terça-feira, 11 de setembro de 2007

Jesus foi derrotado na cruz?


Realmente, muitos escritores, cantores e pregadores têm propagado essa invencionice! Dizem que Jesus, após ter sido derrotado na cruz, os demônios começaram a festejar no inferno... O Senhor, então, chegou, com seus passos fortes que fizeram o Inferno tremer, e pôs fim à festa, tomando as chaves do Diabo e esmagando-o...
Mas o que diz a Palavra do Senhor sobre isso?
A Palavra de Deus afirma apenas que Jesus tem as chaves da morte e do do Hades (Ap 1.18), e não que estas foram tomadas de Satanás. Deus sempre teve o domínio sobre todas as coisas. As pessoas que morreram antes e depois da ressurreição de Jesus ficaram aos cuidados do Senhor (Ec 12.7), pois é Ele quem “... pode fazer perecer no inferno [geena, no grego] a alma e o corpo” (Mt 10.28). E, neste lugar, o Diabo também será lançado (Ap 20.10).
Quando não se observa o que está escrito na Bíblia Sagrada, criam-se várias fantasias acerca do Hades e da pregação de Jesus aos espíritos em prisão, depois de sua morte redentora (1 Pe 3.19). É com tristeza que vemos em nossas livrarias obras que pretendem tratar das “divinas revelações do inferno”, mas que nada têm de divinas, tampouco honram a revelação das Escrituras! Erram ao descrever o local com detalhes extrabíblicos (Ap 22.18).
Há “hinos” que apresentam a obra de Cristo na cruz como uma derrota, dando a entender que a vitória mesmo só aconteceu no Inferno. As letras de algumas canções dizem que o Inimigo e seus emissários faziam uma grande festa — motivada pela “derrota” do Senhor Jesus no madeiro —, quando Ele, de repente, invadiu o inferno e acabou com a diversão dos demônios, tomando as chaves das mãos de Satanás!
De acordo com a Palavra de Deus, essa festa nunca aconteceu! Primeiro, porque Cristo venceu as potestades do mal na cruz: “tendo [Jesus] cancelado o escrito de dívida, que era contra nós (...) e, despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz” (Cl 2.14,15, ARA). Não havia, pois, motivo algum para a realização daquele banquete! Ademais, o trono satânico nunca foi no inferno, e sim nas regiões celestiais (Ef 2.2; 6.12).
Os principais responsáveis pela difusão desse pensamento antibíblico são alguns pregadores — ou melhor, animadores de auditório. Já ouvi várias mensagens fantasiosas. Em uma delas, o expoente disse que Jó — lá no Hades! — acotovelou o Diabo e lhe disse: “Tá vendo, Satanás? Eu não te disse que o meu Redentor vive?” Isso seria cômico, se não fosse trágico. E, infelizmente, o povo se empolga com esse tipo de recurso.
Mas, como explicar o que está escrito em Hebreus 2.14? Neste texto, a Palavra de Deus afirma que Satanás — então detentor do poder (ou império) da morte — foi destruído por Jesus. Esta passagem, paradoxalmente, é a preferida dos que defendem a transferência do lugar da redenção para o inferno. Ora, neste versículo, nota-se com clareza que a obra redentora foi realizada por Cristo ao morrer na cruz por nossos pecados: “... para que, por sua morte, destruísse aquele que tem o poder da morte, a saber, o diabo” (ARA).
É um erro pensar, com base nesta passagem, que, depois do pecado de Adão, o Diabo passou a controlar todas as coisas, inclusive a morte e o inferno. Ele se valia da força do pecado para colaborar com a morte e a condenação da humanidade, o que não significa possuir as chaves, isto é, o domínio total. Em Romanos 6.23, está escrito que o salário do pecado é a morte. Embora a missão tríplice do Inimigo seja roubar, matar e destruir, ele nunca teve o poder de matar o homem diretamente, no sentido de afastá-lo de Deus (Is 59.2).
A morte decorre do pecado: “... por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte...” (Rm 5.12). E, antes da vitória do Rei dos reis na cruz (1 Pe 2.24), a morte reinou (Rm 5.14), dando ao Diabo o status de imperador da morte. Mas não era ele, de forma direta, quem detinha o poder de matar, e sim o pecado (Rm 7.11). O Inimigo, por conseguinte, se aproveitava da situação pecaminosa do homem.
Em resumo, Jesus tem as chaves da morte e do Hades porque venceu o pecado (Jo 1.29; Gl 2.20). E, como conseqüência, derrotou também o Diabo e a morte (1 Jo 3.5,8; 1 Co 15.55), alcançando a nossa eterna redenção (Ap 5.8). Glória ao Cordeiro!

Ciro Sanches Zibordi

15 comentários:

Carlos Roberto Silva, Pr. disse...

Obrigado Pastor Ciro!
De grande valia e esclarecimento o seu artigo.
Deus continue te abençoando!
Pastor Carlos

Schneider - AD Parque Industrial disse...

A Paz do Senhor Pr. Ciro,

Louvo a Deus pela vossa dedicação em semrpe estar atualizando seu Blog. Este artigo veio a calhar, já que na próxima E.B.D. trataremos das "portas do inferno", que aliás, não sei por qual motivo, o articulista dá a entender em alguns tópicos que o inferno é "ser" dotado de vontade, com forças próprias... Ah! quando participava da Escola Bíblica de Obreiros, aqui em Curitiba, "inspirado" pelo Pr. Antônio Gilberto, fui à livraria da CPAD adquirir alguns livros e, verificando as obras ali expostas, vi alguns exemplares da "Divina Revelação do Inferno" (do Céu não tinha no momento) e perguntei pra vendedora qual dos dois livros era mais vendido, ao que ela respondeu que o do inferno... Abraços Pr., fique na Paz de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo...

Pastor Geremias do Couto disse...

Caro Ciro:

Tenho feito excelentes descobertas de outros blogs que navegam, como nós, nas mesmas águas da ortodoxia bíblica contextualizada aos problemas contemporâneos. Não estamos sós.
Cheguei a propor, inclusive, numa dessas visitas, a formação de um fórum de pensadores evangélicos que tenham um mínimo de compromisso com a cosmovisão cristã. Parece que vai dar certo. Por isso, voltarei posteriormente ao assunto.
Alguns desses blogs, coloquei-os na minha lista de sites favoritos. Sugiro que você também os leia, bem como aqueles que por aqui passam para abeberar-se nesta límpida e cristalina fonte.

Um abraço.

Um abraço.

Valmir Nascimento disse...

Parabéns pr. Ciro por mais um brilhante artigo de interpretação bíblica.

Pr. Geremias, a idéia do fórum de "pensadores" cristãos é uma ótima idéia. Assim, poderia colocar em pauta a questão da cosmovisão cristã.

Paz.

Valmir Nascimento
www.comoviveremos.com

Anderson Oliveira de Assis disse...

Pastor Ciro
A Paz do Senhor!!!

Eu estou lendo o seu livro (erros que
os pregadores devem evitar) é uma benção já que renho aprendido muito e
ao mesmo tempo me divertindo pois são erros que vemos muito até cometidos por pastores antigos quando possível
compartilho com alguns amigos.

Que Deus continue o abençoando!

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caros irmãos Carlos Roberto, Schneider e Anderson, agradeço-lhes pelas palavras de incentivo! Espero que vocês continuem assim, defendendo o evangelho do Senhor Jesus Cristo (Fp 1.16). Contem comigo. Estamos juntos nessa batalha, que não é contra a carne e o sangue, mas sim contra os poderes das trevas (Ef 6.12; 1 Tm 4.1; 2 Co 10.4).

Em Cristo,

Ciro Sanches

Emmerson EL-SHADDAI disse...

Paz do Senhor Pastor!! Como os nossos irmãos eu também lhe dou os devidos parabéns, pelos ótimos trabalhos...livros entrevistas, tudo que o SENHOR tem lhe consedido e lhe proporcionado este Dom, sua sabedoria e inspiração pelo ESPIRITO SANTO para nos trazer grandes fontes de ensinamente vido da Bíblia e ensinada pelo senhor, muito obrigado Pastor. Queria lhe fazer uma pergunta é...sobre Jo10.10
quando se fala no ladrão! Jesus se refere á quem? ao diabo?? eu procurei várias passagens e nos comentários e nas referências e não vi nada que me mostrasse claramente que JESUS se refere ao diabo. " o ladrão não vem senão a roubar, a matar e destruir" se refere mesmo ao diabo??? onde eu posso examinar isso? por que no versiculo 8 diz " todos quanto vieram antes de mim" o diabo são muitos??? Ele não estaria se refirindo aos falsos mestres? Onde poderia ter uma clareza que se refere ao diabo? seria no verso 12 que se refere ao lobo. Onde posso afirmar que JESUS nessa passagem, quando diz "o ladrão" ser refere ao diabo?? Muito obrigado Pastor, vou ficar esperando a resposta, fique na paz do SENHOR JESUS

Victor Leonardo Barbosa disse...

Olá pastor Ciro,
excelente artigo, saiba que le foi muito proveitoso e importante. Que Deus o continue abençoando e que possa dar graça e iluminação para mais artigos.
Abraços e Paz do Senhor!!!

obs:obrigado por ter colocado o GQL nos links favoritos. Só uma observação, é GQL e não GLQ(risos).

Rafael disse...

Pr ciro.

Fiquei sem saber o que dizer quando vi aquele video da cantora engatinhando. Preferi ficar na minha sem ficar discutindo e debatendo aquilo que nunca tinha visto antes.

Visitei uma igreja neste domingo e no momento do louvor tinha um cara rugia como um leão. Ouvi dizer que ele era um exelente pregador e muitos já se converteram ouvindo pregações dele que dizem também ser uma benção.


O que vc acha disso? Eu to sem opinião nenhuma to um perdido no meio de tanta coisa que tem acontecido, sem saber o que pensar e em qual igreja me menbrar, ainda não sou batizado, quero muito fazer parte de uma igreja não por fazer, mas pra servir o Senhor d todo o meu coração.É tão dificil encontrar uma igreja "legal" e tenho encontrado dificuldade em mim também. O culto nesta que fui foi uma benção mesmo.

abraço.

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Rafael,

Não prefira ficar "na sua". Antes, escolha seguir à Palavra de Deus, que é a nossa regra de fé, de prática e de viver. Eu sempre repito isso, pois vivemos numa época em que muitos querem fazer prevalecer suas vontades, e não o que está prescrito na Palavra.

Como já expus neste blog, à luz da Bíblia, andar como um animal quadrúpede não é postura de servo de Deus. Nosso culto é racional. O espírito do profeta está sujeito ao profeta. A própria cantora admitiu que fez tudo conscientemente, ao afirmar "Ai, o que eles vão pensar de mim..."

Esse "cara" que rugia como leão de modo algum estava cheio do Espírito Santo, tampouco é um excelente pregador do ponto de vista bíblico. Falar bem, ser eloqüente não quer dizer nada. Herodes também o era, a ponto de o povo dizer "Voz de Deus, e não do homem". No entanto, morreu comido de bichos porque não deu glória a Deus.

Não se deixe levar pela emoção. Se muitos se converteram, não foi por causa da pregação dele; pode ter certeza. É o Espírito Santo quem convence o pecador. Caso contrário, muitos podem estar pensando que se converteram, quando na verdade ingressaram no caminho do engano.

Procure uma igreja em que a Palavra de Deus é pregada. Uma igreja que tenha escola dominical. Uma igreja que evangelize. Uma igreja que siga à Palavra, onde você possa participar da Ceia do Senhor, após ser batizado nas águas. Uma igreja que pregue o fruto do Espírito e os dons espirituais. Uma igreja que creia na atualidade desses dons, que pregue o batismo com o Espírito Santo, com a evidência física e inicial de falar em línguas sobrenaturalmente desconhecidas de quem a profere. Uma igreja que pregue sobre a cruz de Cristo, sua ressurreição e sua Segunda Vinda.

Você não precisa de uma igreja "legal", e sim de uma que siga à verdade. O que mais existe hoje são igrejas "legais", para todos os gostos...

Deus o abençoe!

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Victor,

Já providenciei a alteração.

Em Cristo,

CSZ

Ciro Sanches Zibordi disse...

Caro Emmerson,

Pelo contexto imediato e principalmente pelo remoto (abrangente), não há dúvidas de que a expressão "o ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir" se refira a Satanás e seus agentes. O problema é que Deus sempre diz quem é. Na passagem Jesus até diz "Eu sou o bom pastor". No entanto, o Inimigo nunca diz que é ele... Ele nunca reconhecerá que é o Ladrão. Por isso, o Senhor Jesus, ainda que indiretamente, enfatiza que o Diabo é o Ladrão, em contraste com a sua missão (a de Cristo), que é a de dar vida, e vida com abundância.

Em Cristo,

CSZ

Rafael disse...

Qual é mesmo a importancia da escola dominical?

Anônimo disse...

Graça e Paz

Esse artigo é execelente para que nós não creiamos em todas as coisas que ouvimos e que possamos também prestar mas a atenção antes de cantarmos e lavantarmos nossas mãos ao som de louvores que deturpam as escrituras.

A Paz do Senhor Jesus!!!

anderson disse...

Pastor Ciro que Deus continue abençoando-o,admiro seu trabalho,mas toda Honra e Glória seja dada a Deus...
Gostaria de fazer uma pergunta;
as Pasagens de:1 Ts 4:16 E Ap 1:7
são bastante parecidas,mais creio q uma fala da vinda de Cristo e que seremos arrebatados,a outra falá-nos que todo o olho o verá ou seja até os olhos do soldade que o transpaçou com uma lança.
A questão é estas passagens falam de vindas de Jesus em diferentes ocasiões? segundo Ts 4:16 alguém verá a Jesus?Preciso q tire-me esa dúvida,sou novo convertido e gostaria de saber.Obrigado e espero q possa me responder.

Graça e Paz.Amém.