afinal, há internautas anéticos (sem nética nenhuma) e para lá de inconvenientes: falam demais, só entram nos blogs para fazer propaganda de seu blog, não respeitam os editores de blog, desdenham de suas postagens... Enfim, são antinéticos que não merecem atenção.

Há também aqueles internautas que não têm netiqueta nenhuma: citam nomes de pessoas sem necessidade, fazem gracejos sem graça, usam letras garrafais (maiúsculas e enormes), como se estivessem gritando (alguns fazem isso ingenuamente), contestam argumentos apressadamente, sem ter avaliado com cuidado a exposião do editor de blog, elogiam ou contestam sem ter lido a postagem com atenção...

“Fiz uma postagem e me arrependi. E agora?” Ora, o blog não é seu, caro editor? Você não é o responsável por ele? Apague a postagem antes que seja tarde. E nem precisa pedir desculpas, atraindo as atenções para si. Aja rápido, pois há web-desocupados (alguns são até editores de blog!) que passam o dia todo usando principalmente três teclas: [Control], [C] e [V]! Alguém publica um artigo novo? Os ágeis web-desocupados são os primeiros a saber! Selecionam, então, tudo e pressionam simultaneamente [Control] + [C]. Feito isso, entram em outros blogs e... [Control] + [V]. Querem ver “o circo pegando fogo”.

“Publiquei um comentário inadequado no blog, por descuido ou por que não uso a ‘moderação’. O que fazer?” Basta removê-lo, o que, para o responsável pelo comentário indesejado, será uma mensagem claríssima de que você não gostou de sua abordagem. Mas, se você desejar publicar comentários indevidos a fim de responder a eles, é um direito que lhe assiste, como diriam alguns conhecidos editores de blog alhures...

(Continua.)

Em Cristo,

Ciro Sanches Zibordi

15 comentários:

Evandro Lemes disse...

Muito bem... Concordo, é uma pensa que alguns não se importam com isso, confundem defender a é com ofensas pessoais. Mas por hora temos que ter paciência né...
Até mais!

Nerly Nunes disse...

Muito bom meu amigo pastor Ciro!É bom ler algo diferente em seu blog que serve para nós...Abraço!

HELIO ALVES DA COSTA disse...

a paz pastor ciro
certamente que o mundo da internet, esta disponivel a todos, basta um clic e pronto, a pesar de ser novo no "blog" ja percebi que nao e facio.
percebo muita piquinha entre os irmaos deveria ser mais confraternal mais, muitos nem parece ser cristao pelo comportamento ainda bem que no ceu nao tem internet, la vai ser so gloria,gloria,gloria ao senhor dos senhores e rei dos reis.
louvado seja o nosso Deus .

fique na paz
helio costa

Genilda de Melo Silveira da Silva disse...

Muito boas as dicas pastor Ciro!

Estou na criação de meu primeiro blog, e conselhos práticos como esses são de grande valia pra mim.

Já percebi que alguns entram somente para divulgar o próprio blog sem comentar o que foi postado, e numa dessas ocasiões tive que apagar um comentário de um "blogueiro".

Realmente é necessário moderação nestes casos para não sermos tiranos. Então coloquei uma regra aos que quiserem divulgar seus blogs: que o façam somente após postarem seu comentário, na última linha.

Vejo que esta é a 1ªparte sobre esse assunto, vou ficar no aguardo das próximas dicas para donos de blogs e blogueiros.

A paz do Senhor!

Renato Vargens disse...

Prezado Pastor Ciro,

Quero manifestar publicamente minha admiração e respeito pelo seu ministério. Conhecê-lo pessoalmente, bem como desfrutar de uma tarde de comunhão foi extremamente prazeroso.

Admiro seu trabalho e seriedade em prol do Reino do nosso Senhor.

Um grande abraço,

Pr. Renato Vargens

Edcleyton Souza disse...

A paz de Cristo Pr. CSZ. Ótima postagem para os blogueiros em geral. A ética na internet é precisa para melhorar a sua organização. Completamente me ajudou muito saber destas ações que podem melhorar nossos blogs. Deus vos abençoe!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Evandro Lemes,

Sejamos pacientes com todos. Mas façamos a nossa parte, dando orientações a quem precisa delas e as valoriza.

Um grande abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Nerly Nunes,

Que bom que o irmão está gostando deste blog. Mas, se ele tem sido útil a muitos, é por causa da importante participação dos internautas.

Um grande abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Helio,

É por isso que eu, às vezes, me referiro ao conglomerado de blogs supostamente cristãos de blogosfera em parte cristã. Infelizmente, nem todos os que se dizem cristãos o são de fato (1 Co 5.11).

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezada Genilda,

Eu não sou inflexível quanto a divulgação. Mas, antes de publicar comentários contendo mensagens como "Visite o meu blog", eu costumo conhecer o blog indicado, a fim de verificar se vale a pena recomendá-lo aos meus leitores. Falando nisso, vou entrar em seu blog agora mesmo!

Mas lembre-se: a irmã, como editora de blog, tem todo o direito de não publicar ou até apagar comentários indesejados.

A paz do Senhor!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Renato Vargens,

O que o irmão disse a meu respeito é exatamente o mesmo que penso do irmão. Creio que aquele encontro, naquele restaurante, não foi por acaso. O Soberano Deus o preparou, a fim de que nos conhecêssemos melhor e partilhássemos do que temos recebido dEle.

Eu também fiquei muito feliz com os momentos que desfrutamos, naquela tarde, conversando sobre a grandeza do nosso Deus e de nossos projetos relativos à obra do Senhor. Aliás, vou lhe enviar um e-mail a respeito de uma ideia que tive depois de nossa conversa.

Finalmente, em breve lhe farei outro convite.

Um grande abraço!

CSZ

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Nosso prezamado pr. Ciro Zibordi,

A paz do Senhor, meu amigo!

Sinto informá-lo que o seu blog, é um aprendizado constante à cada visita, e com certeza, o motivo orientador, torna-se uma constante necessidade, às vidas que desejam atrativos sérios, e que alimentem o espírito dos que desejam uma boa providência.

Creio, plenamente, na necessidade de um Livro, que dignifique com idéias, sugestões e orientações aos Editores de Blogs. Cada qual, terá a sua parcela necessária, para uma plena verificação e motivação.

O Senhor seja contigo, nobre atalaia, e bem como, a possibilidade em escrever o que muitos gostariam de escrever, e a maioria em ler: Erros que os Editores de Blogs Não Devem Cometer.

O menor de todos no aguardo,

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Armando Marcos,

Grato pela consideração. Já estou indicando o seu blog.

Não publiquei seu comentário para não alardear... Risos.

No meu outro computador, uso o Google Chrome, e só nele aparece o tal aviso. Pelo Explorer tudo está normal. Meu site de proteção está atualizado. O problema deve ser do Blogger...

Se o irmão tiver informações mais precisas a respeito disso, peço-lhe que mas transmita, por gentileza.

Um grande abraço.

CSZ

francy disse...

pastor lir seu livro gostei muito li o segundo erro que pragadores devem evitar. há um tempo eu pensso igual ao senhor sobre o cai, cai, rodopea, o pregador tenda adivinhar, deus está me mostrando isso , a quilo . coisa corriquerra que todo mundo passa joque pra igreja e fica eaperando que aquela pessoa se levante e va la na frente, tem muito isso aque na minha igreja, eu falei que eu ñ dava creditor nessas coisas me chamaram de incredular, eu comprei seu livro tive curiosedade, porque tinha bem na frente reeeeeeceba, eu ñ gosto disso, eu lir eu fiquei muito fliz até que emfim eu encontrei alguem que penssava igual a eu, dei esse livro pra irmão que me chamou de incredula, mas ela nao gostou muito. mas graças a deus que deus mandou um pastor pra mos que nao é menino e ele a primeira doutrina dele ele falou do reeeeeeceba, receba unçao etc, apessoas pra receber unão tem que ler a palvra de Deus todo dia e obedecer . pra poder receber unçao e poder vc ñ concorada comigo exisre no nosso meio muitos pregadores menino eu sou muito mal vista por não acreditar nessas coisas, esse livro me ajudou muito, quero ler esse erro do luvor, quando eu ouvir o hino sabor de mel eu não gosrei, e eu comentei sobre esse hio antes de ver no seu blog vc falando sobre ele.eu sou regente do circulo de oração e oediram pra mim passar ele pra o circulo de oração eu não passei por pela frasevc no palco na plateia, como se fosse uma vingaça e deus nao se garda disso a vingança pertence ao senhor, teve uma festa aque que o pregador assoprava no micofone e comessou acai os jovens tudo no shão aparecendo as caucinhas das meninas foi um escndalo e eles e eu duvidei se realmente aqilo era de deus fui mal enterpretada, eu sou muito criticada aqui por ñ acreditar em certas coisa eu creio na revelçao da palvra de deus , porque o senhor tem faldo comigo atrves da palavra,eu creio em jesus eu creio na sua pavrar porgue jesus me chamou eu tinha 15 anos hoje eu tenho 40 ja tenho muitoa esperirncia,gostaria qu vc me respondece, obregada e apaz do senhor.

francy disse...

Apaz do senhor ja lir um livro seu gostei muito, reeeeeeceba eu nuca gostei disso de pregadorres que tentam adinhar jogam pra igraja sempre tem alguem dentro da igreja com aquele problema, por eu não acreditar sou chamada de incredula, eu ñ sou incredula eu ceria na profecia da palvra de deus e na revelão da palvra de deus, ñ concordo com o cai cai com o hino a sabor de mel antes de eu ver seu bçogue eu ja tinha comentado sobre esse hinos,mas os crentes gostam nuito desse hino porque ele emociona. gostaria que vc me respondece, por favor