sábado, 13 de fevereiro de 2010

Títere e Marionete discutem sobre a Harpa Cristã e a Trindade


— Títere, eu fiquei curiosa com o que você falou sobre o nome de Paulo. Ele não foi mudado? — pergunta Marionete.
— Não, querida. A Harpa Cristã possui mesmo essa pequena incongruência.
— Incongru... O quê? Depois que você começou a andar com o professor Bibliófilo, fica usando essas palavras difíceis...
— Desculpa, querida. Incongruência é o mesmo que incoerência, incorreção, erro...
— Tá. Já entendi. Agora me fala por que o nome de Paulo não foi mudado.
— O professor Bibliófilo mostrou-me o texto de Atos 13.9 e me explicou que Saulo era o seu nome israelita, e o outro, romano. Teve um outro negócio que ele me disse sobre sobrenome, cognome... Ah, sei lá! Mas o que lhe garanto é que não houve nenhuma mudança de nome.
— Interessante. Mas isso não se encaixaria na tal licença poética? — risos. — Quem diria! Estou defendendo um hino da Harpa!
— Não precisa exagerar, querida. Até porque o professor me explicou que esse tipo de incongruência não é tão grave assim, pois não contraria as doutrinas bíblicas.
— Então, em resumo, você acha que não há problema em cantarmos esse hino?
— Sim. Eu acho. Não considero mesmo um grande problema dizer que Saulo foi transformado em um Paulo.
— É, Títere, mas me fale um pouco dos erros graves contidos na Harpa. Eu vi no Orkut, na comunidade “Eu odeio hinos antigos”, que tem um hino que fala em ter saudades do Céu. E você não fala nada sobre isso! Fica aí criticando as canções do Zaqueu e do sabor de mel, e ainda fala mal do conjunto Algoz da Verdade. O que você me diz sobre esse negócio de sentir saudades do Céu, hein?
— Ah, já que você falou do conjunto Algoz da Verdade, ele é mais um motivo para eu gostar da Harpa Cristã.
— Por quê?
— Porque a Harpa pelo menos enfatiza várias doutrinas bíblicas fundamentais, como a da Trindade, ao contrário desse conjunto unicista.
— Como assim? O que é unicista, sabichão?
— Eu não sei explicar direito o que significa essa palavra, mas o professor Bibliófilo me ensinou que o Algoz da Verdade é um grupo unicista porque é contra a doutrina da Trindade.
— Sei... Mas esse conjunto é muito espiritual. Só porque ele não crê na Trindade, vamos desprezar as suas inspiradas canções?
— Como assim, Nete? Não é questão de desprezo. Você acha simples alguém ser contra a Trindade?
— Acho.
— Meu Deus, querida! Que frieza a sua quanto a uma doutrina fundamental da Palavra de Deus! Afinal, para conhecer ao Senhor, devemos saber quem Ele é e como Ele é.
— Títere, Títere... Eu já lhe falei que a unção faz a diferença. E eu acho que o Algoz da Verdade é um conjunto muito ungido. Agora, se ele é contra ou a favor da Trindade, isso pra mim não quer dizer nada.
— Eu só não fico mais irritado com essa sua posição, querida, porque eu também pensava assim faz pouco tempo. Ainda bem que eu passei a frequentar a Escola Dominical e a ler mais a Bíblia...
— E a andar com esse professor Bibliófilo, que vê defeito em tudo!
— Fazer o quê, Nete? Estamos nos últimos dias, e são muitas as heresias que estão surgindo. Não podemos ficar quietos, assistindo a tudo. Graças a Deus que eu conheci alguém zeloso, que ama a Palavra de Deus.
— Mas eu só não entendo uma coisa. Por que você e o seu professor gostam de tanta polêmica? Eu vi no blog do conferencista Roger Ege que a palavra “Trindade” nem aparece na Bíblia! Ela é uma invenção da Igreja Católica. Por que tanta polêmica sobre isso?
— Bem, querida, esse conferencista Roger Ege a mim não comunica nada, com todo o respeito. Ele é contra muitas doutrinas bíblicas fundamentais.
— Tá bom, Tite. Mas me responda uma coisa: Como nós podemos servir a três deuses? Deus é uma só Pessoa, querido, e não três!
— Isso não é verdade. Deus não é uma só Pessoa, mas três Pessoas que formam um só Deus. Por isso, Jesus disse que o batismo deve ser ministrado em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Para saber mais sobre as conversas do casal Títere e Marionete, leia o livro Erros que os Adoradores Devem Evitar, editado pela CPAD, disponível na rede de lojas dessa editora, no portal
www.cpad.com.br e neste blog, na seção Livros e DVDs (como comprar), abaixo da seção Agenda.

Ciro Sanches Zibordi

19 comentários:

Girleide disse...

Muito bom, muito bom mesmo! Adorei saber que o Títere está se 'redimindo!

Realmente os cristãos estão cada vez mais complacentes e frios em relação a princícipios fundamentais bíblicos. Está ficando difícil convencer um cristão a dar do dízimo, pq 'não tá na Bíblia (a versão dos dias de hoje não tem Malaquias cap. 4?)!


confesso, boto defeito em muita coisa. mas pra quem nasceu em igrejas com algum fundamento bíblico não tem como não perceber erros grotescos que são tão comuns atualmente!

Artigos excelentes, Pr Ciro. Não é preciso de muito pra se entender algo mostrado de forma tão simples! Continue assim! Fique na Paz!

Anônimo disse...

Deixa ver se entendi... Seu problema é apenas com humor bem feito... Estas coisas sem graça que tu escreve ai pode... Auh Ahu Aua Auh

Pb.Ranilson disse...

Pr. Ciro sempre com inspiraçoes divina!
Graça e paz amado, fico feliz em ler estes arquivos tem mim ajudado muito concernentes aos erros que temos vistos e até mesmo cometido, mais graças a Deus que ainda existe pessoas que continuam dando o seu "Grito pela vida da igreja", dou graças a Deus todos os dias por ter lhe conhecido atraves deste espaço tao importante e edificante e que me despertou a mesma curiosidade de muitos de conhecer as verdades Cristocêntrica atraves dos seus livros.

continue orando por mim, pois quero ser mais um seguidor do pregador-modelo "JESUS DE NAZARÈ".

att.
Pb. Ranilson

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro "anônimo",

Não tenho nada contra o humor bem feito. Mas me oponho ao humor escarnecedor, ridicularizador, vulgarizador, praticado alhures na blogosfera em parte cristã.

Mas, se você achou o meu texto sem graça, é um direito que lhe assiste. Uns gostam de Charles Chaplin, outros de Casseta & Planeta. Temos de respeitar o gosto pessoal.

Grato pela visita.

CSZ

Renato Vargens disse...

Prezado Pastor Ciro,

A reciproca é verdadeira. Sou admirador do seu trabalho e ministério. Acompanho seu blog com frequência onde tenho lido textos extremamente edificantes.

Um grande abraço,

(vamos combinar um dia para nos encontrarmos, visto que somos moradores da mesma cidade.)

Renato Vargens

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Renato Vargens,

Assim como já comentei em seu ótimo blog, foi-me um imenso prazer ter conhecido o senhor pessoalmente, hoje, no Plaza Shopping, em Niterói-RJ. Sempre li em seu blog que o irmão reside Niterói, assim como eu, e fiquei feliz em poder encontrá-lo e conhecer a sua linda família.

Acompanho seus edificantes textos há muito tempo e acabei de atrelar o seu blog à minha lista de indicações.

Vamos, sim, nos encontrar, se Deus quiser. Afinal, somos vizinhos! Viajo bastante, mas, quando eu estiver em Niterói, num fim de semana, vou entrar em contato com o irmão. Caso esteja aqui (pois o irmão também está sempre viajando), podemos combinar um café, um almoço, um jantar, etc.

Que Deus abençoe grandemente o seu ministério e o torne cada vez mais frutífero, para a glória do Senhor. E boa viagem ao Nordeste!

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Pb. Ranilson,

A paz do Senhor Jesus!

Continuemos a dar o nosso "Grito pela vida da igreja" (título de um livro).

Um grande abraço.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querida Girleide,

Muito boa a sua observação! Desde o livro "Mais Erros que os Pregadores Devem Evitar" o Títere estava contrariado com o que viu naquele "grande congresso". No livro atual, ele já está bem diferente... Risos.

Um grande abraço.

CSZ

Júnior Rubira disse...

A paz do Senhor Pr. Ciro!

Cômica esta Marionete, um retrato fiel de muitos que desprezam o conhecimento bíblico e acabam facilmente manipulados nas garras de pregadores maldosos.

Em Cristo,
Júnior Rubira.

Gilmar disse...

Prezado Pr. Ciro,

O Sr. podeeria, por gentileza, me dizer o significado da expressão "licença poética"?

Sem querer abusar da sua boa vontade, além disso, o Sr. poderia também me dar um exemplo de licença poética presente em uma canção?

Em Cristo,
Gilmar

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Gilmar,

A licença poética existe para que, no caso de uma composição musical, se possa cometer algumas pequenas incongruências, digamos. Na música popular brasileira, são tolerados, por exemplo, erros gramaticais nas composições, creditados à licença poética.

No caso da Harpa Cristã, há um hino que diz: "Não disse eu, há muito já: Pedi, pedi, dar-se-vos-á". No texto bíblico de Mateus 7.7 está escrito apenas: "Pedi, e dar-se-vos-á".

O segundo "pedi", constante do hino, é permitido por licença poética, a qual, é claro, tem limite. Não deve ser usada para disseminação de heresias. No caso citado, não ocorre alteração do texto sagrado. O desdobramento do verbo "pedir" é apenas para haver sincronismo com a música.

Em Cristo,

CSZ

sousa disse...

EU já tenho o livro,"Erros q os adoradores devenm evitar" e tem sido muinto gratificande e abencoador,ñ só este livro como tbm
erros q pregadores deve evitar,tenho aprendido APESAR Q SOU APENAS UM MEMBRO,E REALMENTE
SE PRESTARMOS ATENÇÃO NOS FALATORIOS Q MUINTOS FICA FAZENDO NNAS IGRJAS, VEMOS E OUVIMOS MUINTAS COISAS Q "DEUS"Ñ FALOU E Q
NUNCA A BIBLIA TESTIFICOU E MERA IMAGINAÇÃO DOS"PREGADORES"

Joao Gold disse...

Pastor ciro, a paz do Senhor,

Gostaria que o senhor escrevesse um artigo falando sobre o novo céu e a nova terra.

Contudo, gostaria que o senhor esclarecesse uma coisas:

- Nós iremos morar para sempre no céu, ou, estaremos no céu apenas durante as bodas do cordeiro. Após esta fase desceremos para a terra para o milênio e, após isso, passaremos a morar na nova terra?
- Ainda sobre a nova terra: estaremos morando na terra mencionado, com a novo jerusalém como sede? (BEP)
- Gostaria que o senhor postasse um artigo sobre esse detalhes.


Desde já,
muito obrigado.

Gilmar disse...

Prezado Pr. Ciro,

Em primeiro lugar quero agradecer pela resposta.

E voltando ao assunto "licença poética", quando a letra de uma canção diz: "Quero me apaixonar por Ti outra vez...", sendo que "Ti" se refere a pessoa de Jesus Cristo, muitos criticam, já que não devemos estar apaixonados literalmente pelo nosso Senhor.

Mas, se analisarmos o contexto perceberemos que a cantora queria dizer amar a Deus e não outra coisa.

Isso seria um exemplo de licença poética?

Se ela alterasse a letra da canção e colocasse uma palavra que significasse amor de verdade, talvez a canção perderia em sincronia.

O que o Sr. pensa a respeito?

Grato (mais uma vez),
Gilmar

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão Gilmar,

A licença poética é um recurso que os compositores cristãos podem usar. Mas penso que eles devem também, e principalmente, conhecer as Escrituras, a fim de não exagerarem na poesia, a ponto de torcerem o sentido original da Palavra.

Grato pela visita.

CSZ

Gilmar disse...

Prezado Pr. Ciro,

Mais uma vez obrigado pela resposta, mas, só para não restar nenhuma dúvida, o exemplo que eu citei não se enquadraria em licença poética?

Em Cristo e sem querer abusar da sua boa vontade,
Gilmar

Ciro Sanches Zibordi disse...

Irmão Gilmar,

Sinceramente, não, pois a inspiração bíblica não reside em ideias, e sim em palavras. E eu penso que o verbo "apaixonar-se" não tem o mesmo peso que "amar" ou "adorar", quando relacionados a Deus. E também acho perigoso descrever a nossa comunhão com Deus em termos de relacionamento sentimental, o que hoje em dia faz parte do jargão comercial.

CSZ

FRANKLIN BRAGA disse...

pr. ciro o senhor deve escrever um livro com o titulo as avebturas de titere e marionete, acho que vai ser muito bom.

JORGE MÉLO disse...

Só os salvos em CRISTO, amam os hinos da Harpa Cristã e Cantor Cristão.
Entre tantos outros hinos da harpa cristão que cantamos com alegria e lágrimas nos olhos, deixamos para todos os irmãos em CRISTO os hinos 175 e 91.
Salmo 133.

RECIFE -PE