quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Uma palavra sobre futebol e usos e costumes


Muitos leitores me perguntam se o cristão pode jogar futebol, assistir a jogos, usar a camisa do time de coração, etc. Além disso, querem saber se o uso de adornos, como joias, brinco, pulseiras, piercing, etc., são prejudiciais à vida cristã.

Questões consuetudinárias, ligadas a usos, costumes e práticas, são muito complexas e geram longas discussões. Mas não podemos ignorá-las nem chamar de legalistas os líderes e pregadores que se preocupam com elas. Afinal, a Bíblia trata do assunto, em várias passagens (1 Co 15.33; 2 Ts 2.15; 3.6, etc.).

Quem pensa que Deus não se importa com usos e costumes deveria ler Isaías 3.16-26, texto que começa assim: “Diz ainda mais o Senhor”. Note: quem diz é o Senhor! Além disso, é preciso considerar o fato de que somos, em tudo, ornamento da doutrina de Deus (Tt 2.10). Ou seja, o porte cristão é uma forma de expressão do caráter cristão, através do testemunho, do comportamento, da compostura e da postura, o que pode confirmar ou comprometer a sã doutrina, a ética cristã e a moral evangélica.

Eu reconheço que há abusos no campo consuetudinário. Mas ignorar os bons usos e costumes — que decorrem da observância da sã doutrina — por causa de exemplos extremados também é ser extremista. Afinal, o Senhor Jesus nos salvou para as boas obras, nas quais devemos andar (Ef 2.8-10). E a salvação plena implica ser diferente do mundo, por dentro e por fora. A santificação é um processo que começa no espírito, mas atinge a alma e o corpo (1 Ts 5.23).

FUTEBOL

É pecado jogar futebol, assistir a jogos e torcer por um clube? A Palavra de Deus diz alguma coisa a respeito disso, especificamente? Não. Eventualmente, se nos é lícito o divertimento — e é claro que é —, podemos, em férias ou em alguns momentos de lazer, jogar futebol com a família e os amigos. Podemos, ainda, eventualmente, assistir a uma programação futebolística na TV.

Onde reside o problema? Em 1 Coríntios 6.12, está escrito que há coisas lícitas — que não são, em si mesmas, pecaminosas — que podem se tornar dominadoras e inconvenientes. É o caso do futebol. Se torcermos por um time, a ponto de ficarmos tristes, angustiados, quando ele perde, e alegres, eufóricos, quando ganha, estamos nos deixando dominar. Não podemos nos esquecer de que a Palavra de Deus nos manda deixar o pecado, mas também o embaraço (Hb 12.1).

É pecado usar a camiseta de um time de futebol? A rigor, não. Mas não podemos nos esquecer, também, de que a Palavra de Deus nos manda deixar o pecado e o que parece pecado (1 Ts 5.22). Outro fator a ser considerado, em nossos dias, é a segurança. Em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, por exemplo, usar a camiseta de um time é perigoso, podendo provocar a ira de torcedores adversários.

Crentes podem se reunir para assistir a uma partida de futebol? Bem, se quisermos fazer isso, em nossa casa, é lícito. Mas a pergunta é: Convém? O tempo dedicado à partida de futebol não fará falta depois? Lembremo-nos de que o tempo não volta. Por isso, a Palavra de Deus assevera: “vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo; porquanto os dias são maus” (Ef 5.15,16).

A questão não é a pecaminosidade dos atos de jogar futebol ou de assistir a um jogo, em si. Na verdade, o cristão deve ter maturidade, equilíbrio, a fim de saber o que é prioritário. O entretenimento não é vedado a nós. Mas não deve ocupar o primeiro lugar em nossa vida nem atrapalhar o que é realmente prioritário, como a nossa comunhão com Deus, o bom relacionamento familiar e o ministério que nos foi confiado pelo Senhor.

USOS E COSTUMES

Falemos agora a respeito de adornos. Devem os cristãos aceitar todo e qualquer modismo imposto pelo mundo? Não. Onde a sã doutrina é exposta, é natural que surjam costumes que diferenciem o povo de Deus das pessoas mundanas. Na Bíblia não está escrito: “Dobrarás o teu joelho e orarás ao Senhor, quando entrares em sua Casa”, porém a Assembleia de Deus tem esse bom costume.

Precisamos ter equilíbrio e refletir à luz dos princípios contidos na Palavra de Deus. Estes são atemporais e nos ajudam a discernir entre o lícito e o ilícito, o conveniente e o inconveniente, etc. (Is 5.20; Hb 5.12-14). De acordo com a Bíblia, todas as coisas são lícitas, mas entre estas há coisas impuras, desonestas, que não edificam, que dominam, que não conveem, que não glorificam a Deus, etc. (1 Co 6.12; 10.23,31; Fp 4.8).

Reconheço que não há, no Novo Testamento, especificidades quanto ao modo de nos vestirmos. Não está escrito: “As mulheres devem usar saia ou vestido compridos”. Mas a Palavra de Deus assevera que o traje deve ser honesto, com pudor e modéstia (1 Tm 2.9).

O que é um traje honesto? Literalmente, decoroso, sóbrio, equilibrado. E traje com pudor? Com decência, recato, reserva. E com modéstia? Com simplicidade, bom gosto, sem exagero, sem extravagância, sem escândalo.

Há pudor, decência, em uma minissaia, por exemplo? Muitas mulheres responderão que sim. Mas não há dúvidas de que as pernas femininas — em quase todas as culturas e na maioria das vezes em que são exibidas — chamam a atenção dos homens, podendo estimulá-los sexualmente ou, pelo menos, tirar-lhes a concentração.

É preciso ter equilíbrio, repito. A opção “liberar geral” não é a melhor. Por quê? Porque o que vem do mundo pecaminoso, sem Deus, não pode nem deve ser o nosso padrão. Se as pessoas do mundo se tatuam e usam piercing, devemos acompanhar essa moda? Por que os costumes mundanos devem prevalecer sobre os costumes de uma denominação evangélica?

Para o mundo, o padrão de beleza para a mulher gira em torno de sensualidade (estou citando a mulher como exemplo porque o contingente feminino é muito maior que o masculino; além disso, na mulher é praticamente ilimitada a variedade e quantidade de adornos). Para uma mulher ser bonita, no mundo, precisa ser sexy. Isso vale para uma serva de Deus?

Não sou contra a mulher se produzir, mas adornar-se exageradamente, sem pudor e modéstia, significa opor-se à Palavra de Deus. Reconheço que certas passagens do Novo Testamento precisam ser analisadas à luz de seu contexto histórico-cultural. Os penteados mencionadas em 1 Timóteo 2.9 e 1 Pedro 3.9, por exemplo, nada têm que ver com os penteados usados nos dias de hoje.

Mesmo assim, repito: precisamos de equilíbrio. E o crente equilibrado não se traja segundo o mundo, e sim de acordo com a sua consciência cristã, formada a partir do conhecimento da sã doutrina. A respeito disso, sugiro que o leitor estude 1 Coríntios 8 e 10, além de Romanos 14.

A despeito de o Novo Testamento não fixar moda alguma para o cristão, esse assunto está embutido na doutrina bíblica. As Escrituras não priorizam costumes — prioritária é a doutrina. Mas elas tratam dos princípios normatizadores e dos limites do porte. Não há dúvidas de que a observância da sã doutrina faz com que bons costumes surjam em nosso meio.

E quanto aos maus costumes, como surgem? Tradições, cultura, folclore, religiosidade, crendice popular, individualismo, estrangeirismo, fanatismo, fatores climáticos, econômicos e políticos, meio ambiente mundano, decadente, degenerado, pecaminoso, más companhias (1 Co 15.33), etc. Não nos esqueçamos, entretanto, de que a Palavra de Deus está acima de tudo isso e deve controlar todo o nosso viver (Sl 119.105).

Em Cristo,

Ciro Sanches Zibordi

59 comentários:

a verdade do evangelho disse...

Amado Pr. Ciro parabéns pelo esclarecimento exposto neste artigo.
Só não concordo em usar Is. 3:16 a 26 como base para a proíbição de adornos.
Creio que você como interprete das Escrituras deve saber que esse texto de Isaías não remete aos dias atuais, mas trata-se do costumes das mulheres de Israel de procurarem tais adornos para atrair os maridos de outras mulheres.

Pb. Edinei, Th.B

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Pb. Edinei, Th.B.,

Agradeço-lhe pela participação. Mas leia o texto novamente, devagar, com maior atenção, pois eu não disse que o texto de Isaías 3 se aplica aos dias de hoje. Eu disse, ao citá-lo, que Deus atenta para questões consuetudinárias. Atentou para elas no passado. E faz o mesmo hoje, com certeza.

Em Cristo,

CSZ

Jéssica Queiroz disse...

Muito interessante...
Na minha opnião não tem nada haver..
Mais cada um com sua doutrina e seu costume!! temos que repeita-las.

Abraço Amigo..

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezada Jéssica,

Não entendi o que a irmã quis dizer com "Muito interessante", seguido de "não tem nada a ver".

A sã doutrina, isto é, a Palavra de Deus exposta, ensinada, deveria ser a mesma para todas as igrejas. Os costumes variam, de acordo com alguns fatores, mas são também importantes. Não podemos ignorar esse assunto.

Se a irmã desejar ser um pouco mais clara, sinta-se à vontade para fazer isso.

Um abraço. Grato pela participação.

CSZ

Elaine Cândida disse...

Alguém sabiamente já disse: "Usos e costumes não fazem uma boa doutrina, mas a boa doutrina faz bons usos e costumes."

A Bíblia tem excelência!

Obrigada por mais este precioso esclarecimento à luz da Palavra de Deus.

Paz de Cristo, nossa fonte maior de entendimento.

rodrigo disse...

Muito interessante essa abordagem, a igreja realmente não pode e não deve ficar sem os bons costumes.Agradeço a Deus pela sua vida pastor Ciro porque o senhor tem despertado o povo de Deus, Jesus está voltando e parece que o povo de Deus está dormindo.Fique com a paz.

Irmão Daniel Menezes disse...

A Paz de Cristo pastor Ciro.

Gosto muito da forma que o irmão se expressa. Tenho todos os seus livros e me sinto muito edificado pelo conteúdo.

Eu dou estudo bíblico e gostaria de pedir autorização para copiar esse texto e distribui-lo para os irmãos. Minha igreja tem muito disso (IPDA).

Prometo citar a fonte caso você autorize.
Deus o abençoe.

Cristiane Carrillo disse...

Paz do Senhor,pastor Ciro!
Ótimo texto e concordo planamente com o senhor, e principalmente por estar respaudado na palavra.
Lendo esse texto me recordei do dia que disse a uma pessoa muito próxima a mim que eu gostaria muito de algum dia assistir a uma partida de futebol num estádio (Flamengo)...rsrs
A pessoa ficou "escandalizada".
Grande abraço na paz do Senhor!

jorge mélo disse...

Resumindo para quem não entendeu:
" Que tudo seja feito com ordem e decencia"
DEUS continue abençoando o Pr. Ciro e família.

Recife - Pe.

Fabio disse...

Sorocaba, SP.
Muito, muito bom mesmo este esclarecimento.
Parabéns.

Hélio disse...

Ainda ontem estava estudando sobre o legalismo e liberdade cristã, pela tarde assisti a uma pregação de um telemissionario que atacou sem medir palavras igrejas que conservam bons costumes, a noite li um texto sobre legalismo quando minha mãe perguntou o que significava esse termo, a medida que eu tentatva explicar isso a ela me embraçava, pois entramos na questão do uso de brincos e adornos pelas mulheres, um dia depois disso abri esse artigo e encontrei uma linda resposta com respaldo biblico sobre o tema, mostrei o artigo a minha mae e toda aquela dificuldade cheia de duvidas foram dissipadas pela exposição sadia da PALAVRA DE DEUS

DEUS abençõe a todos...

Luis Alberto disse...

Parabéns Pr Ciro pela excelente abordagem de um assunto tão polêmico em nosso dias.
Como crentes Assembleianos devemos conservar nossa identidade.

Em Cristo

Pb Luis Alberto
Roseira SP

Cidinha disse...

Pastor Ciro ,esse texto veio na hora certa ,pois estou tento um sério problema com uma jovem da igreja em que frequento,essa jovem insiste em vir com uma saia acima do joelho(a tal moda saia secretária) isso virou febre entre as irmãs mais novas,mas no caso dessa moça ela tem as pernas muito roliças,e quando ela senta a sai sobe ,ela senta na primeira fileira da orquestra,que fica de frente com o coral ,agora eu pergunto,será que os irmãos vão estar pensando nas maravilhas do céu olhando aquela moça?já conversamos com ela ,mas não tem jeito (a mãe apoia) agora vou mostrar essas passagens na bíblia citadas aqui ,vamos vêr se ela aceita a correção.

Anônimo disse...

Prezado Prº Ciro Sanches Zibordi
A paz do Senhor Jesus Cristo

Parabéns pela clareza na abordagem de assuntos tão importantes para a nação evangélica.
Com certeza produzirá frutos de arrependimento em muitas vidas e desfará alguns nós que se fizeram.

Obs: Qualquer cidadão quando chega à uma cidade ou nação diferente da sua, tem como premissa básica conhecer a fala, costumes, gosto, etc. Se concordar em ficar, deverá respeitar e andar conforme as regras.
Curioso é saber e perceber que muitos de nós entramos na nação evangélica e queremos impor novas regras, costumes "coisas que perecem pelo uso" e por incrível que pareça até novas doutrinas. Isto é um desrespeito as Sagradas Letras. O que está posto pela Palavra de Deus é inegociável.
A igreja que vai subir é diferente. Ela ama a Palavra e o Deus da Palavra. Se deixa subjulgar por Ela."Lâmpada para os meus pés é a tua Palavra e luz para o meu caminho= Sl 119:105"
Os homens amam mais as trevas do que a luz.

Prº Ciro: Continue sendo instrumento bem afinado na defesa da fé.

Fraternalmente em Cristo Jesus
José Roberto Santana.
Um remanescente lutando para ser achado fiel no grande dia.

AD. Min. Cubatão -SP

Dini disse...

Graça e paz pastor Ciro, Acompanho seu trabalho à distância e, das vezes em que o senhor esteve em minha cidade [São Luís-MA] não foi possível estar presente. Atualmente estou lendo "O evangelho que Paulo jamais pregaria" e estou recomendado a meus amigos.
Sobre este assunto, acho salutar discuti-lo nos dias de hoje, pois vejo que a postura contianua sendo: melhor proibir do que ensinar. Muitas irmãs vão a extremos como deixar de cuidar até mesmo da higiene pessoal por medo de estar sendo vaidosa.
Vaidade também é se achar mais santo que o outro por estar vestindo uma saia comprida. A nossa identidade não é estabelecida pela denominação a qual pertencemos, mas por sermos servos do Senhor Jesus, salvos por seu sacrifício. No mais, entendo que ao tratar de usos e costumes é impostante ter EQUILÍBRIO.

Um grande abraço pastor Ciro.

Renato Santiago disse...

Paz do Sr. Jesus pr. Ciro;
Belo artigo, mais uma vez objetivo e equilibrado, como é de costume. Esse tema do futebol é interessante, visto que é uma área aparentemente inofensiva e que por isso acaba sendo mais dificil para muitas pessoas largarem o "fanatismo". Torço para um time aqui de BH, vou ao estádio com meu filho umas duas vezes por ano, mas não permito me dominar por isso, como o sr. bem disse, não me empolgo com a vitória e não me estresso com a derrota, esse princípio de que Deus é a prioridade e a Ele devemos dar nosso coraçao, tem sido ensinado a meus filhos, para que creçam amando o Sr. Deus em primeiro lugar, e deixando outras coisas em segundo plano. Infelizmente, ainda há algum fanatismo no meio da igreja, o que acaba se tornando idolatria.
Concluindo, concordo com tudo que o sr expôs e assino embaixo.
Um abraço, em Cristo Jesus
Renato Santiago

Monica disse...

A paz do Senhor!
Pastor Ciro, eu lamento sinceramente quando alguns pastores ou até mesmo seus auxiliares em suas pregações colocam os usos e costumes em pé de igualdade a santa palavra de Deus. E sempre as mulheres são os alvos das chamadas vaidades,mas nunca, nunca mesmo se fala sobre a vaidade dos homens dentro da igreja. Sem falar daqueles que quando é feito este tipo de discurso(não dá para chamar de pregação), tem sempre alguém que exclama:-fala mesmo Jesus!
Eu creio que quando a pessoa entrega sua vida a Jesus, e vive de acordo com a palavra de Deus, logo e Espírito Santo lhe ajuda em todas as coisas inclusive no modo de se trajar e se comportar, mesmo porque agora ele é uma nova criatura. Não faz muito tempo que eu me converti, mas aprendi uma coisa e guardo até hoje. Um servo de Deus disse assim em uma pregação: -jovem quando você se arrumar para sair, seja qualquer onde você for lembre-se de você está andando com Jesus, Ele é Santo, não o deixe constrangido com seu modo de vestir ou de se comportar. É claro que eu sei que Jesus não se constrange com isso, mas se entristece, e eu como o amo procuro o agradar.
Pastor Ciro , Deus te abençõe e continue te usando para nos ajudar.

a verdade do evangelho disse...

Amado Pr. Ciro ao ler o seu artigo sobre futebol um pensamento me veio á mente.
Você deve estar lembrado que na década de 90 o jornal Mensageiro da Paz (Orgão oficial das Assembléias de Deus)trazia matérias relacionadas ao uso de TV pelos crentes. Era grande a discordância entre os Pastores naquela época, pois uns diziam que era pecado assistir TV (inclusive um Pastor chegou a dizer que teve uma revelação que o cristão não podia ter TV)enquanto outros não condenavam o seu uso.
Todos os meses eu adquiria o MP para ler as matérias sobre TV.
Hoje como todos sabem quase 95% dos Pastores possuem TV e muitos desejam adquirir um canal mesmo que para isso gastem uma fortuna (angariada com os dízimos e fertas dos irmãos que outrora ouviram muitas mensagens proibitivas acerca da TV).
Veja só o que os "bons costumes" fazem com os crentes.
Com isso não quero dizer que sou liberal (antinomiano)mas que prefiro interpretar a Bíblia com cautela para não destruir aquele por quem Cristo morreu.
Textos como: Dt.22:5; Is.3:16 26 e Ml.3:10 por muito tempo e ainda hoje são usados para proibir o uso de calça comprida para mulheres, o uso de adorno e a cobrança de dízimos.
Mas pergunto: porque não observam Dt.22:11 que proibe usar dois tipos de tecidos, se querrem usar o AT para apoia esses tais de bons costumes em nome dos quais muitos crentes foram excluídos.
É engraçado ver que o que era proibido antes, hoje é permitido. porque? porque eram doutrinas de homens, homens zelosos mas sem entendimento.
É como disse o Dr. Antonio Gilberto:
Os costumes são locais e passageiros, mas adoutrina é universal e permanente.
Tolerar o futebol nem pensar naquela época, porém hoje (graças a Deus podemos ler artigos como este seu esclarecedor e sem legalismo).

Pb. Edinei Siqueira, Th.B

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Pb. Edinei Siqueira, Th.B,

É inegável que existam exageros no campo dos usos e costumes, mas quem ama a sã doutrina sabe que dela decorrem BONS COSTUMES, os quais devem ser preservados. Os costumes que não se sustentam, com o passar do tempo, são produtos de exagero e falta de esclarecimento, e não decorrentes do ensino sistemático da Palavra de Deus.

Mesmo os BONS COSTUMES não podem ser equiparados à Palavra de Deus, é claro, porém são importantes e necessários para a Igreja. Devemos PRIORIZAR a sã doutrina (a Palavra de Deus devidamente compendiada e ensinada), mas não podemos deixar de VALORIZAR os bons costumes.

Os exemplos citados pelo irmão são casos de farisaísmo. Porém, outro erro é "liberar geral", afirmando que não precisamos ter bons costumes. Lembremo-nos de que o liberalismo, em sentido amplo, não se restringe aos âmbitos teológico e eclesiástico. Ele também abarca o campo dos usos e costumes (liberalismo consuetudinário).

A título de exemplo, há um famosíssimo telepregador que começou pelo "inofensivo" (para muitos) liberalismo consuetudinário. Mas, depois, evoluiu para o liberalismo eclesiástico. E, agora, mergulhou de cabeça no liberalismo teológico, fazendo parcerias com os principais "mestres" da falaciosa Teologia da Prosperidade, como Morris Cerullo (que já foi ortodoxo) e Frederick Price.

Em Cristo,

CSZ

a verdade do evangelho disse...

Obrigado Pr. Ciro você é um homem de mente aberta. Oxalá a igreja no Brasil tivesse pelo menos mil (1000) Ciro Zibordi. Já pensou no estrago que iriam fazer na seara dos filisteus? (risos)
Oro para que este famosissímo telepregador (o $ila$ M.) nunca chegue á presidência da nossa querida AD.
Abraços!

Pb. Edinei, Th.B

PAULO HENRIQUE disse...

Pastor,gostaria que o senhor expliacasse essa passagem,pois muitos usam para se defender:

1 Co9
20 E fiz-me como judeu para os judeus, para ganhar os judeus; para os que estão debaixo da lei, como se estivesse debaixo da lei, para ganhar os que estão debaixo da lei.
21 Para os que estão sem lei, como se estivesse sem lei (não estando sem lei para com Deus, mas debaixo da lei de Cristo), para ganhar os que estão sem lei.
22 Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns.



Eu,sinceramente,tenho muitas dúvidas a respeito desse assunto de usos e costumes.

Anônimo disse...

A Paz do Senhor!!!
Irmão o texto esclareceu bem algumas questões. Mas Algo que eu sempre tenho em mente é que devido muitas coisas que o povo de Deus está fazendo, o evangelho se encontra nessas vergonha que está. Quase tudo hoje é permitido, e quanto mais libera mais o povo quer. Começa com uma coisinha, dali a pouco já tem outra e assim vai. Porque se´ra que o amor de muita gente se esfriou? Porque será que essas igrejas neopentecostais cresceram? Tudo devido a tamanha liberação que está na igreja. Alguns pastores,só para terem a igreja cheia, deixa mtdo permitido. Hj dizem que pra ganhar os jogadores tem que fazer o que els fazem, será que para ganahr os traficantes para Jeuss, devemos fazer o que els fazem? Cadê o poder do espirito santo que convençe o pecador??? O evangelho está vivendo um momento que pra muitos é uma maravilha, mas para quem é fiel a dEus. esse momento num passa de uma vergonha!!! Caso o Pr não concorde com alguma coisa que escrevi , pode me falar , meu e-mail é tiagowe@bol.com

Anônimo disse...

A paz do Senhor, Pr. Ciro

Realmente um artigo muito esclarecedor. Senti falta de um esclarecimento relacionado ao cabelo das mulheres, que tem sido outro ponto polêmico.

Abraços
José Martins

a verdade do evangelho disse...

Bíblia, Bíblia, Bíblia, muita Bíblia mesmo, para dirimir as dúvidas do povo de Deus.
Escola Bíblica dominical; Ensino em um dia específico; Seminários sobre as doutrinas centrais da fé cristã e comportamento do crente; menos festividades; menos show; menos estrelismo; menos culto á personalidade; mais oração; mais jejum; mais humildade; menos politicagem; mais leitura Bíblica e mais espaço para os verdadeiros Mestres chamados e capacitados por Deus. Eis o que julgo ser o remédio para esta igreja enferma.

Pb. Edinei,Th.B

a verdade do evangelho disse...

Pr. Ciro ultimamente o mundo acadêmico tem desferido um forte ataque ao cristianismo, através de palestras, filmes e livros produzidos por céticos, agnósticos, críticos e teólogos liberais.
Homens como: Sam Harris; Dan Brown; Cristopher Ratchiens; Peter Atkins; Jonh Dominique Crossan; Michael Shermer; Richard Dawkins; Daniel Dennet; Stephen Jay Gold; Bart D. Ehrman e outros tem empregado tempo e esforço para "provar" que a religião (principalmente o cristianismo)não faz sentido.
O teólogo Bart Ehrman que se diz ex-cristão e agora agnóstico tem escrito livros polêmicos como: O que Jesus disse? O que Jesus não disse? - neste livro ele procura desacreditar a inerrância da Bíblia.
O seu mais novo livro em português é a obra: O problema com Deus - neste livro ele confessa que não entender como um Deus todo-poderoso e amor permite o sofrimento foi uma das causas que o fez abandonar o cristianismo.
Sei que muiutos cristãos ficam confusos ao ler os argumentos de Ehrman, por isso sugiro que o amado Pastor publicasse um artigo no seu blog e no MP refutando os erros de Ehrman.

Pb. Edinei Siqueira, Th. B

PC ADJEQUIÉ disse...

Como sempre ocorre em suas postagens, esta não foi diferente: bastante esclarecedora e imparcial, baseando-se no livro sagrado. Esse está entre os meu favoritos. É sempre bom dá uma olhadinha para sanar dúvidas e/ou obter respostas. Concordo com o que foi posto, sem dúvida, na vida cristã devemos prezar sempre o equilíbrio.

Paulo

Fernando disse...

Olá, Pr Ciro Sanches!
A Paz do Senhor Jesus Cristo, nosso Eterno Senhor e Salvador.

Estimado Pr. Ciro,

Acredito no seu ministério, pois quem lhe poder para pregar o evangelho foi Aquele que morreu na cruz do Calvário, Jesus Cristo de Nazaré.

Agradeço ao Senhor Deus por sua vida, pois através de textos e mensagens o senhor tem mostrado uma dedicação muito grande às Santas Escrituras.

A Assembleia de Deus nasceu conservadora e deve permanecer conservadora.

Nestes últimos dias, temos visto um ataque muito grande à Assembleia de Deus, a verdadeira. Supostos pastores(pastores?) que outrora defendiam os nossos bons costumes, hoje, pregam tudo ao contrário.
Hoje em dia, tem muitas pessoas que reverenciam mais ao homem do que ao Criador, que digno de toda Honra, e toda a glória e reverência. Amém!

Há crentes (crentes?) que não tem o mínimo de decência quando vão para o templo. existem muitos que vão para o culto de bermuda, camiseta,
mulheres mostrando "barriguinhas", e por aí a fora.
Agora, eu quero ver esses comparecerem diante de um juiz, no Fórum de Justiça, para ver se serão atendidos desta maneira.

E por que, que diante do Juiz dos juizes as pessoas querem se apresentar de qualquer maneira?

Deus, em Cristo, o seu Santo Filho, te abençoe.

Em Cristo,

Fernando da Conceição.
Assembleia de Deus
Rio das Ostras-RJ

Pr. Auriberto Feitosa disse...

Caro Pr. Ciro, a paz do Senhor!

Como pastor de igreja de uma denominação quase centenária como a nossa Assembleia de Deus, sinto-me muito pressionado a abrir mão de alguns usos e costumes que esposamos ao longo desses anos. É claro que sou consciente que há usos e costumes temporais, que com o passar do tempo caem em desuso, e que ficariam até ridículo conservá-los. Mas a honestidade, o pudor e a modéstia nunca ficarão ultrapassados e eu tenho lutado para que permaneçam na igreja onde Deus me permitiu pastorear.
Tenho procurado sempre o equilíbrio, sem os exageros, mas buscando manter-me dentro dos padrões que creio que sejam bíblicos.
Obrigado pela sua abordagem, deu-me mais força e certeza de que estou no caminho certo.
Um grande abraço.

Weslei Rocha disse...

Muito interessante o assunto da postagem

Janilson Bezerra disse...

Caro Pr. Ciro, a paz do Senhor

Mais uma vez volto ao seu blog para agradecer a Deus pela sua vida.
O seu comprometimento com a palavra e que o torna diferente de muitos outros blogueiros, que usam os seu espaços em ataques pessoais, sem a preocupaçao em levar ao povo de Deus o que de fato a biblia fala.
Estes esclarecimentos sao necessarios visto que nossa Assembleia de Deus, assim como muitas denominaçoes evangelicas, tem sido invadida por modismos que nos descaracterizam como cristaos que somos.
Obrigado pela serenidade e pela preocupaçao em levar alimento sadio ao povo cristao.

Abraço fraternal, em Cristo.

Janilson Bezerra
Natal/RN

emonicle disse...

Caro Pastor Ciro, a Paz do
Senhor

Concordo que tem que haver um equilibrio, as coisas que nos são dadas como entretenimento não poderão ocupar o nosso coração. O nosso coração tem que estar cheio das coisas do Senhor.Meu negócio não é futebol aliás não entendo nada do mesmo, mas gosto muito de televisão e net e tenho orado para que isto não venha tomar lugar maior do que as coisas de Deus.
abraço.

Ivan disse...

A paz..

infelizmente quando começamos a comentar esse tipo de assunto hoje em nossos dias como usos e costumes, existem muitas opnioes a respeito e ninguem prefere seguir de fato o que a palavra de Deus nos diz...alias é mais facil aceitarmos apenas a parte que nos interessa na biblia, a parte que vai de encontro com nossa paixoes, desejos, NOSSAS REGRAS ai! ché deixa pra lá...
(me perdoem falar mais nossa igreja nao segurara por muito mais tempo os usos e costumes).

bom mais a respeito do futebol eu estou passando por um pequeno problema..pois reluto em nao assistir, sei e digo com todas as letras nao é pecado, mais isso tem me acarretado alguns males, por ex: tenho muitas coisas pra estudar e perco meu tempo ( 90 minutos, mais acrescimos e intervalos pra ser preciso) assistindo a algo que nao me traz nada de bom, quando vou tentar falar algo sobre novelas lá vem a frase na minha mente "QUE MORAL VOCE TEM, VOCE ASSISTI A FUTEBOL" , querendo ou nao já confessei ao Senhor que sou mesmo fanatico, pois fico triste quando meu time perde e principalemte quando alguem "zoa" com ele, fico euforico quando ele vence mais nao saio dizendo as pessoas, pois zelo pelo meu testemunho, e sei que onde vivo se EU disser pra que time torço vou perder a moral entre meu irmaos.
quando dobro meu joelhos pra orar, nao é a mesma coisa do que no dia que nao assisti a um jogo. (repito, nao considero isso pecado,e estou dizendo que isso acontece comigo) sei lá, o Pr. tem algum conselho a dar??

Lucas Marin disse...

A Paz do Senhor!

Tomei a liberdade de republicar a sua matéria me meu blog;
Mas se for-lhe incômodo de aloguma forma é só me comunicar;

Eu estava lendo o tão famoso texto de Eclesiastes 7.16 e 17:

"Não sejas demasiadamente justo, nem demasiadamente sábio; por que te destruirias a ti mesmo?
Não sejas demasiadamente ímpio, nem sejas louco; por que morrerias fora de teu tempo?
"

Mas nínguém se lembra da consideração mais importante do que estas, feita por Salomão no versículo seguinte, 18:

"Bom é que retenhas isso e também disso não retires a tua mão; porque quem teme a Deus escapa de tudo isso."

Atentemos para a Palavra do Senhor e a tenhamos em integridade nos nossos corações e em todo o nosso viver!

Anônimo disse...

Danielzinho comenta.

A paz do Meigo e Bondoso Cristo.

Amado irmão Ciro,

Não gosto do termo Legalista.Eu tenho 29 anos e como toda a igreja antiga,sou radical em usos e costumes.A palavra Radical soa menos sarcástica e irônica que a nefanda palavra Legalista.

Vou ser bem claro,curto e objetivo:É IMPOSSIVEL ALGUÉM TORCER E IR PRO CÉU!!!FUTEBOL É UMA COISA SATÃNICA E EU SEMPRE DEFENDO A TESE DE QUE OS TIMES DE FUTEBOL VÃO LEVAR PRO INFERNO MAIS PESSOAS DO QUE QUALQUER SEITA FALSA E DO QUE QUALQUER BANDA DE MÚSICA POPULAR MUNDANA QUE ARRASTAM MULTIDÕES DE FANÁTICOS ATRÁS DE SÍ!!!

Quem está dizendo isso é um crente remido pelo sangue de Jesus QUE JÁ FOI UM CORINTHIANO FANÁTICO!

TIMES DE FUTEBOL SÃO DEUSES!EU JÁ TORCI E SEI MUITO BEM O QUE ESTOU AFIRMANDO!!!

GLÓRIAS A DEUS QUE HOJE SOU LIBERTO PELO SANGUE DE JESUS!NIMGUÉM PODE SERVIR A DOIS SENHORES!

E confesso,amado pastor,que eu fiquei admirado com o sr.não ver mal em se torcer!

E digam o que quiserem eu vou morrer defendendo essa opinião:A TELEVISÃO FOI UMA BOMBA ATÔMICA DE SATANÁS NO ARRAIAL DOS CRENTES!!!DEPOIS QUE A TV ENTROU NA IGREJA...ADEUS A SANTIDADE!

JESUS DISSE AOS JUDEUS:"Orai para que a vossa fuga não seja no sábado ou no inverno...!"
Minnha recomendação sincera aos crentes que estão dormindo é:

OREM PARA QUE JESUS...NÃO VOLTE EM TEMPO DE COPA DO MUNDO OU DE POLÍTICA,!!!


BATALHANDO SEMPRE PELA FÉ QUE UMA VEZ FOI DADA AOS SANTOS.

Anônimo disse...

Queridos e amados irmãos,

É necessário que sejamos verdadeiros, não podemos continuar com essa covardia.
Muitos ministros do evangelho sempre defenderam os bons costumes, ensinando as mulheres assembleianas. Era regra mulheres usarem vestidos ou saias, não cortar ou pintar os cabelos, não usar brincos, piercings, anéis e outras jóias, tanto homens quanto mulheres.
Todos os bons costumes da Igreja Evangélica Assembleia de Deus estão aos poucos sendo abolidos.
Sabemos, inlcusive, vivenciamos, disciplinas e exclusão da comunhão do corpo de Cristo daqueles que foram ao jogo de futebol ou daquelas que usaram jóias ou cortaram o cabelo, mas de repente tudo pode e o mundo não entendeu mais a igreja. Pois a igreja ao invés de combater o pecado quer se igualar ao mundo. Não vamos sair do mundo, mas não podemos ser partícipes de seus costumes.
Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará. Ou conhecereis o mundo e ele vos escravizará.
Raça de víboras diria João Batista.
Muitos por não conseguirem trazer um bom exemplo da esposa, filhos e filhas, tiveram que aderir ao mundanismo e esquecer os bons costumes da igreja e a sã doutrina da palavra.
Em 100 anos de Assembleia de Deus no Brasil já perdemos a nossa identidade.
Irmãos lembremos de onde caímos, para voltarmos a prática das boas obras.
Lembremos de Naamã que era valoroso, porém leproso.
Não sejamos leprosos, mas sejamos valorosos. Lembremo-nos que no passado tivemos que mudar o modo de nos vestir e abandonar as jóias, a idolatria e o mundanismo, as mulheres não podiam cortar os cabelos e os homens não podiam beber, participar de jogatinas e o vestuário do homem era traje social, ou seja obreiro sem gravata não pregava.
Vejamos, se no passado era assim, porque não será no presente?
Precisamos voltar a prática dos bons costumes e ao ensino da sã doutrina.

Paz do Senhor irmãos.

ADER disse...

teve um ai em cima que disse que gostaria de ir ao estadio assitir um jogo do flamengo,
a frase que mais tem rolado em estadios é essa :
EI JUIZ VAI T### NO c#
fico imaginando um crente no estadio ouvindo esse tipo de coisa.

Alexandre Braga disse...

Paz do Senhor a todos.
Ótimo artigo. Parabéns pastor Ciro.
Só retificando, pois, ao ler qualquer artigo gosto de acompanhar lendo na bíblia os textos mencionados.
Os penteados mencionadas em 1 Timóteo 2.9 e 1 Pedro 3.9, por exemplo, nada têm que ver com os penteados usados nos dias de hoje.
I Ped. 3:9 deve ser I Ped. 3:3.

Pra encerrar meu breve comentário vou fazer-lhe uma pergunta: Moro numa cidade tropical, onde a temperatura média é 35 graus. Onde estaria o problema em nós (homens) usar um bermudão (não na igreja, é claro), ao invés de calça o tempo todo nesse sol? Graças a Deus por esse sol sempre presente aqui em Ilhéus.
O amado pastor recebeu meus e-mail's, um deles sobre o depósito feito no dia 17/12/09 para a aquisição do livro: Mais erros que os pregadores devem evitar?
Não vou determinar, nem tampouco profetizar, mas pelo andar da carruagem, devo ver o amado irmão participando como comentarista em uma das revistas de EBD, nas próximas edições.
Em Cristo,
Alexandre Braga

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro irmão Alexandre Braga,

A paz do Senhor!

Agradeço-lhe pelas palavras de incentivo e pela observação quanto aos versículos. Vou corrigi-los.

Quanto à sua pergunta, o que o seu pastor pensa a respeito? (Risos.)

Recebi, sim, o seu e-mail. O irmão não recebeu minha resposta? Eu estou lhe enviando o livro hoje, pois o produto se esgotou na loja da CPAD onde adquiro os produtos para enviar aos irmãos que me os pedem. Mas creio que em breve o material chegará às suas mãos.

Bem, falando sério, quanto à pergunta acima, vou escrever a segunda parte do presente artigo e abordarei essa questão. Fique atento.

Feliz Natal! E um ótimo 2010, na presença do Senhor!

CSZ

Elton Morais disse...

Concordo com tudo o que foi escrito nesta postagem. Tenho praticamente essa mesma visão. Temos que ser diferentes do mundo. A mulher pode se arrumar, mas em PRIMEIRO lugar a sua beleza dever ser o amor a Jesus Cristo. Em relação a futebol, creio que podemos assistir, e até gostar de algum time, mas não devemos idolatrar tal time.

Abraço,
A Paz do Senhor!

Rafael Racis disse...

Rafael Racis
Cuiabá - MT
estou ansioso pela próxima postagem!
Também moro em uma cidade super quente, mais não litorânea que todos das AD em Mato Grosso - Cuiabá devem conhecer um pouco, mais fico Feliz por ser assim, não murmuro de nada Graças a DEUS porque aprendi com meu pastor que devemos sentir felicidade em sermos diferentes, porque se murmurar-mos tornará um Julgo e não benção! mais devemos nos portar com equidade em todos os lugares a roupas para irmos à igreja a roupas para banhar, para passear, para trabalhar, é assim que aprendi assim também na minha profissão porque não na igreja? e outra não deve-se somente na igreja cobrirmos nosso corpo pois o próprio DEUS não habita em templos feitos por mão de homens e sim um DEUS que habita dentro de nós, somos Templo e morada de DEUS.
Agradeço aos sr Ciro por ter me ensinado tantas coisas durante esse ano, fico feliz com Jesus por sabermos que temos Pastores compromisados e mais calmo em imaginar um futuro das AD com visão espiritual DEUS abençoe

Alexandre Braga disse...

Pastor Ciro, aqui em Ilhéus devo ser considerado pela maioria dos irmãos, desviado do evangelho se eu passar de bermudão, ainda que seja abaixo do joelho. Faço esse comentário com o amado irmão, pois julgo, que o senhor possui maturidade e sempre que escreve ou publica algo, o faz com base na palavra de Deus. A consciência dos fracos não deve ser menosprezada ou desconsiderada, mas antes levada em conta por causa do mandamento do amor. Não é apenas ofensivo, mas potencialmente destrutivo os fortes desconsiderarem os sentimentos dos fracos. Aprendi na EBD.
Não destruas por causa da tua comida aquele por quem Cristo morreu (Rom. 14:15). Se estou numa denominação onde deve ser assim, calça sempre; prefiro obedecer, do que fazer alguns se escandalizarem, entretanto, esse ponto de vista deveria ser observado.
Tenho aprendido muito com seus artigos nesse blog e em seus livros, ratifico, possui base bíblica. Quanto ao e-mail não recebi, mas fico contente com sua pronta resposta aqui, realmente tem caráter e tem demonstrado na prática, para quem tem adquirido seus produtos aqui na internet.
Em Cristo,
Alexandre Braga

Alexandre Braga disse...

Pastor Ciro, antes que eu me esqueça: Na revista do primeiro trimestre da EBD, nas páginas de anúncio, tem o seu mais novo livro no valor de 28,00. Quanto custará diretamente da mão do amado irmão, o livro erros que os adoradores devem evitar? Quando poderemos efetuar o depósito para aquisição dessa bênção?
Em Cristo,
Alexandre Braga

Paulo disse...

Depois que a igreja deixou de observar os bons costumes, vemos um monte de aberrações: festas jesuinas, funk evangelico, gays de cristo, sufista de cristo, crentes usando todo tipo de tatuagem, e outras aberrações em nome da liberdade cristã. Ser crente é ser diferente. Se você não pode mudar por fora, quanto mais por dentro. Se os nossos pioneiros estavam errados quanto esta questão, por que Jesus batizava tantos crentes com o Espirito Santos e muitos pecadores viam chorando aceitando Jesus?

Anônimo disse...

Pr ciro parabéns pelo esclarecimento exposto pelo amado sobre uso e costume.Pena que alguns não aceite bons costume como forma de agradar Deus.O mundo não tem interesse de imitar a igreja,mas a igreja tende a querer imitar o mundo

Adoradores da Palavra disse...

A paz Pr.Ciro, concordo sim que temos como Assembleianos como foi postado mas tambem não podemos exagerar e colocar um fardo pesadissimo nas pessoas,como diz a palavra em 1Co14.40,infelizmente eu tenho visto isso Pr. as pessoas se tonam membro de uma determinada Igreja vem logo aqueles que se julgam santarrão,sua roupa e do diabo,seu brinco e do diabo etc.....,quando devem ensinar a a verdadeira Doutrina que ea Bíblica,e deixar o Espirito Santo fazer aparte dele que de regenerar as pessoas.

Anônimo disse...

A PAZ DO SENHOR JESUS CRISTO PREZADO PASTOR CIRO.

EU ACHO QUE NÓS DEVEMOS SER MAS CLARO E OBJETIVO, SE PODE PODE , SE NÃO PODE NÃO PODE, NÃO PODEMOS TAMPAR O SOL COM A PENEIRA COAR UM MOSQUITO E ENGOLIR UM CAMELO,NÃO DA PARA ENTENDER UMA EXPLICAÇÃO QUE PODE MAS NÃO PODE, A PALAVRA DE DEUS DIZ QUE TUDO ME É LICITO MAS NEM TUDO ME CONVEM, TUDO ME É LICITO MAS NEM TUDO EDIFICA, A PALAVRA DE DEUS DIZ QUE OS COSTUMES DOS GENTIL SÃO CONTRARIO A SANTIDADE DE DEUS, O CAMINHO DO IMPIO É UM E O CAMINHO DO JUSTO É OUTRO,. SALMO 1 DIZ QUE BEM AVENTURADO É O VARÃO QUE NÃO SE ASSENTA NA RODA DOS ESCARNECEDORES NÃO SE DETEM NOS CAMINHOS DOS PECADORES, A PALAVRA DE DEUS DIZ QUE AS OBRAS DA CARNE SÃO PELEJA PORFIA, E O QUE É O FUTEBOL? DISPUTA,QUAL O NOME DO TIME CONTRARIO? ADIVERSÁRIO, OS QUE ESTÃO EM CRISTO NOVA CRIATURA É AS COISAS VELHAS SE PASSARAM EIS QUE TUDO SE FEZ NOVO, FUTEBOL É OBRA DA CARNE, TODOS QUE ESTÃO VIVENDO E ANDANDO SEGUNDO A CARNE ADORARAM ESSA MATERIA QUE DIZ QUE O CRENTE PODE JOGAR BOLA, TORCER POR UM TIME DE FUTEBOL, TEM QUE PECAR MAS SABER PECAR,DISCRETAMENTE, SOMOS FORASTEIROS E PEREGRINOS, PORTANTO SE JA RESSUCITASTE COM CRISTO PENSAI NAS COISAS QUE SÃO DE CIMA E NÃO NAS QUE SÃO DA TERRA, TEM QUE MORRER PARA O MUNDO E NASCER PARA CRISTO, ERAM 12 DISCIPULOS MAS A BIBLIA NÃO DIZ QUE ELES ERAM JOGADOR DE FUTEBOL, TORCER POR TIME DE FUTEBOL É IDOLATRIA, EU ACHO UM ABSURDO QUANDO NA COPA DO MUNDO OS JOGOS FORAM PELA PARTE DA MANHÃ VARIOS PASTORES CANCELARAM A ESCOLA BIBLICA DOMINICAL PARA OS CRENTES ASSISTIR E TORCEREM PELA SELEÇÃO BRASILEIRA,DIZENDO QUE SOMOS BRASILEIROS, EU PORÉM ESTOU EM PATRIA ESTRANHA A MINHA PÁTRIA É A CANAÃ CELESTIAL,PRECISAMOS TER A MENTE DE CRISTO, O LAZER DO CRISTÃO É ESTAR OCULPADO COM A OBRA DE DEUS, JEJUM, ORAÇÃO, LER A BIBLIA, EVANGELIZAR.


PRRSBITERO
ANSELMO

Antonio Viana disse...

A paz do Senhor, Pr. Ciro.
Não retiraria nenhuma de suas palavras; quanto aos comentários, lí quase todos. Muitos não concordam com o Pastor, eu até entendo, mas é preciso que todos compreendam que ninguém pode servir a Deus e o diabo...
pecado é pecado, céu é céu e inferno é inferno.
Não existe pecado decente para Deus. Hoje muitos crentes querem ser modernos, pastores que deixam de ensinar seus fiéis para assistir a jogos de copa do mundo, está nada mais nada menos do que com o coração cheio de desejos infrutíferos, querem servir a Daus e o mundo...e nem percebem que estão devagarinho arrastando os pés para o inferno.
Não existe equilíbrio para pecado; quem começa a deixar os costumes dos santos, é porque quer a prática fácil do evangelho barato... estar querendo agradar gregos e troianos. Fazendo gosto de crentes turrões: aqueles que põem os pés na parede e dizem... se não deixar eu fazer isso eu não pago o dízimo; se não deixar fazer aquilo não venho mais pro culto de oração.
Não quero encompridar meu comentário, Pr. Ciro, mas peço que Deus lhe dê toda a sua graça, abençoando você e sua família.
Não se preocupe com esse tipo de crente que tudo o que vê quer... menos Jesus.

Pb. Antonio Viana (cavalcante.viana@msn.com)

Hudson Pimenta disse...

Pr. Ciro, vejo que você foi equilibrado na defesa das doutrinas ou costumes que acredita. Penso que a Igreja deve sim lutar pelos princípios morais, pois como vemos o mundo está cada vez mais investindo na sensualidade, mas não entendo que a Igreja deva estabelecer "regras" sobre o que por exemplo uma mulher deve ou não vestir e ainda determinar se uso de determinada vestimenta ou adorno vai influenciar na salvação de alguém. Claro, a Igreja deve cumprir o seu papel em pregar o Evangelho e alertar seus membros sobre os pecados ligados a sensualidade, mas dizer que uso de saia, ou o tamanho dela por exemplo torna uma pessoa mais santa é muito temerario. Muitos crente são orgulhosos dessa tal identidade evangélica, será que isso realmente tem feito mais bem, ou mais mal à Igreja. Fico me perguntando se estamos realmente entendendo a salvação pela Graça. São tantos absurdos que ouvimos que ficamos pasmados. Hudson Pimenta

Caroline Andrade disse...

Prezado Pastor Ciro, novamente admiro a maneira como esclareceu esse assunto. Recentemente li que existe uma denominação que não permite nem mesmo o uso de perfumes. E com isso muitas pessoas acabam por ficar totalmente confusas. Como já discutido, especialmente no que diz respeito às mulheres, existem muitas irmãs que verdadeiramente extrapolam na maquiagem e tingem os cabelos com cores berrantes e cortes escandalosos.E mediante seu artigo, concluo que se a mulher se mantiver com decência e tingir seus cabelos com sobriedade, ou seja, a cor que mais se aproxima de sua cor natural, não causará problema e nem impedirá sua salvação. Fato é que muitos se utilizam da frase: "Se o teu coração não te condena, fique em paz", dentre outros versos. Estou correta?

Marcos Matos disse...

A paz do Senhor,
Concordo parcialmente com o senhor pr Ciro, a bíblia em momento algum condena o uso de adornos, Is 3.16..., não condena o uso de joias, mas o fato das mulheres se exaltarem e andarem de pescoço erguido, outro dia no programa da CPAD transmitido pela REDETV, o presidente da CGADB utilizando a passagem de José no Egito antes de ser levado a presença de faraó, ter-se barbeado, o prezado Pr disse que o servo de Deus usar barba é pecado, de onde ele tirou isso, precisamos ter muito cuidado com os exageros, tanto na permissão quanto na proibição no quesito costumes, até porque estes variam de uma cultura para outra.
Um abraço!

Javã Vidal de Negreiros disse...

pastor parabéns pela postagem concordo com o senhor....moro no interior da paraíba em uma cidade de aproximadamente 7.000 abitantes sou membro da AD..aqui na minha cidade assistir futebol ou ir para um rio com os irmão em um momento de lazer brincar de futebol é pecado grave corre um serio risco de ser disciplinado e afastados de suas atividades..... não concordo com isso, mais prefiro obedecer para não trazer escândalo e ir de encontro ao que meus lideres ensinam... pois de certa forma Eles ensinam assim para o bem esta da obra...

Luciano Dias disse...

Muito bom Pastor,o povo esta errando por nao partir para a biblia, Deus nos deu a sua palavra e teremos nela todas as respostas, eh soh partir pra ele, muito boa a palavra Deus lhe abençoe.

Luciano Dias disse...

Muito boa a palavra pastor, o povo ta errando muito por nao buscar na palavra de Deus as respostas, a biblia nos responde tudo é só partir pra ela, que Deus lhe abençoe muito pela palavra.

Luciano Dias disse...

Deus lhe abençoe pastor muito boa a palavra, se o povo quiser parar de errar é só partir para a biblia

Osmar disse...

Bom Dia na Paz do Senhor Jesus!

Pr Ciro meus parabéns pelo Blog e as mensagens que o senhor posta, em meio a apostasia em que vivemos ainda podemos louvar a Deus por haver pessoas (Servos de Deus) que ainda defendem a verdade bíblica.
Continue assim pois estarei sempre orando em seu favor, fica na Paz.

CLEIDIMAR SANTOS disse...

EXELENTE. SOU MULHER E CONCORDO COM ESTE ESTUDO REALMENTE PRECISAMOS TER EQUILÍBRIO EM TUDO. HÁ VESTIDOS QUE APESAR DE SEREM COMPRIDOS SÃO TÃO SENSUAIS QUANTO UMA CALÇA COLADA. REALMENTE A ROUPA HONESTA É A MELHOR OPÇÃO.

Adriano Andrade disse...

Paz do Senhor!Bom faz tempo essa publicação rsrs mas sinceramente pastor eu não estou feliz aonde estou!Sou obreiro, gosto de futebol, usar shorts, coisas que no ministério não permite usar,tenho vontade de usar a camisa do meu time,não sou fanático tendeu, mas acho isso ridículo, estou pensando em sai da onde estou e ir á outra que não me julga com isso,tem tantas coisas ruins na terra vai criticar um esporte? Não da!

Adriano Andrade disse...

Deus abençoe

Adriano Andrade disse...

Gosto de futebol torço para um time,não uso camisa por causa do ministério, até shorts eles proíbem sou obreiro lá mas não sou feliz pastor! Acho isso nada haver, queria ir para outra que respeitam minha opinião, e apenas futebol esporte! Só que eu uso shorts mesmo assim , só não a camisa, agora eu pergunto? Homem não pode usar shorts né! ? Qual a diferença agora a mulher usa saía, deveria então manda a mulher por uma saía longa , me ajuda Jesus