sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Editor de blog opina sobre Encontro de Editores de Blogs Apologéticos


Queridos irmãos, penso que, em alguns casos, o uso do anonimato é válido, a fim de que ninguém se melindre com a opinião de alguém a respeito de um assunto. Não apoio o uso desse expediente em casos de ofensas pessoais, mas, quando alguém quer chamar a atenção para um problema sem que se exponha publicamente, vejo como positiva a sua iniciativa.

Um editor de blog que prefere não se identificar afirmou:

“Fiquei empolgado desde o primeiro momento do anúncio da realização do I Encontro de Editores e Leitores de Blogs Apologéticos, em São Paulo, no mês de março de 2010. Mas preciso ser sincero com todos os irmãos.

O “espírito” prevalecente na blogosfera cristã, no momento, não favorece um encontro pacífico entre editores de blogs. São muitas as trocas de acusações de parte a parte. Postagens e mais postagens são produzidas para atacar outros editores de blogs, como se a blogosfera cristã fosse um ambiente de guerra, de competição, para ver quem é o melhor. É claro que não estou generalizando.

Costumo navegar pela blogosfera cristã e o que vejo me desanima. Editores de blogs — e não apenas internautas comuns — estão se digladiando. Uns fazem isso de modo declarado. Outros se valem da subjetividade, mas o clima de guerra se instalou na blogosfera cristã. Já existe até ameaça de processo entre os editores de blogs! E mais: há blogs satíricos, pelos quais se escarnece de editores de blogs! E o pior: não vejo ninguém se levantando contra isso!

Não quero ser o estragaprazeres — e por isso também prefiro ficar no anonimato —, pois todos estão engajados na realização do I Encontro de Editores e Leitores de Blogs Apologéticos. Mas é preciso, antes de tudo, que desarmemos os nossos “espíritos”, a fim de que o evento sirva, acima de tudo, para a nossa integração. Estamos mesmo dispostos a isso? Se não estivermos, a minha sugestão é de que o evento seja adiado”.

Reflitamos sobre isso, para que o nosso I Encontro de Editores e Leitores de Blogs Apologéticos seja uma bênção para todos nós. Quanto a mim, o pastor Newton Carpintero, meu amigo, principal entusiasta e organizador do evento, sabe que não apenas o apoio, como a minha presença já está confirmada.

Em Cristo,

Ciro Sanches Zibordi

18 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro Pr. Ciro Zibordi,

A Paz do Senhor!

O comentário postado em seu conseituado blog é uma verdade.

O Pr. Newton Carpintero, sabe do meio apoio à sua iniciativa e também já confirmei que estarei presente, porém, quanto a pertinente preocupação, creio que precisamos mesmo, participar com os ânimos desarmados, e elegermos o evento como um lugar de reconciliação e confraternização.
De minha parte, no que estiver ao meu alcance, estrarei colaborando para tanto e mais, todos deveremos já orar para que isso aconteça!

Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Daniel Grubba disse...

Graça e paz.

Não necessariamente o clima precisa ser de absoluta paz para que busquemos soluções aos problemas doutrinários que nos propomos a enfrentar como cristãos comprometidos com a pureza do evangelho. Penso que este problema de relacionamento pode ser mais um problema que estará na pauta do encontro, e que se bem trabalhado, poderá resultar em uma espécie de acordo ético para que, mesmo possuindo opiniões divergentes, possamos lutar juntos pela fé evengélica.

Esta é minha opinião,

Parabéns pelo trabalho que o senhor tem feito.

Abraços,
Daniel Grubba

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor Carlos Roberto,

Em primeiro lugar, é um prazer tê-lo novamente como comentarista neste blog. Estava com saudades!

Estou de pleno acordo com a sua opinião. Precisamos de paz e comunhão fraternal (Hb 13.1; 1 Jo 1.7), antes de tudo.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão Daniel,

Permita-me discordar um pouco do irmão. Precisamos, sim, de um clima de absoluta paz para esse evento, pois isso nos ajudará a buscarmos as soluções necessárias. Penso que esse primeiro evento deveria ser, antes de tudo, para integração e confraternização.

A paz deve ser um prerrequisito para o sucesso do evento.

Em Cristo,

CSZ

Daniel Grubba disse...

Entendo seu preocupação Pr. Ciro e é uma preocupação que não devemos desconsiderar. Mas é como numa família. Iremos nos reunir no Natal apenas se todos estivermos absolutamente em paz uns com os outros? Ou até num bom domingo de culto, se e se tão somente se, não houver problemas entre nós? Bom, seria perfeito se a realidade fosse esta, não há dúvida. Mas por que não usamos as ocasiões dos encontros para nos reconciliarmos? Até quando devemos esperar a absoluta paz para resolver problemas?

Se houver um movimento de reconciliação antes do evento será muito bom, mas tenho minhas dúvidas se as soluções dos problemas tem que necessariamente acontecer num momento de absoluta segurança e paz. Acho que os principais avanços da humanidade nunca aconteceram no estado de absoluta paz, este estado sequer jamais existiu.

Minha opinião, para resumir meu ponto de vista é "se os homens tivessem adiado a busca do conhecimento, da beleza, e acima de tudo da verdade, até estarem em segurança e paz, essa busca jamais teria começado". Jamais faltaram razões plausíveis para se adiarem todas as atividades pertinentes a vida real até que algum problema gritante seja consertado. Entretanto, há muito tempo preferiu-se esquecer estas razões; preferimos o conhecimento, a beleza e a verdade agora, e não esperar o momento apropriado que jamais chega.

Um abraço forte,
Daniel Grubba

centro teocrático disse...

Olá pr Ciro, espero que esteja bem. Gostaria de saber a se alguma possibilidade de fazer-mos uma entrevista com você a respeito do I Encontro dos blogueiros apologéticos. Esta entrevista poderá ser feita por e-mail e tem por objetivo o auto conhecimento e gostariamos também de saber um pouco da visão da igreja evangélica a respeito dos dias de hoje. Aguardo seu retorno. Com amor cristão - CTPB

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Daniel Grubba,

Para não nos estendermos, o que eu proponho é que todos estejamos verdadeiramente em paz, em absoluta paz, para que haja discussões, sim, mas em torno de ideias e assuntos de relevância, e não troca de acusações. Se alguém for para o evento, por exemplo, como eu já li por aí, "para ficar de olho" em fulano de tal (como faziam os fariseus com o Senhor Jesus), não nos reuniremos para bem, e sim para mal.

Em Cristo,

CSZ

Cristiane Carrillo disse...

Paz do Senhor,Pastor Ciro!
Concordo em gênero,número e grau com o texto em questão!
Pena não poder me fazer presente, pelo menos nesse primeiro encontro.

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Nosso prezamdo pr. Ciro Zibordi,

A paz do Senhor!

Permita-me responder ao irmão anônimo e as suas considerações com o meu simples parecer, entre as linhas do seu próprio texto:

COMENTARISTA: “Fiquei empolgado desde o primeiro momento do anúncio da realização do I Encontro de Editores e Leitores de Blogs Apologéticos, em São Paulo, no mês de março de 2010. Mas preciso ser sincero com todos os irmãos.

O “espírito” prevalecente na blogosfera cristã, no momento, não favorece um encontro pacífico entre editores de blogs.

Newton: Anote com cuidado: Este “espírito”, não será em nenhum momento favoravel a um momento pacífico, pelo contrário, será pior em futuro bem próximo. O que significa um encontro pacífico, se as idéias tomam diferentes direções? Existem duas portas: Uma larga e outra estreita.

COMENTARISTA: São muitas as trocas de acusações de parte a parte. Postagens e mais postagens são produzidas para atacar outros editores de blogs, como se a blogosfera cristã fosse um ambiente de guerra, de competição, para ver quem é o melhor. É claro que não estou generalizando.

NEWTON: Não estamos vivendo no paraíso, e sim, estamos na fase da colheita e isto acontecerá a medida que o joio sente-se mais forte. Existem opiniões formadas e a liberdade de opinião. Esta será a maneira "desencontrada" de promovermos este "encontro". É mais viável que a LUZ brilhe mais frente á frente, e que o SAL, seja melhor temperado, frente à frente.

COMENTARISTA: Costumo navegar pela blogosfera cristã e o que vejo me desanima. Editores de blogs — e não apenas internautas comuns — estão se digladiando. Uns fazem isso de modo declarado. Outros se valem da subjetividade, mas o clima de guerra se instalou na blogosfera cristã.

NEWTON: Não desanime! O pior está por vir. E virá! Afinal, isto fará parte dos últimos dias do Final dos Tempos. Não haverá paz, na terra, e sim, haverá guerra. É promessa, a perseguição está à todo o vapor. A internet será o vapor que promoverá este momento.

COMENTARISTA: Já existe até ameaça de processo entre os editores de blogs! E mais: há blogs satíricos, pelos quais se escarnece de editores de blogs! E o pior: não vejo ninguém se levantando contra isso!

NEWTON: Repito, virá tempos piores. Quem viver verá! Seja apenas cauteloso. Vigiar e Orar. nunca desanimar.

COMENTARISTA: Não quero ser o extragaprazeres — e por isso também prefiro ficar no anonimato —, pois todos estão engajados na realização do I Encontro de Editores e Leitores de Blogs Apologéticos.

NEWTON: Nem todos estão engajados neste encontro. Isto é pura fantasia!

COMENTARISTA: Mas é preciso, antes de tudo, que desarmemos os nossos “espíritos”, a fim de que o evento sirva, acima de tudo, para a nossa integração. Estamos mesmo dispostos a isso?

NEWTON:Entenda! Desarmar os “espíritos”, de quem? Sabe o amado que será impossível, este desejo ser realizado? Estamos em luta e o motivo do encontro poderá refrigerar mentes e corações. Se esperarmos este desarme, nunca acontecerá este evento que poderá não acontecer.

COMENTARISTA: Se não estivermos, a minha sugestão é de que o evento seja adiado”.

NEWTON: Repito amado, não aguarde este estado de "ânimo prazeroso", em meio à confusão em que vivemos. Aguarde sim piores momentos.

Se não atingirmos o número de 240 participantes até o dia 18 de janeiro, o evento será cancelado no dia 19. Temos um compromisso com o hotel, e precisamos cumprir esta meta.

O motivo principal será encontrarmos um momento de reflexão e confraternização com muita responsabilidade e em perfeita comunhão com o principal motivo de nossas vidas.

Termino, pr. Ciro, com um grande abraço ao comentarista, sua preocupação e sinceridade, bem como, o desejo de bençãos nas vossas vidas,

pr. Newton Carpintero

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro pastor e amigo Newton Carpintero,

Os pensamentos de Deus são mais altos do que os nossos pensamentos. Ele está no controle de todas as coisas. Façamos a nossa parte, e Ele fará a dEle. "Do homem são as preparações do coração; mas do SENHOR é a resposta da boca" (Pv 16.1).

Que Deus o abençoe, meu amigo! Não desanime. Entregue tudo nas mãos do Senhor. Ele fará o melhor. Medite em Atos 16.1-10.

CSZ

Newton Carpintero, pr. e servo disse...

Nosso prezamado pr. Ciro Zibordi,

A paz do Senhor!

(Não me canso de desejar a paz do Senhor! É tão bom!)

Grato por suas palavras e melhor: saber que tudo, tudo mesmo, está sob o controle do Nosso Senhor!

O Senhor seja contigo meu amigo!

O menor de todos!

ANTONI CARLOS KADLUBOWSKI disse...

GRAÇA E PAZ DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO.

VEJO COMO VALIDO ESSE ENCONTRO POIS MOSTRARA QUE EXISTE AINDA PESSOAS COMPROMISSADAS COM O EVANGELHO, E VISAM DEFENDER A FE CONTRA TODA HERESIA. PENA NAO PODER ESTAR PRESENTE DEVIDO A MEU TRABALHO QUE E POR ESCALA, MAS ESTAREI ORANDO PARA QUE ESSE ENCONTRO SEJA EDIFICANTE E MUITO PROVEITOSO. ABRAÇO .

ANTONI CARLOS KADLUBOWSKI.

Apologeta E.F.O. disse...

Paz do Senhor Jesus, O Apologeta Ressurrecto! Discordo frontalmente deste artigo e vejo na verdade um pragmatismo/relativismo nesta postagem do referido anônimo. O Comentarista menciona que a blogosfera virou um verdadeiro Coliseu e isto é uma "verdadeira mentira!" Não existe, repito, NÃO EXISTE (no grau mencionado pelo anônimo) discordância entre os blogueiros apologéticos cristãos-protestantes! Ele diz que não generaliza, mas acaba generalizando e difamando a irmandade evangélica blogueira. Só há confronto quando nós apologistas encontramos erros nos blogs de muitos "irmãos" que na verdade são os que causam divisões, sensuais, que não têm o Espírito. (Judas 1:19). Esse tipo de divisão é antibíblica! Não é a divisão/espada mencionada por Jesus: Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada; Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra (Mateus 10:34,35). Não se instalou nenhum "clima de guerra" como pronuncia o anônimo, mas sim, batalhamos pela fé que uma vez foi dada aos santos (Judas 1:3). Exortamos as pessoas à que retornem a Deus e à Sua Palavra (Isaías 55:7)! Esse anônimo é a favor de uma pacifismo anticristão. Cristãos não devem "tapar o Sol com a peneira", nem ser cegos, mudos ou surdos, mas sim, instar a tempo e fora de tempo, redarguir, repreender e exortar com toda a longanimidade e doutrina (II Timóteo 4:2). ´
É extremamente necessário antes, exortarmo-nos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de nós se endureça pelo engano do pecado (Hebreus 3:13).

Obs: Fiquei triste com o amado Pr. Newton, pois concordou com este argumento "anônimo-conformista"

Evangelista Eduardo França (Pentecostal ,Fundamentalista e Apologista-Polemista)

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão Eduardo França,

A paz do Senhor!

Agradeço-lhe pelo comentário. Mas creio que o irmão não deve estar devidamente inteirado de todos os embates que se deram na chamada blogosfera cristã, nas últimas semanas, com trocas de acusações e até ameaças.

A apologia sadia sempre é bem-vinda, mas de fato há editores de blog que se valem da "apologia" para caluniar, ridicularizar e ameaçar, em seus levantes revolucionários. Por isso, respeito a opinião do pastor Newton Carpintero, posto que ele próprio, um verdadeiro apologista, tem sido vítima de pseudo-apologistas.

Estou generalizando porque prefiro combater o erro a combater pessoas. Paulo também fez isso, ao discorrer sobre os falsos apóstolos (2 Co 11). Claro que ele, quando necessário, citou nomes (quando necessário). No geral, é melhor mesmo não expor pessoas.

Em Cristo, e desejando sucesso ministerial ao irmão,

CSZ

Apologeta E.F.O. disse...

Amado, mui querido e respeitado Pastor Ciro Sanches! Paz e Graça no Alfa e Ômega! Realmente confesso o desconhecimento de tais embates e muito me entristece que existem alguns que se aproveitam da Apologética Cristã para usá-la como instrumento de juízo e divisão no Corpo DEle e o fazem de maneira condenada pelo próprio Cristo. Nosso dever como apologistas é mostrar a verdade e conduzir o povo ao retorno às Escrituras (II Timóteo 3:16-18; 4:1,2,5) É verdade que até mesmo o "gigante dos gigantes" que foi como um grande apologista referiu-se ao Dr. Norman Geisler confessou ser difícil lidar na área de apologética com as pessoas, visto que somos taxados erroneamente de radicais (isso como se Cristo não fosse), exclusivistas (esse povo deveria conhecer mais o Cristo Bíblico, não acha?), intolerantes, etc. Até mesmo (e porque não dizer) principalmente no nosso meio somos vistos assim! Apologética Externa (contra as seitas) já é extremamente difícil imagine a Interna (contra as heresias proclamadas pelos falsos pastores e [infelizmente] por irmãos que não têm o desejo de aprender a verdade)! Perdoe-me sinceramente pelo erro crasso, pois não tenho o desejo de produzir discórdias, mas o que me deixa irado são essas investidas de pessoas desconhecedoras da Apologética Cristã em taxá-la como ferramenta desnecessária à unidade da fé e ao conhecimento do Filho de Deus (Filipenses 4:13). Humildemente reconhecemos (e creio que falo por todos os apologistas cristãos) que "em parte, conhecemos, e em parte profetizamos" mas sabemos que "quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado." (I Co 13:9,10)

NO DETENTOR DA VERDADE INERRANTE,

Evangelista Eduardo França (Pentecostal, Fundamentalista e Apologista-Polemista)

Ciro Sanches Zibordi disse...

Querido irmão Eduardo França,

A paz do Senhor!

Agradeço-lhe pelos valiosos esclarecimentos, todos à luz das Escrituras.

Não é preciso pedir perdão. Mas Deus preparará um verdadeiramente Encontro de Editores de Blogs Apologéticos e, se Deus quiser, estaremos glorificando a Deus juntos.

Em Cristo,

CSZ

joelantiqueira disse...

Jeremias
23:23 Porventura sou eu Deus de perto, diz o SENHOR, e não também Deus de longe?
VEJAMOS A MUSICA O DEUS DE PERTO E NÃO DE LONGE E OS IDOLOS QUE JEREMIS EXORTAVA O POVO DE ISRAEL VEJA UNS VERSSO ACIMA PORQUE ELE DISSE QUE O NOSSO DEUS E DE PERTO E DE LONGE O AUTOR DESTA MUSICA NÃO LEM A BIBLIA

Família: meu maior patrimônio! disse...

Quando tiver algum desse encontro aqui no RJ... tô dentro!

Mateus 12:30
"Quem não é comigo é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha".

Att: Pb. Marcello