segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Sabe o q eu axo do internetês?


Qdo
eu comecei usar essa ótima ferramenta de compartilhamento de ideias, em 2007, naum havia mtos escritores, pastores e cristãos em geral q possuíam um blog, e alguns até o preteriam, priorizando os sites. Mas tdo mudou. Há cada dia me espanto com o surgimento de novos blogs na gde rede. Axo isso mto bom. E vc?

Com a popularização da net — estima-se q o número de internautas brasileiros chegue a 40 milhões, segundo balanço realizado pelo Ibope/NetRatings em novembro/2008, praticamente o dobro de usuários de 2007 —, várias palavras e expressões têm surgido, influenciando a nossa língua portuguesa. Alguns exemplos dessa influência: googlar (fazer uma pesquisa no Google), orkutcídio (excluir o próprio perfil do Orkut),
postar, deletar, printar...

Muitos veem no internetês (expressão grafolinguística criada na net pelos adolescentes na última década) um grande mal, um perigo, capaz de corromper a forma padrão do idioma, tornando o patrimônio da língua uma gde sala de bate-papo. Mas precisamos encarar a influência da net com equilíbrio, pois ela tb propicia o surgimento de novas palavras. Só é preciso ter cuidado com os exageros, q realmente são prejudiciais, principalmente para as pessoas sem uma boa formação educacional, q naum conseguem separar a linguagem coloquial da formal.

Eu sou bastante “quadrado”, pois naum gosto de usar o internetês nem no Twitter e no MSN. Naum consigo substituir falou por flw, beleza por blz, etc. É claro q os jovens e adolescentes, principalmente, usam esse tipo de linguagem pq se acostumaram a naum colocar acentos nas palavras, o q consideram trabalhoso na hora de tc (digitar), já q é preciso apertar uma tecla a mais! Isso é ou naum é preguiça? Em parte, sim, mas o internetês, às vezes, é prático (naum em um blog, é claro), haja vista a economia de caracteres, sem causar prejuízo à mensagem.

Mas, em resumo, a cada dia me convenço de q o internetês é coisa de adolescente, q tb recorre a gírias e a outras efemeridades. Como eu acredito q o aprendizado força a pessoa a ser diferente, estimulo os meus leitores a se comunicarem da forma mais simples possível, porém correta, sem uso abusivo do internetês, vlw?

Abs, xau, t+, bjs...

CSZ

11 comentários:

Newton Carpintero, pr. disse...

Nosso e prezamado pr. Ciro Zibordi,

A Paz do Senhor!

Somente rsrsrsrsr....mais rsrsrsr...

O Senhor seja contigo!

pr. Newton Carpintero
www.pastornewton.com
www.editoresapologeticos.com

[C. R.] O Cristão Revoltado! disse...

Pastor Ciro, o senhor realmente sabe usar muito bem a seriedade nas coisas que são sérias e o humor para aqueles assuntos que podem ser abordados dessa forma. Parabéns pela criatividade, pelo trabalho, pelo humor...

Mário Celso S Almeida disse...

Olá Pr.Ciro, é um prazer conhecer o seu blog...tem muitas coisas que muitos assembleianos precisam ver...Vejo como um dos pregadores mais sóbrios que a AD do Brasil...Graças a Deus pela sua Vida...
No meu blog www.caminhandocomgraca.blogspot.com tem um link do seu blog...visite! ficarei feliz
Mário Celso Teresina-PI

Moyses Alexandre de Godoi disse...

Shalom Adonai...

Eu até tentei no msn usar o internetês, porém desisti. Para os adolescentes que querem comunicar-se (?) com três, quatro e até cinco pessoas ao mesmo tempo,lhes facilita em termos de tempo. Horrível mesmo são todos aqueles bichinhos, os chamados "emotions" que quase nunca transmitem as "emoções" que os usuários querem passar, e lá vou eu traduzir primeiro para depois continuar o diálogo.
Não será possível que com o advento da internet e as previsões de que não tardará para que quase todos os brasileiros tenham um computador em casa; que com isso possamos vir a ter; devido a ascensão do internetês, o português como a mais viva das línguas mortas?
Que os adolescentes amadureçam! (rsrsrs)

Paz a todos...

Raydielson Sousa - Meu Deus Vive!!! disse...

Parabéns Pr. Ciro, verdadeiramente o "internetês" é coisa de adolescente, e, por sinal, está deixando muitas pessoas menos sábias. Precisamos ter muito cuidado mesmo.

Que o Senhor te abençoe.

Paz.

Marcelo Lima da Silva disse...

Caro Pr Ciro,

A paz do Senhor.

"Mto" oportuno este texto, não sou de achismos, mas "axo" que o senhor fez "mto" bem em aderir à "net" como ferramenta para o evangelismo e apologética. "naum" ligue p/ os opositores, apenas continue na "gde" rede, seus "txts" são bons "d+".

Que o Senhor abençoe sua vida e "td" sua família "mto +" a "cd" dia.

ps: "Qdo" o senhor vem pregar em São José dos Campos, Jacareí e região?

"t+", um "gde" "ab"...

Marcelo Lima da Silva
Coop. da Assembléia de Deus em São José dos Campos-SP

Gisela disse...

Estão matando o português...a pauladas!!!

Shalom Adonai!!!

Rinaldo Santana disse...

Graça e paz,

Parabéns por este post.!!!!


Em Cristo José Rinaldo de Santana
www.rinaldoeapalavra.blogspot.com

Damaris Castro disse...

A graça e a Paz do Nosso Senhor Jesus Cristo
pastor Ciro,

Ótima observação sobre internetês.Como sou professora e jornalista,confesso que tive e tenho muita dificuldade para me adaptar a essa nova linguagem.Mas um dia enviaram um vírus em meu nome através do meu orkut e eu expliquei a todos que não tinha sido minha responsabilidade.Uma irmã da igreja disse:Damaris eu sabia que não era você,pois esse palavriado não é seu.Fiquei feliz,pois como somos mais amadurecidos às vezes nos sentimos quadrados,mas cheguei a conclusão de que não posso desprezar algumas qualificações que Deus me deu de graça.

Parabéns pastor Ciro
que o Senhor use sua vida cada vez mais!!!!

Renato Santiago disse...

Oi pr, Ciro
Gostei mto do seu texto, mto bom.
Tdo que o sr flw está msm acontecendo e é mto triste....
Mas vlw a intenção, o senhor é um gde escritor e Deus é d+,em gde abço....
Em Cristo
Renato Santiago
Á,esqueci, faltou uma coisa:
kkkkkkkkkkkkk

Girlady disse...

Não se considere o único "quadrado", Pastor Ciro. Eu pertenço a essa geração da internet, mas evito ao máximo essa linguagem. Escrevo muito (mas nem tanto quanto o senhor, mas pretendo ser escritora futuramente), estou na época dos vestibulares, essa reforma ortográfica que não ajuda ninguém, então preciso manter o padrão de lingua, por mais que seja mais "difícil" de escrever. Relevo tanto esse assunto que não consigo ler nenhum post na web ou conversar com alguém no MSN se só tiver abreviações no texto - minha vista fica "irritada".

Mas, se levarmos para um outro lado, será que esse não é o futuro da língua: abreviar com o tempo? Foi com o "vossamercê" (é assim que escreve?), que em alguns séculos virou "você", "cê" e por aí vai? Nem sempre mudanças são positivas, faz parte da evolução humana - dominamos o fogo, temos tecnologia, e a pior qualidade de vida possível.