segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Carta aos maldizentes de plantão


Alguns internautas mal-orientados, que se comportam como fãs, e não como servos do Senhor, maldizentes de plantão, vêm tentando me intimidar com ameaças, xingamentos, comentários anônimos e perguntinhas elementares do tipo “Quem é você para julgar?”
De fato, como eu já disse, nada sou, mas a Palavra de Deus é a verdade que permanece para sempre (1 Pe 1.24,25). Outros, que não gostam de ler a Bíblia, retrucam: “Você cita muitos versículos”. Um certo “mestre”chegou a dizer, “humildemente”: “Se eu fosse o seu professor, lhe ensinaria como citar os versículos bíblicos corretamente, e não de modo desconexo”. No entanto, para haver conexão, é preciso ler cada referência com meditação, o que o estimado “mestre” certamente não fez, preferindo verberar contra este pobre escritor...
Bem, como tem aumentado o número desses descontentes (devem ser mais ou menos uns cinco ou dez internautas, no máximo), preguiçosos (com todo o respeito, hein?!), os quais se dão ao luxo de “dar de ombros” para a Bíblia Sagrada e ainda dizer que ninguém pode julgar as aberrações de seus pregadores ou cantores-ídolos, resolvi escrever-lhes esta carta, gostem vocês ou não. (Afinal, quem mandou vocês entrarem neste blog? Não sou eu quem estou “invadindo” a tela de vocês, não é mesmo?)
Já que estão aqui, não posso nem devo despedi-los vazios. Tenho um rápido estudo bíblico para vocês. Apesar de aparentarem não gostar da Bíblia (pois sequer conferem as citações bíblicas antes de tirarem as suas conclusões precipitadas), vou insistir mais um pouquinho com vocês. Pode ser penoso, no começo, porém, na medida em que começarem a ler e estudar as Escrituras, poderão ficar entusiasmados pelas verdades eternas.
Vou responder-lhes, à luz da Bíblia, a pergunta “Quem é você para julgar?” , tá bom? (A propósito, Erwin Lutzer escreveu um livro excelente com o título Quem É Você para Julgar?, editado pela CPAD, pelo qual ele aborda o assunto em questão de maneira pormenorizada.)
Mas não se onfendam, hein?! Não estou citando o nome de ninguém... Mesmo assim, os que se sentirem ofendidos, podem, se desejarem, "vestir a carapuça"... Ops! Ou melhor, podem se manifestar à vontade... Se alguém não se considera maldizente, não precisa ficar bravo, tá bom? Lembre-se de que maldizente de plantão é aquele que, como já disse, vale-se de ameaças, maldições, xingamentos, etc.
Vamos, pois, sem perder tempo, ao estudo sobre o julgamento; quer dizer, o exercício do discernimento dos servos do Senhor:
1) Nunca devemos desprezar pregações, ensinamentos, profecias, hinos de louvor a Deus, bem como sinais e prodígios (At 17.11a; 2.13; 1 Ts 5.19,20). Mas cabe a nós JULGAR, provar, examinar se tudo é aprovado pelo Senhor (At 17.11b; 1 Ts 5.21; 1 Co 14.29; 1 Jo 4.1; Hb 13.9). Como fazer isso? Quais são os critérios bíblicos para esse julgamento?
2) Devemos julgar segundo a reta justiça (Jo 7.24). Não devemos julgar pela aparência, por preconceito, mágoa de alguém, mas “segundo a reta justiça”. Jesus condenou o julgamento no sentido de caluniar: "Não julgueis, para que não sejais julgados" (Mt 7.1). Apesar disso, neste mesmo capítulo, Ele demonstrou que devemos nos acautelar dos falsos profetas e apresentou critérios pelos quais podemos julgar, isto é, discernir, provar, examinar (Mt 7.15-23). E isso não é pecado!
3) Sempre devemos julgar pela Palavra de Deus (At 17.11; Hb 5.12-14), pois ela está acima de mim, de você, de nós, do cantor fulano, do pregador beltrano, da vocalista cicrana, do anjo (Gl 1.8), da igreja tal, etc. Leia 1 Coríntios 4.6; Salmos 138.2.
4) Devemos julgar de acordo com a sintonia do Corpo com a Cabeça (Ef 4.14,15; 1 Co 2.16; 1 Jo 2.20,27; Nm 9.15-22). Sei que é difícil para vocês, caros maldizentes, que não gostam de ler a Bíblia, mas para entender este estudo é imprescindível ler as referências! Depois não me venham com aquela desgastada desculpa de que não cabe ao crente julgar...
5) O julgamento deve ser segundo o dom de discernir os espíritos dado a Igreja de Cristo (1 Co 12.10,11; At 13.6-11; 16.1-18). Se falta este dom em sua igreja local, caro maldizente, não venha verberar contra este pobre articulista que apenas está apresentando a Bíblia para você!
6) Devemos julgar tudo com bom senso (1 Co 14.33; At 9.10,11). Você pode me julgar, sabia? Mas com bom senso, e não dessa maneira agressiva, sem misericórdia, com um comportamento de fã defendendo o seu grupo ou seu cantor preferido. Vá se converter, maldizente! Calma... só estou sendo um pouquinho bem-humorado... E isso é bíblico também (cf. 1 Rs 18; Jó 12; 2 Co 11; etc.). Além disso, se você se ofender, caro leitor, vai ficar evidente que se considera um maldizente, não é mesmo?!
7) Ah, devemos também julgar de acordo com cumprimento da predição, no caso da profecia (Ez 33.33; Dt 18.21,22; Jr 28.9), se bem que apenas isso não é suficiente para autenticá-la (Dt 13.1,2; Jo 14.23a). A “apóstola” tal afirmou que Jesus voltará num sábado de 2007? Espere o cumprimento... Aliás, no caso desta, não é necessário esperar. Já está reprovada pelo teste da Palavra! É totalmente antibíblica, como já disse em outro estudo, do dia 30 de junho.
8) Devemos julgar, finalmente, de acordo com a vida do pregador, da cantora, do profeta ou do milagreiro (2 Tm 2.20,21; Gl 5.22):

● Ele(a) tem uma vida de oração e devoção a Deus?
● Ele(a) honra a Cristo em tudo, não recebendo glória dos homens?
● Ele(a) demonstra amar e seguir a Palavra do Senhor?
● Ele(a) ama os pecadores e deseja vê-los salvos?
● Ele(a) detesta o mal e ama justiça?
● Ele(a) prega contra o pecado, defende o evangelho de Cristo e conduz a igreja à santificação?
● Ele(a) repudia a avareza, ou ama sordidamente o dinheiro?

Ficou bravo, maldizente de plantão? Então, estude a Bíblia Sagrada em oração, em vez de ficar esbravejando contra este pobre articulista... (Ah, se não gostou da linguagem irônica, aprendi com o irmão Paulo, em 2 Coríntios 11. Só que para ele você não pode mandar mensagens anônimas e cheias de ódio, não é mesmo?)


Ciro Sanches Zibordi

22 comentários:

Eliel Toledo disse...

òtimo estudo!!!! A palavra de Deus é maravilhosa!

Deus te abençoe Pastor Ciro.

Cris Correa disse...

Ciro, sinceramente como é dificil achar pessoas que compartilham da mesma fé nos dias de hj..

Os ditos cristãos hj em dia desprezam a Palavra de Deus e voltam-se as fábulas são jogados de um lado para outro como folhas secas.Esses maldizentes não querem a palavra de Deus como ÚNICA regra de fé e conduta e por isso se descabelam quando pessoas pregam o evangelho simples e puro.

Deus o abençoe MUITO e que o senhor continue sempre na simplicidade que há em Cristo.

A paz.

Anônimo disse...

Caro amado Pastor Cícero.
A Gloriosa Paz do Senhor Jesus Cristo.

Dou graças a Deus que navegando na net, encontrei o seu blog e ao examiná-lo achei divino.
Pois poucos são os pastores que hj defende a fé com firmeza e clareza pautada na Bíblia Sagrada.
Infelizmente muitos "cristãos", não leiem a Bíblia e tudo o que diz por aí e tido como verdade, pois não fazem como o povo de Béreia que tudo o que Paulo falava examinava se estava correto.
Por isso é que temos muitos crentes fracos na fé, pois a sua fé está firmado em ídolos(cantor, banda, pregador etc) e Cristo que é bom sequer é lembrado, e quando é, é para determiná-lo a fazer as suas vontades.
Portanto meu amado pastor PARABENS, pelo seu blog e continue assim defendo o evangelho genuíno.
Que Deus te abençoe.
A proposito não desanime com as críticas, pois até Jesus não agradou a muitos.

Tomé - Ass. de Deus - V. das Pedras.

Victor Leonardo Barbosa disse...

paz do Senhor pastor Ciro...aisó dei uma rápida pincelada e já gostei do artigo...gostaria de lhe dizer que o senhor está de parabéns...todavia, fique calmo pois em breve isso iria de acontecer...a oposição é muto forte hoje em dia contra a Palavra de Deus. Eu e meus amigos somos constatemente xingados de fariseus e acusadores pelo simpiles fato de lutrarmos contra as heresias que rodam o mei pentecostal atual. Mas permaneça firme, continuandoa orar por tais pessoas duras de coração e movidas pela filosofia do "viver e deixar viver" sem se importar com o que a Palavra diz.
Continue continuando pastor. fique firme!!!
lembre-se o senhor ão está sozinho mesta luta. Estamos cercados por uma grande nuvem de testemunhas.
Abraços.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Victor,

Estou calmo... Risos...

Acho que é o pessoal que se sente atingido pela Bíblia que está bravo... Isso realmente acontece. Quando Estêvão pregou, eles sabiam que a Palavra era verdadeira, mas, enfurecidos, taparam os ouvidos e depois apedrejaram o homem de Deus...

A paz!

CSZ

Ensino Dominical disse...

Pr. Ciro,

Parabenizi-o mais um vez pelo seu blog e por seus escritos.
Muitas pessoas (que não conhecem a Bíblia) tentar se esconder da análise críticas à luz das Sagradas escrituras sob pretexto de que "não podemos julgar", argumento esse que vc muito bem desmontou. Ademais, considere-se, ainda, que no final do capítulo em que Cristo disse "Não julgueis para não serdes julgados", ele enfatize para nos tomarmos cuidados com o lobos vestidos em pele de ovelhas. Ou, seja, a Bíblia proíbe o "julgamento" infundado e sem base bíblica, mas aquele "julgamento" com fulcro nas Palavra de Deus, jamais pode ser deixada de lado, sob pena de sermo considerado omissos. Algo que o Sr. não tem sido.

Parabéns

Valmir Nascimento
E agora, como viveremos?

kenn disse...

Muito Bom. Usaram um link do seu Blog numa comu onde "idólatras"defenderam sua musa cristã. A cantora Evangélica sabe. Aí entrei aqui e vi que vc está certo. defendi sua opinião e tal e assinei embaixo. Gostei dos argumentos. Tomei a liberdade e colei seu end. num tópico da minha Comunidade. É bom ter sua referência. Abraço.

Teo disse...

Pastor Ciro, no meio evangélico somos doutrinados a não pensar e a considerar qualquer crítica ao sistema eclesial estabelecido como rebeldia contra os designios divinos. Por que uns têm o direito de escandalizar o Evangelho e levar outrem à apostasia, e nós, pugnando a Palavra de Deus, não podemos defendê-la dos falsos mestres?
Frequentemente, em minha página do Orkut, costumo receber críticas ferrenhas de pessoas que não me entendem e me julgam precipidamente, tanto de cristãos como não-cristãos. Não se preocupe com isso. Eu amo, apóio e oro pelo seu ministério. Críticas vêm e vão, assim como elogios, mas a Palavra de Deus permanece pra sempre e está acima de qualquer crítica, debate ou posicionamento doutrinário. Um abraço.

Ana disse...

Pastor!

Com licença pelo meu comentário: essa carta é um "barraco" total.
Mas estou muito surpresa que só existam voz e vez aos que lhe dizem "amém"!
Essa carta não me edificou...

Ciro Sanches Zibordi disse...

Ana!

Estava sentindo falta dos seus comentários. Gosto deles. Aliás, ultimamente, a irmã está um pouquinho mais cortez, o que possibilita a publicação de sua participação.

De fato, a carta em apreço foi escrita com uma boa dose de ironia, mas não é para nenhum servo de Deus, submisso à Palavra, humilde, que esteja em comunhão com o Senhor. É uma carta para os MALDIZENTES!

Para você ver que não quero dar voz apenas para os que me dizem "amém", o seu comentário está registrado.

Agradeço-lhe pela sinceridade ao dizer que a carta não lhe edificou. Mas por que a edificaria? Trata-se de uma carta para MALDIZENTES! E você tem se comportado muito bem, como aliás os servos de Deus devem fazer.

Que Jesus Cristo seja o seu Ajudador, sempre!

CSZ

João disse...

Pr Ciro, A paz do Senhor
Lendo o comentário acima não entendi muita coisa, mas estou de pleno acordo com suas palavras.
Que o Senhor nosso Deus, possa levantar "vozes" para clamarem no deserto em todo o território nacional.

Em Cristo

João Ricardo
www.ieadsape.no.comunidades.net

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro João Ricardo,

Para entender, é preciso dar uma olhada em todos os artigos deste mês... Alguns que não se convencem pela Palavra de Deus resolveram dirigir as suas críticas a este pobre articulista... Ora, eles que reclamem com o Deus da Palavra já que não respeitam a Palavra de Deus!

CSZ

Dartwnz Wamberto disse...

A paz do Senhor a todos !

Concordo em gênero, número e grau com as afirmações citadas neste post.

Devemos Sim ! Com bom senso e JUSTIÇA á Luz da Palavra de Deus, julgarmos se os espíritos são de proveniência do Senhor Javé.

Pregador Tal, Cantora A e congêneres têm que se submeterem as Escrituras Sagradas.

Temos visto muitas heresias nas pregações e canções, o povo até louva sem saber o que está louvando.

Outro dia vi um conjunto que orava (cantando) assim: "Senhor me dá um coração igual ao teu"

Irmãos, sinceramente, as pessoas não têm a mínima noção do que é ter um coração como o de Deus.

Sei que a intenção é boa e tal. Mas...Jefté também tinha ótimas intenções (a vitória do povo de Deus) no entanto acabou cometendo uma tolice. Como aprendemos com o Pastor Ciro. Aliás agradeço a Deus por ter enviado alguém para me esclarecer sobre essa passagem bílica.


Toda a Honra e Glória sejam dadas ao Senhor Jesus !

Dá-lhe Pastor Ciro.

;D



Que Deus abençoe a todos !

Gláucia Montes disse...

Olá, Pr. Ciro!!!
Concordando com as palavras do irmão Eliel, gostei do estudo em apreço...

Afinal, a Bíblia é, para nós, crentes em Jesus, fonte MÁXIMA de autoridade.
Sabendo disto, não podemos reproduzir o que as pessoas dizem que são de Deus, sem exame da Sua Palavra.

Portanto, crentes em Jesus, o que a Bí­blia e o pr. Ciro nos convidam é para "examinar tudo" (as canções, pregações...) e "reter o bem".

Atenção!!!
Somos advertidos a FILTRAR. Isto é, submeter a controle, neste caso, da Bí­blia.
É na Palavra de Deus, no estudo dela, que testificamos daquele que deve ser o nosso maior referencial: JESUS CRISTO.

Amém?!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Aos irmãos que me escreveram ONTEM para dizer energicamente que não concordam comigo, e a alguns até me ofenderam com duras palavras e maldições, dirijo-lhes agora uma palavra.

Agradeço-lhes por dedicarem tempo me escrevendo, mas lamento por não publicar o comentário de vocês, tampouco respondê-los. Isso se dá por algumas razões.

Primeiro, vocês escreveram um "livro", quando, para dizer o que disseram, bastava um parágrafo. Vocês precisam ser mais sucintos, pois eu não tenho o tempo que vocês têm de ficar entrando e saindo do Orkut, passando o dia e a noite no MSN, conferindo vídeos no YouTube... Ontem, eu trabalhei o dia inteiro e preguei à noite...

Segundo, alguns de vocês parece até que não sabem escrever, pois empregam palavras como "Cançaum", "Joaum"... Eu sei que esse "estilo" impera entre os internautas adolescentes, mas não cabe aqui neste espaço, não é? Amadureçam, por favor!

Terceiro, você falam, falam, falam... mas não dizem nada! O que deve prevalecer é a Palavra de Deus! Eu estou citando a Palavra, e com certeza (não tenho nenhuma dúvida), e vocês estão argumentando com palavras ocas, sem nenhuma convicção. Estão fazendo valer as suas preferências pessoais: "Eu acho", "Eu gosto"... Bem, se vocês pensam que podem ignorar trechos da Bíblia, a fim de andarem como bem entendem, vão em frente... mas cuidado com o buraaaaaaaaacooooo...

Quarto, alguns de vocês, que continuam com essa atitude reprovável de fãs, e não de servos de Deus, dizem que esse blog não lhes serve para a edificação. Bem, eu já falei e vou repetir: NÃO ESCREVO PARA AGRADAR PESSOAS. MEU COMPROMISSO É COM DEUS. Se alguém não gostar, não precisa ler. Há tantos e tantos blogs...

Ah, quero que saibam, ainda, que Deus está considerando as palavras de ofensas que dirigem contra mim. Eu oro por vocês, para que se voltem para a Palavra de Deus e deixem essas efemeridades que seguem. Oro para que recebam Jesus, não como Astro, não como Revolucionário, não como o Papai Noel, não como o "Demolidor"... Oro para que recebam a Cristo como SENHOR E SALVADOR.

Que Deus os abençoe.

CSZ

Anônimo disse...

Graça e Paz Ciro!

Escrevo este comentário para inidcar um ótimo filme cristão que assisti ontem, 19/11.
Chama-se: A JORNADA. Um filme CRISTOCÊNCTRICO que fala de como, nos dias de hoje, o NOME DO SENHOR tem sido colocado de lado, como o inimigo de nossas almas tem agido para tirar a Autoridade que há neste NOME.

Vale a pena, o melhor filme cristão que já assisti.
É sobre a história de um professor cristão que defende uma tese que podemos falar de ordem e bons costumes sem citar o nome de CRISTO.
O fato é que que o filme começa em meados de 1890. Mas esse professor viaja no tempo até o ano 2000 e vê como o mundo atual, como a sociedade, como a Igreja se desviou de CRISTO e da PALAVRA.

Uma ótima dica para os maldizentes de plantão analisarem as suas atitudes, pois o filme trata com veemência o Evangelho do Entretenimento e da Diversão.

Fica a dica!

Na PAZ

Luis Carlos
Joinville/SC

SaLVaTiON777 disse...

Após ler seu texto, e seu comentário acima, só me resta agradecer ao Senhor por sua vida!

Jesus está lhe usando para acabar com essa bagunça que está a "igreja" evangélica brasileira.

Deus abençoe! :D

Luciano disse...

Caro Pastor Ciro e a todos comentáriastas,

Fico conjecturando se Deus não deixasse a sua Palavra escrita, a Biblia Sagrada, pois, se com ela refutamos, se com ela provamos e se com admoestamos e há maldizentes que vive nesta acholatria, pois vivem somente de boa intenção, pensam que canções movidas de emocionalismo, e sinal de que o Senhor esta se manifestando,não quero com isto dizer que devamos ser automatas, mas isto não é sinal da Glória de Deus. Qual seria então? as linguas, os milagres?, as profecias?. Deus manisfesta-se hoje, quando um pecador, e convencido do seu pecado, pois onde abunda o pecado, superabundou a Graça do Senhor,pois se quem convence é o Espirito Santo, será que é o mesmo Espirito que tem atuado nestas manisfestações que este blog vem refutando, digo este blog, por existir vários irmãos apoiando esta causa apologética, pois a palavra do Senhor, não pode ser interpretada em particular, a Biblia interpleta a própria Biblia.

"Meu povo perece por falta de conhecimento", será ciêntifico?,será teologico?
É para Salomão o Senhor diz que o principio de toda sabedoria é o temor ao Senhor, então porque negligênciar a sua Palavra.

Ao Pastor Ciro e todos , fiquem na Paz do Senhor.

Luciano- Lupajov.

Pb Uilton disse...

A Paz do Senhor Pastor

Quero parabeniza-lo pelo artigo
e dizer que é muito triste ver pessoas que se dizem crentes e que servem a Deus ficar ofendendo os irmaos em Cristo desta forma que lhe ofenderam.

Temos que cada dia mais estar atento pois a volta do mestre esta cada vez mais proxima, os sinais ja indicam isso.


mas que Deus possa estar sempre lhe inspirando a escrever estes artigos que tem sido uma bençao para as nossas vidas


Um abraço e fica na paz

daniel disse...

graça e paz, Pastor Ciro, comecei a ler alguns posts do seu blog e fiquei um pouco em dúvida: é errado o crente locar ou comprar dvds ou cds de tais cantores para sua casa? responda-me por favor, amém?! Pastor, ore por mim, pois sou necessitado de suas orações, amém?! Um grande abraço.

Kleber Rodrigues disse...

Caro Pr. Ciro,

Que a Graça e a Paz de Cristo continuem a inundar a sua vida.

Sou leitor assíduo do seu blog, mas NUNCA me dignei a escrever.

Mas vendo o que tem ocorrido ultimamente, com os neo-crentes "achando" que a palavra de qualquer pregador, que a letra de música de qualquer cantor, é superior à Palavra da Vida, não posso mais me calar e venho engrossar o coro daqueles que querem a volta da Igreja às origens...

Deixo aqui um versículo - isto de citar a Bíblia, para esclarecer as pessoas, é uma coisa antiga, os neo-crentes não sabem o que é isso, mas também vou insistir - que já dizia naquela época, e diz muito nos dias de hoje.

Jeremias 6.16


Amplexos a todos.

Deyver disse...

Lindo texto Pr.

Deus o abençoe.

Só deixando mais um versículo para apreciação de todos.

Romanos 1:28-32