sexta-feira, 8 de junho de 2007

"Sê fiel até à morte", diz a Palavra de Deus em Apocalipse 2.10. Mas, fiel a quem?

"... fundadores da Igreja Renascer confessaram hoje à Justiça dos Estados Unidos terem entrado no País com US$ 56 mil sem declarar à alfândega, além de crime de conspiração por terem agido em conjunto. O casal confessou três vezes o crime, depois de apresentar à promotoria um acordo para evitar o júri popular e reduzir a pena. Perguntados se tinham certeza do que estavam falando, os dois responderam sim."
Agência Estado, 08/06/2007 14:18
Fonte: http://www.igospel.com.br/2005/materia/tatuados/home.php

A notícia e as fotos acima trazem à tona alguns questionamentos. Em Apocalipse 2.10 está escrito que devemos ser fiéis até à morte. Mas fiéis a quem? A um líder, a uma denominação, ou ao Senhor Jesus Cristo?
Defender uma instituição até à morte é compatível com o evangelho bíblico-cristocêntrico? É comum hoje ouvirmos pessoas dizendo: "Depois que eu fui para a igreja tal, a minha vida mudou". Essa postura de alguns (que, mesmo sem fazer uma tatuagem no corpo, prometem lealdade a uma instituição ou líder até à morte) não denunciam a postura de que muitos crentes hoje estão mais firmados em uma instituição (ou denominação), ou em líderes, do que no Senhor e Salvador Jesus Cristo e em sua Palavra?
Ir para as ruas gritar o nome de uma instituição ou de um líder e expor tatuagens como as das fotos acima têm alguma relação com o que o Senhor Jesus Cristo disse em Mateus 5.11-16? Defender uma igreja ou denominação é tão importante quanto defender o evangelho de Cristo?
Finalmente, é correto um servo de Deus tatuar o seu corpo, seja qual for a razão para isso? Fazer o que as pessoas das fotos acima fizeram é compatível com a vida cristã? Tatuagens, no passado, eram usadas por infratores da lei, prostitutas, etc. Hoje, está na moda. Deve o crente seguir a essa moda?

Ciro Sanches Zibordi

11 comentários:

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Olá Pastor Ciro!
Sinceramente, com todo o respeito que possa ter pelos nossos irmãos que se tatuaram,considero no mínimo temerária essa postura. Para começar somos orientados pela palavra a ser discípulos do Senhor Jesus Cristo.
Nossos líderes e denominações atuam como servos e agências, através dos quais, aqui na terra, obedecemos e nos reunimos para servir ao Senhor.
É claro que a organização é bíblica e necessária.
A honra também é bíblica, mas nesse caso,entendo ser um exagero, porque isto faz parte de uma campanha "publicitária" para justificar a situação dos líderes da referida igreja.
Acontece que eles não estão sendo injustiçados por amor a Jesus Cristo, ou à pregação da sua palavra, mas por contravenção às leis que regem aqui na terra.
Seria muito mais lógico, que estivessem orando por eles, para que mudem o rumo de suas atitudes e não escandalizem o evangelho.
Como o irmão bem disse, tatuagem era coisa de quem estava envolvido com o crime, e o que parece é que estão exatamente fazendo apologia a tais atitudes. Salvo melhor juízo,este é o meu entendimento.
Essa tendência de justificativa a qualquer custo, é o resultado de uma denominação concentrada em uma única pessoa, ou como no caso em tela,um casal.
Se a casa deles cair, tudo cairá, então eis o motivo pelo qual é necessário defendê-los a qualquer custo.
Que o Senhor tenha misericórdia deles e de nós.

Luis e Norma disse...

Olá Amigo CIRO

Graça e Paz!

Outro dia entrei no site da renascer, como faço costumeiramente, e me deparei com estas fotos.
Sempre me questionei sobre a "devoção" que os membros da tal "igreja" tinham pelo seus "pastores", mas agora estou convícto de que falta JESUS CRISTO cruscificado no meio desse povo.
Falta à eles lembrar de todo o sacrifício que JESUS fez para que hoje pudéssemos ser livres para anunciar a sa salvação.
Não os julgo pelo fato de se tatuarem, não tenho tatuagens e por opção jamais faria isso, mas o fato relevante é a veneração ao líderes dessa grande organização intitulada Renascer.
Isso ofusca JESUS, a sua Luz,pois o deus deste século lhes cegou o entendimento.
Mas não tira o seu Poder. Pode confundir alguns, e dividir as opiniões (acho que esse é o maior intuito de satanás) mas quem é de DEUS e guarda os seus mandamentos não se deixa enganar.

Que DEUS possa abrir os olhos dessa gente, para que vejam a Luz de CRISTO.

Um grande abraço

Luis

junior >São Paulo>Capital disse...

Oi pastor, na minha opinião todos esses que tatuaram o corpo estão querendo mostrar amor, gratidão etc... porém enquanto estão preocupados em fazer isso,acabam deixanda de lado o que deveriam fazer... "Preocupar-se em alcançar pessoas sofridas, pois assim estariam agradando a Deus e confiando na Sua Justiça.
Não sou evangélico, mais a postura da igreja Universal do Reino de Deus eu admiro .... pois é a igreja mais perseguida ou caluniada etc ... e sempre estão preocupados em alcançar pessoas...

Ana Advogada...São Paulo.... " É o Fim" disse...

Deviriam trazer no corpo as marcas de Cristo e não da igreja ... que absurdo ....
Nosso corpo é templo do Espirito Santo e não de marcas ou tatuagens.. etc ...
Ha pastores evangélicos que não tem tempo pra nada, pois dedicam suas vidas inteira em busca de almas ... e vocês arrumam tempo para TATUAGENS.... Sinto vergonha de Pertencer a igreja RENASCER...vou procurar um igreja onde existem homens de Deus e não muleques ou pessoas que agem como cristãos e são mercenários ... obrigado pelo desabafo ...

Schneider - Curitiba disse...

Caro Pr. Ciro
Quando o homem começa a por a instituição acima da Palavra de Deus, ou tenta se impor usando sua própria força, acaba por entrar em conflito com outras insituições. Imagine se o apóstolo Paulo, devido as inúmeras perseguições (é claro que ele era perseguido por amar a Cristo, o que ao meu ver, não é o caso aqui) tentasse se impor por suas próprias forças, esquecendo-se que existe um justo juiz, que cuidava dele. Não teria força suas palavras hoje. Como bem foi dito, o servo de Deus deve ater-se aos ensinos do Mestre e deixar que Ele cumpra seus desígnios. Caso contrário, iniciaremos uma "guerra santa" com os incrédulos (e é isso que nosso adversário quer). Tatuar o corpo, gritar palavras de ordem, e outras atitudes semelhantes não passam de sinais de que os fiés da dita cuja estão prontos para a briga, o que não é sinal de humildade. Fico com que Cristo nos disse: "...mas, se qualquer te bater na face direita, oferece-lhe também a outra;" Mt 5.39. É o parecer.

Tamar Souza disse...

Imagine o seguinte, o irmão da Renascer morre e vai para o céu. Lá ele não irá receber um corpo glorioso tatuado com a cara do casal “X” e muito menos as palavras
“minha denominação até morrer”.

Tem um filósofo cristão (eu não me recordo o nome) que argumentou que no céu as únicas cicatrizes que nós teremos são as “cicatrizes de honra” aquelas que ganhamos para a glória de Deus. Entram nessa categoria chibatadas, mãos furadas e as queimaduras a ferro em brasa na inquisição. Nós não vamos levar para o céu braços decepados em acidentes de carro, queimaduras e é lógico.. tatuagens bacaninhas...
Mas isso é só uma argumentação filosófica.

O certo é que Jesus tem suas marcas de honra até hoje e que eu saiba Ele não tatuou “minha noiva até morrer” em seu corpo. Ele o entregou inteiro para ser partido por nós.
A paz do Senhor
Tamar Souza - Comunidade Evangélica Koinonia

João Ricaro disse...

Caro Pr Cir e foristas
Estamos vendo um exemplo claro quando a Bíblia diz que muitos procurarão fazer discipulos para si.
É o fim dos dias da Igreja na Terra, esses são prenúncios do fim.
Que Deus possa continura,(eu sei que sim) tendo misericódias destas pessoas e seus "Mestres".

Fiquem na Paz

Schneider - Curitiba disse...

A Paz do Senhor Pr. Ciro.

O apóstolo Paulo disse em 2Co 13.8 "Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade".
Hoje, foi noticiado que o casal de "donos" da Igreja Renascer se declararam culpados do crime que foram acusados.
E agora? Como ficam os fiéis que marcaram seus corpos acreditando que os idolatrados "bispos" seriam inocentados? Ou que a justiça divina não falharia?
Eis a questão!

Maldito o homem que confia no homem...

Que Deus o abençoe e continue te acrescendo sabedoria.

Schneider - Curitiba-PR disse...

A Paz do Senhor amados.

Gostaria de fazer algumas considerações:

1. O assunto em questão é a tatuagem dos fiéis da Igreja Renascer. O fato do casal ter se declarado culpado, mostrou aos fiéis (ou fanáticos?) que a verdadeira fidelidade só é devida a Deus.

2. Ananias e Safira mentiram mas o Espírito Santo sabia... no caso do casal Hernandes, todas as redes noticiosas e em especial a Rede Globo souberam... A partir daí, os críticos de plantão entoavam em uníssono (como sempre, nesses casos): "todos os evangélicos são picaretas". (...Porque é mister que
venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem!)

3. Não tenho nenhuma satisfação no sofrimento do casal nem tive esta intenção quando postei. (aliás, sofrer numa mansão em Miami não deve ser tão sofrível assim).

4. Devemos orar sim, ainda mais quando os evangélicos estão na mira.

5. ratifico o que o Apóstolo (esse era apóstolo de verdade) Pedro registrou: "E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade;
e, por avareza, farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua
perdição não dormita."

É o parecer.

patricia disse...

A Paz

Eu creio que o Senhor é muito mais que tatuagens, que religiosidades, o Senhor é soberano a tudo que tenha aqui na terra e nos ceus, creio que o Senhor abençoa a obra, o coração e nao se a pessoa tem uma marca na pele.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Patrícia,

Creia na Palavra de Deus; creia em Jesus Cristo; creia na verdade.

Que Deus abençoe a sua vida!

CSZ