quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Como está a situação da igreja evangélica brasileira? (2)




Nesta segunda parte, respondo ao comentário do irmão Márlon Vitor, da Assembléia de Deus de Candiota, Rio Grande do Sul.

Márlon Vitor disse...

A Paz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, irmão Ciro.
A sua colocação sobre a situação atual da igreja me pareceu bem realista, mas um tanto pessimista.
Prezo muitos seus escritos e devo dizer que tenho todos os seus livros e tenho muito prazer em ler seu blog, mas quanto a situação atual da igreja brasileira, não vejo da mesma forma que irmão.
Creio que a fase que a igreja brasileira vem passando é ruim, o evangelho de Cristo tem se tornado outro evangelho em muitas igrejas, mas seria 80% da igreja brasileira errada? Qual seria a certa? A que permanece na Palavra? Creio que sim. Mas como toda a igreja ela é feita de membros sendo o próprio pastor falivel e humano, mesmo coberta pela graça de Deus.
Seria a Assembléia de Deus (sou assembleiano), onde muitas igrejas apresentam evangelhos diferentes ao de Jesus Cristo e outros se firmam cada vez mais na verdade?
Tenho uma visão um pouco diferente sobre este assunto. Na minha opinião falta o interesse dos lideres, dos cristãos de modo geral pela Palavra de Deus. Meditando em todo tempo, julgando e evaliando a mensagem e tudo que se recebe.
Já dizia Paulo:
I Tessalonicenses 5.21 "Examinai tudo. Retende o bem."
Mas essa é minha humilde opinião.
Que Deus continue lhe abençoando cada vez mais, fico feliz ao ler seus posts, pois vejo muitas verdades que precisam ser ditas e pregadas ao povo de Deus. Vejo no irmão uma voz profética da parte de Deus para nossas vidas, aprendi muito com seus posts.
Que Cristo continue lhe abençoando cada vez mais.
Abraços,
Márlon Vitor

Minha resposta...

Caro Márlon, a paz do Senhor. Agradeço-lhe pela sua valiosa participação neste blog.
Minha exposição sobre a situação da igreja evangélica brasileira não é, em hípótese alguma, pessimista, e sim realista, e com base no que dizem as Escrituras. Apontar o que está errado à luz da Bíblia não é ser pessimista, e sim ter o desejo de que todos nós andemos segundo a vontade de Deus.
Pode ter certeza de que sou muito otimista e tenho visto homens de Deus com a mesma visão, a de ter a Palavra como regra de fé, de prática e de vida. Isso me anima! Estou de fato otimista!
Agradeço-lhe pelas palavras de incentivo quanto a meu blog e meus livros, mas sempre gosto de lembrar do que disse Monteiro Lobato, com outras palavras: "Há duas maneiras de escrever: uma é para agradar o leitor, e a outra, para comunicar o que temos como verdade, independentemente de o leitor gostar". Este é o meu caso. Escrevo para comunicar o que tenho como verdade da parte de Deus, mas estou ciente de que muitos não concordam com as minhas posições, e este é um direito que lhes assiste.
Quando eu falo da igreja brasileira, é evidente que não quero dizer que uma ou outra está totalmente errada ou totalmente certa, assim como Jesus encontrou erros e acertos nas sete igrejas da Ásia (Ap 2;3). Mas Ele apontou os tais erros e acertos!
O Senhor não fez uma "média", como que dizendo: "Olha, todos vocês estão no caminho certo e precisam se aperfeiçoar". Nada disso! Ele apontou o que estava errado e exigiu que os pastores tomassem uma posição. Por isso, repito: nossa regra de fé, de prática e de vida é a Bíblia. E é o que eu tomei como base para fazer as contundentes afirmações do post anterior.
O irmão aprecia os evangelhos que eu citei na primeira parte deste artigo? Creio que não. Se sim, respeito a sua opinião, contudo vou continuar denunciando os falsos evangelhos pregados e vividos na atualidade, que nada têm que ver com a simplicidade que há em Cristo Jesus, o nosso Senhor (2 Co 11.3,4).
Só temos uma alternativa correta nas afirmações abaixo.
(a) Fazer a vontade de Deus.
(b) Fazer a vontade própria.
(c) Fazer a vontade do povo.
(d) Fazer a vontade do Diabo.
Qual delas temos abraçado?
Eu respeito a sua opinião. E peço-lhe que não me tenha mal pela maneira franca de eu expor a minha argumentação. Examinemos tudo e retenhamos de fato o que é bom (1 Ts 5.21; At 17.11; 1 Jo 4.1). E o que é bom é o que está de acordo com a fonte máxima de autoridade, a Palavra de Deus (Gl 1.8; 1 Co 15.1-4; 2 Tm 3.16,17).
Que o Senhor Jesus também continue abençoando a sua vida e o seu ministério. Sejamos, pois, pregadores, profetas de Deus, segundo a Palavra, neste mundo tenebroso!
Bem, amados irmãos internautas, aproveito esta oportunidade para reiterar que, no dia 13, este blog completará um ano! E a equipe formada por Ciro, Sanches e Zibordi estará premiando com um livro MAIS Erros que os Pregadores Devem Evitar, lançado pela CPAD em dezembro/2007, quem fizer a melhor frase sobre a situação atual da igreja evangélica brasileira (veja o regulamento ao lado). Participe, seja qual for a sua opinião.

A paz do Senhor Jeus Cristo.

Ciro Sanches Zibordi

3 comentários:

wanderson disse...

Quantos obreiros jovens e iniciantes na obra que desejam "crescer" e entram por estes caminhos dos Shows mans etc. Deus nos ajude!!

Márlon Vitor disse...

Irmão Ciro, Que a Paz de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo seja Convosco.

Querido irmão, novamente li suas colocações sobre a situação da Igreja Brasileira, e concordo com todas elas. Creio somente que a visão de igreja é um pouco maior do que temos analisado e que possamos descrever em pequenos posts. Com certeza muitas igrejas estão entregues as doutrinas pseudo-cristãs e a modismo que muitas vezes beiram o sentido mais herético da palavra.
Contudo não creio como falei, que a maioria das igrejas do Brasil sejam apostatas ou esteja afastadas da verdade. Muitas igrejas conservam os credos que conservamos e confessamos e que estão de acordo com a palavra de Deus.

Poderíamos falar ainda dos 3 credos universais : o Credo dos Apóstolos, o Credo Niceno, e Credo de Atanásio, ou ainda os tratados dos pais da igreja que muitos nos abençoaram com suas palavras inspiradoras vindas da parte de Deus, mas creio não ser necessário pois com certeza o irmão sabe do que falo e compreende melhor que eu este assunto.

Desta forma, não consigo ver a igreja a Igreja brasileira negando as doutrinas básicas da fé em sua essência, devo afirmar que concordo com o irmão, a igreja brasileira tem permitido que falsos ensinos permeem a comunidade cristã em geral. Muitos falsos ensinadores tem trazidos palavras que fogem a verdade bíblica.

Sendo assim poderíamos citar: O Movimento da Fé ou Confissão Positiva, a Teoria da Prosperidade, o Teismo Aberto, as doutrinas humanistas e egocêntricas, “Falsas Unções”, a ciência cristã e suas doutrinas heréticas, mensagens de auto-ajuda ou positivistas, o liberalismo cristão e muitas outras que tem permeado a igreja de Cristo.

Concordo quando fala do homem pôs-moderno onde o mesmo basea-se em três correntes de pensamento pôs-moderno: edonismo , narscizismo e particularismo.

Mas será que a igreja brasileira está tão infectada? Será que as portas do Inferno estão prevalecendo? ( Mt. 16.18 ), o irmão concorda que a igreja Brasileira está tão perdida assim?

Essa pergunta me fez lembrar de uma colocação sua em um de seus livros – “Engana-se quem pensa que a Igreja Brasileira está vivendo a sua melhor fase... os crentes não incomodam nem influência ninguém... Boa parte da Igreja evangélica esta misturada com o mundo... e ainda prega um evangelho “contextualizado” que agrada as pessoas do mundo, atraindo-as para dentro dos templos, mas afastando-as da verdade!” ( Ciro Sanches Zibordi, Evangelhos que Paulo Jamais Pregaria, pg 62, 3º Edição/2007, CPAD ).

Gostaria de Frisar que este mesmo livro Evangelhos que Paulo Jamais pregaria é uma benção para todos os cristãos assim como os escritos do irmão Ciro neste blog que correspondem a alguns tópicos em seus livros.

Como falei antes não se pode descrever a situação atual da igreja de Cristo em algumas frases, creio que a igreja brasileira importa demais ensinadores tendo ótimos ensinadores em casa. homens como o saudoso Irmão em Cristo e Pastor Bernhard Johnson Jr, o próprio irmãos Ciro Zibordi, Esequias Soares, Pr. Antônio Gilberto, e muitos outros.

O que falta é o amor e interesse pela palavra do nosso Deus, dedicação em aprender, compriender e principalmente viver a palavra.

Quanto a igreja brasileira um ótimo livro sobre o assunto é o livro “Igrejas sem Brilho” - Emílio Conde, e Protestantismo Tupiniquim – “Gedeon Alencar” ( Prêmio Areté 2006 ), poderia citar muitos outros livros, ainda mais na área de Antropologia Cristã e Sociologia Cristã caso fossemos analisar o comportamento da igreja brasileira, mas não nos cabe e não é momento.

Que Deus continue lhe abençoando irmão Ciro, desejo que a graça de Deus esteja sempre sobre a sua vida, que o irmão nunca se desvie deste caminho que o senhor o colocou, valorizando sempre a palavra de Deus acima de qualquer ensino de homens por mais fundamento teológico que tenha.

Que Deus o abençoe a irmão Luciana e sua Família.

Paz e Graça da parte de nosso Senhor Jesus Cristo, ( Hb 12.14 )

Abraços,

Márlon Vitor
marlonvitor@hotmail.com
Http://marlonvitor.blogspot.com
Assembléia de Deus – Candiota / RS

FERNANDES OLIVEIRA disse...

A PAZ DO SENHOR PR CIRO SANCHES
MAIS UMA VEZ TENHO A SATISFAÇÃO DE VIR A ESTE BLOG! EM SE TRATANDO DA IGREJA BRASILEIRA, CONCORDO PIAMENTE COM O SR.
PENSO QUE A IGREJA BRASILEIRA HOJE, VIVE SENDO "NFLUENCIADA" POR "ALGUNS" QUE JA DEIXARAM O PRIMEIRO AMOR (AP 2.4) "ESSES" TEM O DOM DA "INFLUENCIA NEGATIVA" E "AQUELES QUE NAO ESTAO FIRME NA ROCHA QUE É CRISTO, FACILMENTE SAO LEVADOS AO ENGANO, HERESIAS, E TANTOS MALES QUE ASSOLAM A IGREJA BRASILEIRA ATUALMENTE! NOSSOS "LIDERES" PRECISAM TOMAR UMA POSIÇAO DIANTE DESSES ABSURDOS QUE A IGREJA SOFRE POR PARTES DE "ALGUNS".
IGREJA VOLTEMO-NOS PARA A PALAVRA DE DEUS, UNICA REGRA INFALIVEL DE FE PARA NOS QUE SOMOS SALVOS PELO SACRIFICIO NA CRUZ DO CALVARIO!!! LUTEMOS PELA FE QUE NOS
FOI DADA!!! NO AMOR DE CRISTO
FERNANDES OLIVEIRA