quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Eu gostei da Biblia de Estudo Dake! (3)


Não vejo muita utilidade em carregar comigo uma Bíblia de estudo. Prefiro tê-la em minha estante, para consultá-la quando necessário. Também nunca gostei de fazer a minha leitura devocional das Escrituras numa Bíblia de estudo. Prefiro ler o texto puro, a fim de descobrir, prazerosamente, com a ajuda do Espírito Santo, os tesouros da Palavra de Deus.

Quais são as utilidades das Bíblias de estudo? Não as considero muito úteis na mão dos pregadores e ensinadores, no púlpito, nem na leitura devocional. Elas são mais úteis nas pesquisas, quando preparamos um sermão, uma aula, ou confeccionamos uma apostila, escrevemos um artigo, um livro, etc.

Um estudioso da Bíblia, ainda que não seja um erudito, pode ter em sua estante várias Bíblias de estudo, como a Pentecostal, a Thompson, a de Aplicação Pessoal, a Shedd, a Almeida, a Scofield e — por que não? — a Bíblia de Estudo Dake.

A minha iniciativa em defender a Dake se dá em razão da sua utilidade, que é infinitamente maior que as suas poucas e tão propaladas incongruências. Estas eu nem preciso destacar aqui, pois alguns exegetas já vêm fazendo isso — uns de maneira coerente, equilibrada; outros (eisegetas), de modo sofrível, supervalorizando questiúnculas que a nada levam, a não ser à confusão.

É evidente que, em meio a uma infinidade de notas, encontrar-se-ão algumas incongruências. Mas deverá o estudioso, em razão das tais, desprezar todo o rico conteúdo da Dake? Ora, ao folhearmos essa obra, estamos diante de um tesouro, com aproximandamente 9.000 títulos informativos, 500.000 (quinhentas mil!) referências cruzadas, em meio a 35.000 notas e comentários. Não é possível que alguém, por mais crítico que seja, prefira ater-se a algumas incongruências, ante tantas informações, em sua maioria úteis!

Na Bíblia de Estudo Dake, palavras importantes, em hebraico e grego, são mencionadas com aplicações e definições traduzidas; vocábulos arcaicos e difíceis são explicados. E, para os pregadores e ensinadores, há mais de 8.000 esboços e 2.000 ilustrações! Vale a pena jogar tudo isso fora por causa de algumas poucas incongruências? Penso que não. Caso contrário, não sobraria nada em nossa estante, a não ser a própria Bíblia Sagrada!

Para quem não sabe, o imperfeito, cheio de falhas — concordo —, Finis Jennings Dake trabalhou durante 100.000 (cem mil!) horas, ao longo de 43 anos, para produzir essa obra. Ele tinha sim, reconheço, algumas ideias pouco ortodoxas, mas não era nenhum aproveitador, mercantilista ou pregador circense. Não! Dake dedicou boa parte de sua imperfeita vida ao estudo da Bíblia. Considero um pecado compará-lo a manipuladores de plateia, milagreiros, aproveitadores, que não dedicam diariamente sequer cinco minutos ao estudo da Palavra.

Diante do exposto, comprove você mesmo, caro leitor. Visite uma loja da CPAD ou uma livraria em que haja uma Bíblia de Estudo Dake e abra-a na primeira página do livro de Gênesis. Antes das notas, abaixo do texto bíblico, há uma introdução ao aludido livro. Observe a preocupação de Dake com os detalhes — não há dúvidas de que ele queria ajudar o estudioso da Bíblia, e não enganá-lo, como alguns têm sugerido de modo injusto.

Data e local: Foi escrito quando o autor era pastor com Jetro, ou no Sinai como uma introdução para a lei – por volta de 1688 a.C.
Autor: Moisés, o legislador e líder de Israel durante o êxodo e a peregrinação no deserto.
Prova da autoria: Para estabelecer a prova da autoria de Gênesis é preciso fazer o mesmo para todo o Pentateuco – os 5 primeiros livros da Bíblia, chamados de A Lei pelos judeus e que formam a base da teocracia hebraica. A palavra Pentateuco significa 5. Os livros atuais foram originalmente um volume dividido em 5 seções. A separação em 5 livros foi feita pelos tradutores alexandrinos da Septuaginta, da qual vieram os atuais nomes dos livros como também a palavra Pentateuco.
16 provas de que Moisés escreveu o Pentateuco
1 Deus ordenou-lhe que escrevesse um livro (Êx 17.14; 34.27).
2 Moisés escreveu um livro (Êx 24.5-7; Nm 33.2; Dt 31.9).
3 Ele chamou seu livro de o livro da aliança (Êx 24.7), o livro desta lei (Dt 28.58,61); e este livro da lei (Dt 29.20-27; 30.10; 31.24-26). Isso inclui todo o Pentateuco, que foi considerado pelos judeus, um livro de 5 partes.
4 Cópias do livro de Moisés eram feitas para os reis (Dt 17.18-20).
5 Deus reconhece o livro da lei como escrito por Moisés, e ordenou que ele fosse a regra de conduta para Josué (Js 1.8; 8.30-35).
6 Josué aceitou o livro da lei como sendo escrito por Moisés e copiou-o em 2 montes (Dt 11.26-32; Js 8.30-35). Ele contribuiu com o livro, escrevendo talvez o último capítulo (Dt 34) sobre a morte de Moisés (Js 24.26).
7 Josué ordenou a todo Israel que obedecessem ao livro da lei de Moisés (Js 23.6).
8 Durante o período dos reis, esse livro era a lei:
(1) Davi o reconheceu (1 Cr 16.40).
(2) Salomão foi encarregado por Davi de mantê-lo (1 Rs 2.3).
(3) Ele foi achado e obedecido por Josias e Israel (2 Rs 22.8–23.25; 2 Cr 34.14–35.18).
(4) Josafá o ensinou a todo o Israel (2 Cr 17.1-9).
(5) Joiada obedeceu a ele (2 Rs 12.2; 2 Cr 23.11,18).
(6) Amazias obedeceu a ele (2 Rs 14.3-6; 2 Cr 25.4).
(7) Ezequias obedeceu a ele (2 Cr 30.1-18).
9 Os profetas referem-se a ele como a lei de Deus escrita por Moisés (Dn 9.11; Ml 4.4).
10 Tanto Esdras como Neemias atribuem o livro da lei a Moisés (Ed 3.2; 6.18; 7.6; Ne 1.7-9; 8.1,14,18; 9.14; 10.28,29; 13.1).
11 Cristo atribui toda a lei – todos os 5 livros do Pentateuco – a Moisés (confira Lc 24.27,44 com Gn 3.15; 12.1-3; Mc 12.26 com Êx 3; e Mc 7.10 com Êx 20.12; 21.17. Veja também Jo 1.17; 5.46; 7.19,23).
12 Os apóstolos atribuíram a lei a Moisés (At 13.39; 15.1,5,21; 28.23).
13 Por mais de 3.500 anos, era consenso entre estudiosos judeus e o povo comum que Moisés escreveu o Pentateuco. Os judeus de todos os tempos da história nunca questionaram isso.
14 Escritores pagãos – Ticitus, Juvenal, Strabo, Longinus, Porfírio, Juliano e outros – concordam sem questionamento que Moisés escreveu o Pentateuco.
15 Líderes religiosos entre os pagãos – Maomé e outros – o atribuem a Moisés.
16 Evidências no próprio livro provam um autor:
(1) O Pentateuco foi escrito por um hebreu que falava a língua hebraica e apreciava os sentimentos dessa nação. Moisés cumpria esse requerimento.
(2) Foi escrito por um hebreu familiarizado com o Egito e a Arábia, seus costumes e cultura. Desde que os ensinos egípcios foram cuidadosamente ocultados para os estrangeiros, e eram somente para os sacerdotes e a família real, Moisés era o único hebreu conhecido que poderia cumprir esse requisito (At 7.22; Hb 11.23-29).
(3) Há uma exata correspondência entre as narrativas e as instituições, mostrando que ambos são do mesmo autor.
(4) A concordância no estilo dos 5 livros prova um único autor.
(5) O próprio Moisés declarou claramente ser ele o escritor desta lei. Veja Êxodo 24.4; Números
33.2; Deuteronômio 31.9,22.
Tema: A criação, a queda e a redenção da raça humana através de Jesus Cristo. Em torno disso, centraliza-se toda a revelação divina e verdade das Escrituras. O livro é a sementeira de toda a Bíblia e é a correta compreensão de cada parte dela. O Gênesis é a fundação sobre a qual toda divina revelação baseia-se e é construída. E não somente isso, mas entra e forma uma parte integrante de toda a revelação. Cada grande doutrina das Escrituras encontra suas raízes em Gênesis em princípio, tipo ou simples revelação.
Propósito: Revelar ao homem a origem do céu e da terra e de todas as demais coisas. Declarar Deus como um Criador pessoal e mostrar que nada evoluiu através de bilhões de anos. Registrar a história da queda do homem e a presença do pecado na terra como uma introdução para sua lei.
Estatísticas: 1º livro da Bíblia; 50 capítulos; 1.533 versos; 38.267 palavras; 1.156 versículos começados com e; 1.385 versos de história; 149 questões; 56 profecias; 123 versículos com profecias cumpridas; 23 versículos com profecias não cumpridas; 16 capítulos curtos; 24 longos; o 16º capítulo tem 16 versos; o 32º capítulo tem 32 versos; 5 capítulos têm 34 versos (...)”

Sabe por que eu gosto da Bíblia de Estudo Dake? Porque ela é útil. E por que o seu autor — a despeito de não ter sido bem-sucedido em todas as suas descobertas, por ser imperfeito — não teve como motivação enganar o povo de Deus.

Julgando tudo segundo a reta justiça e retendo o que é bom, conforme 1 Tessalonicenses 5.21 e João 7.24,

Ciro Sanches Zibordi

16 comentários:

Mateus Souza disse...

Vou adquirir uma, gostei destas notas de introdução, como o Pastor disse, não é coisa de pregação de pulpito mas para preparar estudos parece interessante, se puder publicar algum comentario de versiculos que ela contem ficarei grato.

A paz do Senhor Jesus.

Cidinha disse...

Pastor Ciro,estou super curiosa em estudar a Biblia Dake,essa polemica(tem acento?)toda em torno dela ,me faz sentir um desejo enorme de adquiri-la.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Falso anônimo,

O senhor (não o chamo de senhor por acaso) é bem conhecido deste editor de blog. Mas saiba que Deus também conhece bem as suas obras. E de Deus não se zomba; Ele não se deixa escarnecer. O senhor pode zombar de mim, da CPAD, de seus funcionários, de seus livros, de seu trabalho... Mas o senhor está zombando de Deus.

Deus tem contemplado o tempo que o senhor tem gasto brincando com a imagem das pessoas, de homens piedosos como Antonio Gilberto, que não são perfeitos, mas temem ao Senhor Jesus verdadeiramente.

Aqui neste blog jamais divulgarei os seus pecados feitos naquele blog falso. Infelizmente, em outros lugares há pastores que não têm tido discernimento e divulgado o seu infeliz protesto, caro senhor que foi chamado por Deus, mas agora entrega-se ao Maligno.

Que Deus tenha misericórdia da sua vida, para que o senhor não seja mais um naquela grande Dia (Mt 7.21-23).

Em Cristo,

CSZ

Reginaldo disse...

A Paz do Senhor Pastor,

Tenho uma Bíblia de Estudo Pentecostal e uma Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal, ambas da CPAD. Tenho de outra editora apenas a Bíblia de Estudo Plenitude. Nessa última(acredito que o senhor já saiba)há uma nota de rodapé sobre a passagem onde Saul consulta a Pitonista. O comentário ensina que ali é Deus que traz Samuel para falar com Saul, demonstrando mais uma vez seu grandioso poder e surpreendendo a pitonista.

Acredito que muitos ficaram alarmados em ver a CPAD lançar uma bíblia com algumas notas de rodapé "estranhas" a sã doutrina bíblica porque nas bíblias lançadas anteriormente isso não foi encontrado. Pelo menos eu não encontrei, no máximo algo duvidoso, mas que não fere as principais doutrinas da palavra de Deus.

Em Cristo Jesus, nosso Senhor.

Wanderson Costa disse...

Se fossemos considerar as incongruências da Bíblia Dake, também deveríamos considerar as da Biblia de Scofield, principalmente no comentário sobre a figura do canto do galo quando Pedro negou Jesus: o autor diz que o galo era simbolico (o que discordo pessoalmente).

Ciro Sanches Zibordi disse...

Irmão Reginaldo,

Se algumas notas da Dake são estranhas, isso pode ser melhorado em edições posteriores. A intenção da CPAD, é evidente, foi a de melhorar o texto, com a autorização dos proprietários. Se alguma coisa não ficou boa, haverá novas revisões, a fim de melhorar o trabalho em língua portuguesa. O que não se pode é privar os estudiosos da grande utilidade dessa Bíblia de estudo.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Irmão Wanderson,

Podemos ser críticos (eu sou muito crítico), mas, se formos procurar perfeição em obras humanas, repito o que já disse no artigo: não sobrará nada em nossas bibliotecas, exceto a Bíblia.

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão Mateus Souza,

Aproveite enquanto há tempo! Essa Bíblia de estudo é muito útil para o estudioso da Palavra de Deus. Pretendo sim publicar textos com análises das notas de Dake.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Irmã Cidinha,

Polêmica tem acento (risos), pois é uma proparoxítona, e todas as proparoxítonas são acentuadas.

A polêmica envolvendo a Dake também está bem acentuada... Mas isso realmente gera curiosidade, e a cada dia mais irmãos estão interessados em adquirir a "Bíblia proibida". A irmã verá que, ante a infinidade de auxílio ao estudioso, as poucas incongruências pouco representam.

Em Cristo,

CSZ

Reginaldo disse...

Concordo com o senhor, espero que nas próximas edições, ou não sei de que forma, a CPAD advirta sobre estas notas de rodapé que tantos criticam, porque, querendo ou não, muitos irmãos em suas mensagens utilizarão dessas notas. E o senhor sabe como é difícil convencer alguns das besteiras que falam.

Então, para melhor aproveitamento da igreja é melhor a CPAD mostrar preocupação nesse sentido.

Devemos tomar cuidado para não fazer como a igreja católica no passado, proibir o povo de ter qualquer literatura adversa aos seus propósitos, o que acabou destruindo livros de grande serventia para a humanidade e deixando o povo alienado.

Acredito que vou comprar essa Bíblia de Estudo Dake. Mas vou esperar alguma promoção, pois o preço ainda é salgaaaado.

A paz do Senhor e até a próxima matéria.

Em Cristo.

Reginaldo disse...

Pastor, por que o senhor não publica um artigo sobre o uso da vírgula? Levo uma surra da bendita em meus textos.

Raylson S. Teixeira disse...

A paz do Senhor Pastor Ciro,

Que a Bíblia Dake é uma ótima ferramenta de estudo isso é sem dúvidas, não se pode negar esse fato. Com suas notas e esboços e outras ferramentas, torna-se uma Bíblia interessante.
Mas minha preocupação é essa: Todas as pessoas que compram essa Bíblia de estudo estão sabendo de alguns desvios doutrinários que ela traz?
Todas as pessoas sinceras que compram essa Bíblia estão aptas a reter somente o que é bom?
Eu não tenho nada contra essa Bíblia, pois como falei, é sim uma ótima ferramenta. Minha procupação sincera Pastor Ciro é com as pessoas que adquirem essa Bíblia de Estudo.

Queria saber a sua opinião a respeito de uma coisa:
1) O que o senhor acha da CPAD alertar os compradores sobre os erros doutrinários que contém nas notas dessa Bíblia, ou fazer uma nota de advertência? Pois não são todas as pessoas que estão sabendo, e muito menos são blogueiros atualizados como nós.

Não tenho segundas intenções, mas apenas quero tirar minhas dúvidas, não faça isso virar um artigo eim (risos)

A paz e Abraços

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Raylson,

A paz do Senhor.

A Bíblia de Estudo Dake é uma ótima ferramenta de estudo, como o irmão mesmo admitiu.

Quanto à sua preocupação, ela deve existir para com todos os livros e Bíblias de estudo, pois todos possuem imperfeições, precisando ser submetidos a exame (At 17.11; 1 Ts 5.21).

Por que alguém, principalmente da Assembleia de Deus, não saberá discernir? Por falta de ensino por parte da igreja ou por falta de interesse em aprender do próprio cristão.

Não publiquei o seu comentário anterior como parte de um artigo para expô-lo ou ridicularizá-lo, e sim para partilhar com outros a dificuldade de um jovem desejoso de aprender. O irmão não devia ter ficado preocupado sobre o que vão pensar a seu respeito, pois é honroso alguém querer aprender.

Em Cristo,

CSZ

Miss.Pb.Anderson Ferreira disse...

A Paz do Senhor.Em primeiro lugar gostaria de parabeniza-lo pelo seu trabalho e dizer q o admiro muito.Tenho 4 livros seus e eles tem sido uma bençao pra mim, apesar de nao concordar com tudo que o senhor pensa...A Biblia Dake tem gerado muita polemica, realmente.Adquiri uma no final do ano passado e confesso que encontrei nela algumas heresias grosseiras(se o senhor quiser posso ate citar a quais versiculos se referem os comentarios)mas, tab confesso que ele e uma biblia muito rica.Dake se gastou estudando durante anos e produziu um trabalho fantastico.Suas notas sao de muita valia para os pregadores e leitores da biblia em geral.Apesar do erros doutrinarios, o beneficio e as informaçoes e as defesas que ele faz com relaçao a muitas doutrinas ortodoxas a tornam uma biblia excelente.O Problema e que muitos "blogueiros" acham que devem corroborar com todas as notas de uma biblia de Estudo.Biblia de estudo e pra CONSULTA E COMPARAÇAO.Se os criticos atentassem pra isso com certeza estudarima mais a PALAVRA DE DEUS e Falariam e escreveriam menos.Que Deus te abençoe e continue usando poderosamente.Espero no ano q vem te ver na 18 AGO DA CONFRADECE aqui no ceara.Um abraço.

Delso Carrias disse...

Paz do Senhor.
não sei se esse é o lugar mais gostaria de saber sua opnião a respeito da biblia de estudo A Rocha da editora Candêia (tem assento?)

EU IREI P/ O CAMPO MISSIONÁRIO disse...

Deus seja louvado por explicação tão bem aplicada!É bom que o povo de Deus saiba julgar o que é de fato ruim e o que não é. Primeiro, na verdade, precisamos ter um exemplar da Dake, para depois fazer jus as nossas interpretações pessoais à respeito da mesma. Nós temos uma em casa, assim como temos muitas outras Bíblias de Estudos e nem por isso, desprezamos as demais que muitas das vezes também têm pontos quase que impossíveis de se aceitar, por ocasião de interpretações meramente pessoais. Temos que, acima de tudo amar a Bíblia e buscar no Senhor sua verdadeira vontade escrita na sua Palavra. À Deus toda a glória!