quinta-feira, 16 de abril de 2009

Conversa telefônica com um "agraciado" que recebeu a "bênção" do depósito celestial



A conversa telefônica que lhes apresento nesta postagem, apesar de imaginária, é baseada em fatos reais...


8 comentários:

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

1. Nobre Pr Ciro, o Eterno continue a lhe conceder sabedoria para instruíres o povo de Deus - Ef 4.12

um abraço, Pr MArcello Oliveira

Jesuel disse...

A Paz do SENHOR!
Infelizmente hoje, muitos "crentes"
estão agindo como Geazi(II Reis 5:20 a 27), que para não desperdiçar as "oportunidades" que aparecem, não se importam de usarem os meios ilícitos, como a mentira, a omissão, e o engano, se esquecendo que não há nada encoberto que não haja de ser descoberto (Lucas 12:2), e que o seu pecado há de lhe achar!(Números 32:23)
Amanhã (17/04/2009), estarei postando no meu blog um texto falando sobre a retidão, que Deus continue te abençoando.

Bruno Oliveira da Silva disse...

Estimado pastor Ciro, que Deus continue te abençoando e que o Senhor continue sabiamente defendendo as verdades inegociáveis da palavra de Deus.

Em Cristo,
http://pecadofobia.blogspot.com/
B.O.S

Lucas Marin disse...

Eu estava pensando no Ilusionildo...
Eu queria que ele me ensinasse algumas técnicas, pra que na hora de eu dar oferta os irmãos nem percebessem que eu tinha ofertado...rs

Que Deus continue lhe abençoando!

Fillipe disse...

Pastor Ciro,desculpe o inportunismo do local da pergunta,mas gostaria de saber uma coisa:na sua opnião jogar yu gi oh traz algum mal a vida das pessoas?

Matias Borba disse...

Pastor,

Publique o segundo telefonema, quero saber o que aconteceu com esse engraçadinho com a polícia.

Deus abençoe e parabéns pela postagem.

Valdeci do Carmo disse...

Olha...eu nunca vi os supostos ganhadores desses depósitos..ouço falar que muitos ganham e nem sei pra que os pregadores dessas coisas cobram pra pregar, é so pedir para que Deus faça depósito na conta deles também.. Também nunca vi nem contar o que foi feito pra resolver o problema com a receita federal.

Altamiro Mendesde Freitas disse...

Muito bom...