quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Bispa e apóstolo precisam renascer


No dia 17 de agosto de 2007, os fundadores da Igreja Renascer em Cristo foram condenados a cumprir cinco meses de prisão em regime fechado e mais cinco meses de prisão domiciliar nos Estados Unidos. Também terão de cumprir dois anos de liberdade vigiada, o que significa que eles só poderão sair dos EUA com autorização judicial. Além disso, cada um terá de pagar uma multa de US$ 30 mil. A sentença foi proferida no Tribunal Federal do Sul da Flórida.
O casal foi preso no dia 9 de janeiro de 2007, no Aeroporto de Miami, depois de tentar passar na alfândega com US$ 56,5 mil, alegando ter apenas US$ 10 mil. Ficaram presos durante dez dias, pagaram fiança e conseguiram liberdade assistida, monitorada pela polícia por tornozeleiras eletrônicas. A Justiça também determinou que o dinheiro apreendido não fosse devolvido a eles.
Durante o pronunciamento da sentença, o "apóstolo" que lidera a igreja pediu misericórdia ao juiz. E, aos prantos, a "bispa" disse que estava profundamente arrependida e se disse culpada. Os fiéis não aceitam a condenação e insistem que isso tudo é perseguição religiosa. Mas nós, como evangélicos, temos de dar exemplo perante a sociedade; não temos imunidade. Antes, devemos andar honestamente, a fim de que a nossa luz brilhe diante dos homens (Mt 5.14-16; Fp 2.15).
Como todos sabem, a Igreja Renascer tem como bandeira a teologia da prosperidade, que é um desvio gravíssimo do evangelho de Cristo. Essa igreja também prega um evangelho fácil e de entretenimento, distante do que é apresentado nas páginas sagradas (Mt 7.13,14; 2 Co 11.3,4). A santificação e a renúncia não fazem parte de suas pregações. Seus "bispos" usam a falaciosa confissão positiva como “carro chefe” de suas ministrações. E tudo gira em torno de dinheiro.
Pelas razões acima e outras, tal igreja não tem agradado a Deus. E o casal que conduz o grande rebanho “renascentista” também cometeu o crime mencionado e possivelmente outros, no Brasil. A despeito de tudo isso, eu já disse aqui que lamento — sem nenhuma ironia — pelo sofrimento desse casal. E o meu desejo é que eles chorem aos pés do Senhor Jesus Cristo e arrependam-se, não apenas do crime mencionado, mas principalmente dos desvios do evangelho de Cristo. O evangelho que eles e seus "bispos" pregam com certeza é antibíblico e tem desviado muitas pessoas, sobretudo os jovens, da Palavra de Deus.
Nabucodonosor, depois de sofrer por algum tempo, reconheceu a grandeza de Deus e humilhou-se perante Ele (Dn 4). Oro para que o casal se arrependa e, a partir desse sofrimento, reconheça os seus erros e comece a pregar a verdade. Creio que todo esse sofrimento é a maneira de Deus levá-los a uma reflexão profunda sobre seus erros, e então poderão recomeçar, influenciando positivamente o grande número de pessoas que os seguem. Oro para que isso aconteça. Não desejo o mal para eles; não quero que sofram — e falo isso de coração, diante de Jesus Cristo, aquEle que conhece os corações.

Com temor e tremor,

Ciro Sanches Zibordi
Confira também:

17 comentários:

Gutierres Siqueira, 18 anos disse...

A Bíblia ensina que a doutrina santifica, e esse caso mostra que a heresia(teologia da prosperidade)leva a decadência moral e ética!

Um abraço pr. Ciro.

Gutierres Siqueira
www.teologiapentecostal.blogspot.com

ALTAIR GERMANO disse...

Comungo do mesmos sentimentos do Pr. Ciro Sanches em relação ao líderes da Renascer.

Paulo Silvano disse...

Caro pastor,

Pensando bem, me uno ao seu lamento, Deus tenha misericórdia deles e de nós.

pr. Paulo Silvano

Glaucia disse...

É lamentável mesmo!
É vergonhoso também.
Que possamos ter DEUS (e só Ele) como centro de nossas vidas!

Daniel disse...

Lamento tbem...
Estou orando para que Deus direcione ao casal.

um abraço

Anônimo disse...

Triste,
mesmo assim prefiro ficar do lado deles que pregam a palavra e nos abençoam do q aguentar um cara q diz abertamente "SOU DO CONTRA", e q ainda se entitula Pastor. "[...] Entretanto, como eu sou assumidamente “do contra”, a minha mensagem neste artigo destinado à juventude....
Vává, Sô.
Vc ficaria muito bem no Brasil Urgente, ccom o Datena..Não como pastor.
Eu que nao piso na sua igreja.
Brena Maria Da Silva
Camps do Jordão

Ciro Sanches Zibordi disse...

Brena,

Se o casal Hernandes pregasse a Palavra e, sobretudo, a vivessem, não teriam sido presos, tampouco acusados de crimes incompatíveis com a vida cristã. Se fosse perseguição, tudo bem, eu concordaria com você. Mas eles foram presos porque são INFRATORES da lei. Ademais, eles não pregam a Palavra de Deus como ela é, sim a teologia falaciosa da prosperidade material.

A bênção que eles dão às pessoas são palavras de auto-ajuda, promessas de bênçãos materiais na Terra. A mensagem de Deus é muito diferente... Você precisa ter um contato maior com as Escrituras, a fim de que não seja enganada.

Quando eu disse que "sou do contra" é porque Jesus também o era; Paulo também o era. E hoje qualquer cristão que ande segundo a Palavra será considerado do contra, pois vivemos dias difíceis, em que a igreja está cada vez mais mundana, e o mundo cada vez mais religioso.

Agradeço-lhe pela sugestão, mas detesto programas que exploram o sensacionalismo e as tragédias do dia-a-dia.

Você não pisa na minha igreja? Por quê? Você gosta de oba-oba, shows, dança, diversão? Preocupe-se com a sua comunhão com o espírito, jovem, pois a sua fé é superficial. Acorde! Ainda há tempo...

CSZ

Elian Soares disse...

Paz, Pastor Ciro!

Considerando o lamentável incidente, fico a refletir:

Segundo a confissão positiva e a teologia da prosperidade, ser preso não seria um mal sinal?

Defendendo a teologia da prosperidade, pela qual afirma que a pobreza é uma maldição, estar preso também não seria sinal de maldição?

Como defensor também da falaciosa confissão positiva, será que eles permitiram que palavras destruidoras da fé saissem da suas bocas?

Será q não seria sinal de possessão ou opressão maligna?

Deus tenha misericórdia do nobre casal e das nossas vidas também.

Teo jornalista disse...

Ciro, sinceramente, não sei o que desejar a eles. Acho que sou indiferente neste caso. Tenho muita facilidade em perdoar um deslize cometido por um ímpio ou desconhecedor da Bíblia, mas fica difícil pra mim perdoar aqueles que, deliberadamente, pecam contra a Palavra, conhecendo-a e sabendo de suas advertências acerca dos escândalos. No mais, você está certo e daqui pra frente, tentarei refletir e seguir seu conselho em desejar que eles realmente se arrependam de seus atos, tanto os cometidos contra as leis humanas como os contra a Palavra de Deus.

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Olá Pastor Ciro!
A Paz do Senhor!
É lamentável e triste a situação do casal em tela.
Faço coro com os outros comentaristas do seu blog:
Que Deus tenha misericórdia deles e de nós!
Quanto a jovem Brena, vejamos quanto mal faz o que é errado:
engana, ilude e cega.
O casal não foi preso nem condenado por pregar o evangelho,mas por infrigir a lei.
Na bíblia isso chama-se iniquidade.
Que o Espírito Santo ilumine a jovem Brena.

disimonetti disse...

Já foi publicado na internet que o Apóstolo foi comissionado a pregar o evangelho para os presos dos Estados Unidos. Seria essa a melhor maneira de pregar o evangelho em países livres ou muçulmanos ou socialistas(Cuba) envergonhando o Evangelho de Cristo com atos condenados pela lei dos homens e pela própria Bíblia? Ainda fico com a Palavra de Deus, que nos afirma que é pelos frutos que as pessoas se dão a conhecer. Realmente, Deus é Fiel!!!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Prezada Dinorah Simonetti,

É triste isso. Paulo foi preso por amor a Cristo, tornando-se prisioneiro do Senhor Ele, de fato, foi um apóstolo de verdade, preso por pregar o evangelho. Mas esse "apóstolo" que a irmão mencionou foi preso por amor ao dinheiro, por tentar enganar as autoridades norte-americanas... Que Deus tenha misericórdia dele e de seus fiéis seguidores, a fim de que acordem para a verdade!

CSZ

Anônimo disse...

Caro pastor Ciro,estou contente em lhe conhecer, mesmo que não seja pessoalmente. Nos dias atuais o cristianismo vive talvez a maior de suas crises, a igreja de Jesus Cristo esta num engodo espiritual,à maior pergunta que tenho feito nos ultimos dias,é o que jesus diria de nossas igrejas num todo. O evangelho de Cristo esta carecendo de homens como Moises, Paulo,pedro;homens que falem a verdade acima de tudo,doa a quem doe,goste quem gostar.Fico feliz de ver que seus comentaríos preservam a real intenção dos textos biblicos.Deixo um abraço para o senhor,e que Deus continue abençoando a sua vida, seu ministerio, sua familia e todos aqueles que estão de alguma forma ligada ao senhor,sou apaixonado pela palavra de Deus e pelas materias de hermenêutica e exegese.

jocammn disse...

Olá Pr. Ciro,
é fácil apontar e acusar, mas a Bíblia diz que somos conhecidos pelos frutos.... alguém procurou ver os frutos do casal e sua igreja?
Ou mesmo os frutos que estão gerados na prisão onde ele está?
A paz do Senhor...
E orem muito mesmo... por eles e pela igreja de Cristo!!!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Ei, Jocammn,

Com todo o respeito, eu percebi que o irmão é fã do casal, mas frutos eles até possuem, mas não são dignos de arrependimento. Se eles fossem, de fato, tementes a Deus, se arrependeriam do terrível pecado de enganar o povo de Deus, com a falaciosa teologia da prosperidade. Além disso, pediriam perdão a todos por tentarem ludibridiar as autoridades americanas. Lamentável!

Seja coerente, meu caro, por favor. Defenda a verdade. Os verdadeiros cristão não se unem em torno do que é errado, e sim em torno da verdade. O juízo começa pela casa de Deus (1 Pe 4.17).

Em Cristo,

CSZ

Euller disse...

Caro Pr Ciro e demais irmãos,
Graça e Páz.

Caros amados, não posso dizer mais nada alem do que tenho percebido nos atuais dias:
Hoje na verdade são poucas as igrejas que tem ensinado o evangelho da verdade, por isto casos como o da jovem brena e de muitos outros casos, são pessoas que são atraídos para a igreja más não por causa da mensagem de Cristo, pois ela hoje não chamaria à atenção desta grande maioria que vem à igreja quando chamados para se verem livre de dívida finançeira, de possessões, doençãs, más principalmente da pobreza.
Será que a mensagem da Cruz de Cristo os escandalizariam, será!!!!
A culpa eu não diria que seira diretamente deles, más destes pseudo-obreiros, que injetam esta mensagem em suas mentes via radio, televisão e em suas reuniões. Pregar uma mensagem de renuncia não traz multidões de endividados, de pessoas finceiramente estáveis em busca de mais prosperidade, e ETC.
Me sinto muitas vezes só, pois quase não se encontram hoje igrejas em que se pregam o evangélho com autenticidade, onde as pessoas encontram refrigério para sua alma, más sem barganha, onde depois de curada, sarada e restaurada, a pessoa é enviada à fazer o mesmo com o seu próximo.
A realidade é que o texto de Oseias é uma realidade máxima hoje, o povo esta sendo destruido e indo à passos largos para um caminho diferente ao direcionado por Jesus, e seus pregadores só fazem uso de versículos isolados fora do contexto, e como está profetizado, tem enganado até muitos dos santos.
Pois é e isto é só talvêz o começo, pois quando o Anti-Cristo chegar, ele achará uma seara prontinha pra ele, e ninguem deles sequer irá contestar usar o sinal da besta, pois não conhecem as professias nem a palavra do Deus vivo.

Que Deus tenha misericórdia de nós e de nossos filhos, que não sejamos contaminados por estas mentiras.

Graça e Pás.
Euller

Alan Silva de Oliveira disse...

Parabéns Pastor Ciro pelo artigo.
Concordo plenamente.

Não precisamos esconder os nossos erros para sermos evangélicos.

Mas precisamos a cada dia ser mais crentes e parecidos com Cristo.

Visitem meu blog:

http://missao-integral.blogspot.com/

Fiquem com Deus!